Download de apostilas!
  • Avatar do usuário
#83562
Para começar sua redação, é preciso introduzir o tema com um repertório. Levando em consideração o eixo temático do meio ambiente, o melhor repertório é a Constituição Federal de 1988! Aqui está meu modelo de introdução:

• Sob a égide da Constituição Federal de 1988 – lei fundamental e suprema do contexto brasileiro – um dos objetivos da República Federativa do Brasil é assegurar, a todo seu círculo social, o direito a um meio ambiente ecologicamente equilibrado. Fora dos papéis, no entanto, as premissas constitucionais encontram-se deturpadas, uma vez que o (tema ambiental problematizado) surge como um complexo desafio ambiental a ser sanado. Nesse sentido, para combater o revés, urge uma análise não só da (tese 1), mas também da (tese 2).

Após a Introdução, é preciso trabalhar suas teses nos dois parágrafos de Desenvolvimento. Para tanto, você pode utilizar duas dessas quatro teses que eu irei te mostrar!

Lacuna educacional: Paulo Freire defendia que a escola deve descartar a metodologia tecnicista, a fim de desenvolver o raciocínio analítico do estudante. Você pode argumentar, sob essa lógica, que a escola, enquanto prioriza o conhecimento técnico, não estimula a criticidade do discente acerca dos entraves ambientais, assim os fomentando.

Mentalidade capitalista: Karl Marx defendia que o sistema capitalista visa o lucro, assim ignorando os efeitos perniciosos ocasionados por essa busca excessiva pelo capital. Você pode argumentar que, à luz desse viés, enquanto substancial parcela industrial visa matéria-prima para a construção de produtos, ignora a finitude de recursos naturais, abusando desses de forma exagerada e, por conseguinte, coloca o ambiente em um quadro nocivo.

Negligência governamental: Thomas Hobbes defendia que é dever do Estado proporcionar meios que auxiliem o desenvolvimento de todo tecido civil. Você pode argumentar que, perante esse raciocínio, as autoridades governamentais não realizam ações que poderiam atenuar certo problema ambiental. Para construir uma argumentação bem elaborada, mostre, também, uma ação não tomada pelo governo.

Apatia social: Hans Jonas defendia que a sociedade deve agir de maneira responsável para garantir a permanência da vida humana na Terra. Você pode argumentar, nesse contexto, que a coletividade refuta tal princípio. Para confirmar tal argumento, mostre uma ação tomada pela sociedade que coloca o meio ambiente em risco, além de uma consequência.

Concluindo, após os dois parágrafos de Desenvolvimento, é preciso apresentar uma proposta de intervenção. Aqui, cabe a você elaborar uma proposta, mas você já pode garantir 120 dos 200 pontos da C5 com esse modelo:

É preciso, portanto, desconstruir as bases do infortúnio. Nesse contexto, cabe ao governo federal (agente), por meio do Ministério do Meio Ambiente (meio) – órgão responsável por conservar e proteger o meio ambiente (detalhamento do meio) – elaborar (ação), a fim de (finalidade). Com essas medidas, espera-se cogitar um Brasil absolvido desse contratempo.

Nos dias atuais pelo menos no Brasil, o háb[…]

Segundo dados estatísticos do IBGE, idosos […]

Evasão escolar

Olá! Li sua redação e ela f[…]

Redação- invisibilidade e registro c[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM