• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#72569
No filme americano " O diabo veste Prada" a personagem Andy começa a trabalhar em uma revista de moda e sofre por abusos psicológicos e situações humilhantes pela sua chefe. De forma análoga a obra, essa situação é comum no ambiente de trabalho brasileiro. Devido a uma cultura autoritária e ao abuso de poder hierárquico o assédio moral no trabalho é um problema que ocasiona danos à saúde física e mental do trabalhador. Sabe-se que o medo do desemprego faz com que os funcionários acabem por aceitar essa violência.
Nessa perspectiva, é imperioso destacar que essa problemática é fruto de uma cultura autoritária no ambiente profissional relacionado ao abuso de poder diretivo. Empresas que apenas a opinião do chefe é valida, ou seja, organizações individuais são mais propicias para essa violência. Além disso, o assédio moral também pode ser praticado pelos colegas de trabalho, constrangendo e excluindo a vítima. Desse modo, empresas que não efetivam a participação de todos os funcionários contribuem para o assédio moral.
Ademais, vale também ressaltar que o medo do desemprego faz com que os trabalhadores aceitem situações constrangedoras e humilhações prolongadas, e acabem por não denunciar. Porém, prolongar essa violência traz diversos malefícios à saúde física e mental do profissional, comprometendo sua dignidade e autoestima que podem evoluir para uma depressão e até mesmo ao suicídio. Nesse víeis, faz se necessário um olhar empático dos outros colegas para ajudar a vitima a sair dessa situação.
Portanto, para o combate ao assédio moral, é imprescindível que empresas e o juntamente ao governo federal façam palestras e campanhas sobre o assunto, afim de promover trabalhadores e gestores informados sobre essa violência e onde devem denunciar. Também, incentivando empresas a serem mais democráticas e buscarem a participação de todos para o cumprimento dos objetivos. Além de criação de um projeto de lei para oferecer apoio psicológico e orientação aos colaboradores que se julguem vítimas de assédio moral.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#72604
Olá, tudo bom? Espero que minhas dicas possam te ajudar de alguma forma! Qualquer dúvida/questionamento/ feedback pode me mandar por aqui ou pelo meu insta @eiiglauber.



No filme americano " O diabo veste Prada"[1] a personagem Andy começa a trabalhar em uma revista de moda e sofre por abusos psicológicos e situações humilhantes pela sua chefe. De forma análoga a[2] obra, essa situação é comum no ambiente de trabalho brasileiro. Devido a uma cultura autoritária e ao abuso de poder hierárquico[1] o assédio moral no trabalho é um problema que ocasiona danos à saúde física e mental do trabalhador. Sabe-se que o medo do desemprego faz com que os funcionários acabem por aceitar essa violência.



[1] faltou vírgula. Além disso, não precisava desse “abuso de poder hierárquico”, pois “cultura autoritária” tem o mesmo sentido

[2] à




Nessa perspectiva, é imperioso destacar que essa problemática é fruto de uma cultura autoritária no ambiente profissional relacionado[1] ao abuso de poder diretivo. [2] Empresas que apenas a opinião do chefe é valida, ou seja, organizações individuais[3] são mais propicias para essa violência. Além disso, o assédio moral também pode ser praticado pelos colegas de trabalho, constrangendo e excluindo a vítima[4]. Desse modo, empresas que não efetivam a participação de todos os funcionários contribuem para o assédio moral.



[1] relacionada

[2] Senti falta de um conectivo como “nessa lógica”, “sob esse viés”

[3] faltou a vírgula

[4] faltou aprofundar nos argumentos. Por que organizações individuais são mais propicias a esse tipo de violência? Como isso acontece? Que tipos de abusos ocorrem quando há essa “dominação”? Por que o assédio moral feito pelos colegas constrange? Traga exemplos pra concretizar seu ponto de vista


Ademais, vale também ressaltar que o medo do desemprego faz com que os trabalhadores aceitem situações constrangedoras e humilhações prolongadas, [1] e acabem por não denunciar. Porém[4], prolongar essa violência traz diversos malefícios à saúde física e mental do profissional, comprometendo sua dignidade e autoestima que podem evoluir para uma depressão e até mesmo ao suicídio. Nesse víeis[2], faz se necessário um olhar empático dos outros colegas para ajudar a vitima a sair dessa situação[3].



[1] Traga exemplos dessas situações.

[2] viés

[3] por que a empatia é importante para a pessoa sair desse quadro?

[4] Uso incorreto de conectivo. Não é uma ideia de oposição


Portanto, para o combate ao assédio moral, é imprescindível que empresas e o[1,2] juntamente ao governo federal[2,3] façam palestras e campanhas sobre o assunto[4], afim de promover trabalhadores e gestores informados sobre essa violência e onde devem denunciar. Também, incentivando empresas a serem mais democráticas e buscarem a participação de todos para o cumprimento dos objetivos[5]. Além de criação de um projeto de lei para oferecer apoio psicológico e orientação aos colaboradores que se julguem vítimas de assédio moral.



[1] não há necessidade do “e o”

[2] falta de vírgula

[3] Governo Federal

[4] que assunto? Traga o nome do tema para fazer a manutenção temática e deixa ação mais concreta

[5] parte confusa

Como eu reescreveria esse parágrafo:

Portanto, a fim de que o assédio moral no ambiente de trabalho seja combatido, é imprescindível que as empresas, junto ao Governo Federal, promovam a disseminação informacional, entre trabalhadores e gestores, sobre as implicações que os abusos no meio laboral podem gerar, a exemplo de constrangimento da vítima e, consequentemente, desenvolvimento de transtornos. Além disso, cabe ao Poder Legislativo criar um projeto de lei que contemple os atingidos por tal prática danosa, com o fito de apoia-los psicologicamente. Logo, com a adoção dessas medidas, situações como a de Andy ficarão restritas à ficção.



Notas

C1- 160

C2- 200

C3- 140

C4- 160

C5-140

No filme Maze Runner é retratado um mundo p[…]

https://projetoredacaonota1000.com.br/tendencias-e[…]

Se vocês puderem corrigir minha redaç[…]

Padrão de beleza

Gi69 poderia corrigir por favor ? Obrigada Em[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM