Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#59837
Machado de Assis, em sua fase realista, despiu a sociedade brasileira e teceu críticas aos seus comportamentos egoístas e superficiais, que caracterizava a nação. Não longe da ficção, é notório os aspectos semelhantes, no que tange ao questionamento de como ampliar a adoção no Brasil. Nesse âmbito, faz-se necessário analisar dois entraves acerca do óbice: o descaso do poder jurídico e a permanência histórica.
Primordialmente, observa-se o descaso jurídico, como uma dificuldade no processo de uma ampliação das adoções. Consoante ao discurso de Karl Marx, no qual critica o governo e sua passividade aos problemas sociais, a negligência do governo acarreta na lentidão do processo. Dessa forma, percebe-se, que enquanto o poder jurídico não tomar medidas para amenizar as atuais dificuldades, como: a burocracia excessiva, demora dos processos, falta de assistência pessoal nos abrigos e entre outros, só impedirá o aumento das adoções.
Ademais, evidencia-se, que as dificuldades para o aumento da adoção é intensificado pela permanência histórica. Em vista do pensamento do antropólogo, Levi Strauss, só é possível entender adequadamente as ações sociais, se você compreender os eventos históricos. Sobre esta ótica, por mais que seja um conflito atual, as barreiras na adoção está fortemente ligada com um passado, onde o preconceito racial e cultural, vem desde que o Brasil era colônia e está presente hoje, como empecilho para adoção.
Evidencia-se, portanto, que medidas sejam tomadas. Cabe ao MJSP, órgão responsável pela justiça e segurança, destinar verbas para contratação de pessoas específicas para a área de adoção, visando acelerar o processo jurídico. Também para o auxílio, no aumento das adoções, podíamos contar com ajuda de campanhas midiáticas que abordem o tema e sensibilizem as pessoas que para tal ação a cultura e a etnia, não são relevantes. Contando com o patrocínio de instituições privadas que apoiam a causa para tais iniciativas e trabalhando em conjunto, construiremos uma sociedade distante da visão de Machado de Assis.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Ashiley Oii, você poderia corrigir minh[…]

É de conhecimento geral que, a tradi&ccedi[…]

.Promulgada em 2014 , a Lei 12.965/2014 tem o obje[…]

GabiNatali oi, você pode analisar minha re[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM