• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#65155
Gregório de Matos, poeta luso-brasileiro, ficou conhecido como "Boca do inferno", por denunciar, de maneira ácida, os problemas que assolavam o século XVII. Nesse contexto, hodiernamente, ao se deparar com o combate ao preconceito nos esportes brasileiros, o autor produziria críticas sobre, uma vez que o entrave precisa ser mitigado do âmbito social. Dessa forma, é válido salientar que essa realidade é fruto da negligência governamental e do individualismo.
Sob esse viés, é lícito postular a postura do governo como impulsionador desse revés. Muitas vezes, a própria intolerância vem dos órgãos do Estado como os atletas, como por exemplo uma abordagem racista da polícia com um negro. Desse modo, o esportista se vê indefeso, pois se nem seu governo o protege, como ele deverá se proteger? Para ele, isso pode ser um limitador.
Ademais, outro fator a salientar é a visão individualista. De acordo com o sociólogo Zygmunt Bauman, "as pessoas são incapazes de demonstrar empatia genuína", esse pensamento é visto principalmente dentro do esporte em relação ao machismo e o racismo. Vindo tanto de torcedores quanto de gente do ramo, tais ações confirmam a ideia do sociólogo, já que não se dá o mínimo de respeito e empatia aos atletas.
Mediante aos fatos, medidas são necessárias para resolver o impasse, as organizações esportivas devem ser mais rigorosas com tais atos, por meio de punições aos infratores, para que o esporte seja mais prazeroso a todos. Além do mais, a polícia militar, responsável pela segurança, deve também ser rigorosa com seus políticas, por meio de punições, para que o atletas se sintam mais seguros.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#65162
Olá @lusep , sou Wagner e vou fazer alguns comentários acerca de sua redação. Noto que ela esta bem curta, não que textos longos sejam melhores, mas trazem mais informações e argumentos para preencher as 30 linhas de uma redação comum.

Gregório de Matos[1], poeta luso-brasileiro, ficou conhecido como "Boca do inferno", por denunciar, de maneira ácida, os problemas que assolavam o século XVII. Nesse contexto, hodiernamente, ao se deparar com o combate ao preconceito nos esportes brasileiros, o autor produziria críticas sobre, uma vez que o entrave precisa ser mitigado do âmbito social. Dessa forma, é válido salientar que essa realidade é fruto da negligência governamental e do individualismo[2].
[1]Ótima referencia, Gregório de Matos foi um dos destaques do período barroco na literatura e muito influente também mas acredito que , ao considerar a sociedade como fruto dinâmico das transformações humanas, a temática não faria muito sentido com o pensamento do autor, mesmo com seu caráter critico. Assim, você poderia usar o pensamento dele como referencia para o tema e não personifica-lo em uma realidade na qual ele nem ao menos existiu.
[2] De quem? dos políticos? sociedade? dos atletas? aliens? KKKK estou brincando, mas faltou especificar.
:!: Curti a sua introdução, contextualiza, apresenta o tema e a tese.


Sob esse viés, é lícito postular a postura do governo como impulsionador desse revés. Muitas vezes[3], a própria intolerância vem dos órgãos do Estado como os atletas[5], como por exemplo uma abordagem racista da polícia com um negro. Desse modo, o esportista se vê indefeso, pois se nem seu governo o protege, como ele deverá se proteger? Para ele, isso pode [4]ser um limitador.
[3] Conectivo inadequado
[4] Não use probabilidades, pois isso tira a credibilidade do seu texto e de seus argumentos. Troque por "certamente"
[5]Sem repertorio legitimado, produtivo e pertinente
[6] Argumentação confusa e generalizada uma vez que ainda não compreendo como o Estado teria direta relação com as atitudes dos policiais e ainda, como você prova que isso e um elemento fundamental para isso? por que os policiais seriam fadados ao preconceito no esporte? por que ocorrem tantos casos de violência discriminatória no esporte? por que e como o Estado deve interferir para reverter isso? e como os atletas devem lutar em busca de uma defesa de seus direitos ? Na minha visão , generalizado

Ademais, outro fator a salientar é a visão individualista. De acordo com o sociólogo Zygmunt Bauman, "as pessoas são incapazes de demonstrar empatia genuína", esse pensamento é visto principalmente dentro do esporte em relação ao machismo e o racismo. [7]Vindo tanto de torcedores quanto de gente[7] do ramo, tais ações confirmam a ideia do sociólogo, já que não se dá[7] o mínimo de respeito e empatia aos atletas.
[7] Truncamento e informalidade
[8] Bom repertorio, mas, mais uma vez, você o utiliza de maneira generalizada mesmo quando nunca podemos generalizar. Assim, mesmo você não apontando explicitamente que são todos os humanos, da a entender que todas as pessoas fazem isso a todo momento. Entretanto, muitas pessoas veem o esporte não apenas como um mero entretenimento mas como um momento de respeito aos atletas e seu esforço continuo para sempre se aprimorarem. Por isso, recomendo usar a ideia que alguns humanos não demostram o respeito que os atletas merecem por terem uma visão antiquada do que os esportes devem ser , como e o caso do machismo esportivo.
:!: Generalização e a palavra para esse D2 mesmo com o ótimo repertorio .


Mediante aos fatos, medidas são necessárias para resolver o impasse, as organizações esportivas devem ser mais rigorosas com tais atos, por meio de punições aos infratores, para que o esporte seja mais prazeroso a todos. Além do mais, a polícia militar, responsável pela segurança, deve também ser rigorosa com seus [11]políticas, por meio de punições, para que o atletas se sintam mais seguros.
[10] A conclusão não tem todos os elementos pois falta o detalhamento
[11] erro de concordância


Notas
C1:160
C2:120
C3:120
C4:140
C5:160
NOTA FINAL : 700
E isso, qualquer duvida ou objeção e só me chamar =)

Ei, tudo bem? Vamos lá! Policarpo Quar[…]

Me ajudem aí, preciso de uma base para ver […]

Oiii amanhã faço minhas considera&cc[…]

jherodrigues , poderia dar uma olhada na minha re[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM