• Avatar do usuário
#66807
Atualmente, a nossa terra está sendo destruída por queimadas cada vez mais frequentes. Como disse Gonçalves Dias, essa terra rica onde temos palmeiras e flores, em que "As aves, que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá" está sendo cada vez mais afetada pela ação humana. As ONGs dizem que o governo deve construir postos anti-incêndios, mas esquecem-se de que a melhor maneira de combater esse problema sociocultural é cortando o mal pela raiz, ou seja, evitando causas desse problema.
Uma das principais causas das queimadas aqui no Brasil é o desmatamento de árvores para a retirada de madeira. Segundo o G1, as grandes empresas queimam as plantas menores por meio de equipamentos tecnológicos, ficando mais fácil a retirada de árvores grandes e de médio porte. Talvez essas industrias pensem estar queimando apenas uma plantinha, quando na verdade podem estar causando a morte e a migração de milhares de espécies de animais e de plantas naquele local. Nesse sentido, é inadmissível que a mídia e a imprensa não ajudem por meio de propagandas e artigos conscientizando tanto essas empresas do mal que elas estão causando ao nosso país quanto à população, expondo esses feitos das industrias.
Outrossim, o governo pode estar de alguma forma contribuindo para o avanço acelerado dessas queimadas. Milton Friedman, o pai do neoliberalismo, diz que o Estado deve atuar como regulador, ou seja, controlando e regulando o que as empresas podem ou não fazer. Por conseguinte, é incabível que o Estado deixe as empresas com todo o poder econômico. O governo brasileiro deve proteger sua rica área cultural das pessoas que estão destruindo-a, estabelecendo leis e sanções penais ao descumprimento dessas leis.
Dessa forma, é verdade devemos apoiar as ONGs nesse combate contra as queimadas em nosso país. Mas também devemos incentivar a mídia a lutar a nosso favor. Além disso, o governo deve limitar o poder das empresas proibindo o uso de tecnologias que podem agravar o desmatamento e aumentar os espaços de proteção biológica, garantindo a segurança de milhares de espécies que habitam as áreas verdes de nosso país.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Muito se tem discutido, recentemente, acerca das d[…]

nycolas2005 , muito obrigada, fico feliz pela cor[…]

Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio &aacu[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM