Avatar do usuário
Por Brunanzx
Quantidade de postagens
#124869
A Constituição Federal, promulgada em 1988, assegura os direitos e o bem-estar da população. Entretanto, quando se observa a deficiência de medidas na luta contra a violência nas escolas brasileiras, nota-se que esse preceito é constatado na teoria e não na prática. Dessa maneira, essa realidade se deve a negligência governamental e a lacuna educacional.
Primeiramente, deve-se ressaltar que o descanso do Governo possui íntima relação com o revés. Acerca disso, o filósofo Thomas Hobbes, em seu livro "Leviatã", defende a obrigação do Estado em proporcionar meios que auxiliem o progresso do corpo social. As autoridades, no entanto, vão contra as ideias de Hobbes, uma vez que não possuem um papel ativo em relação à segurança escolar e, por consequência disso, uma pesquisa realizada pelo site "sentado notícias", em 2023, apontam que cerca de 6,7 milhões de brasileiros foram afetados pela violência escolar, mostrando assim um alto teor de violência no ambiente escolar. Desse modo, parcelas dessas vítimas não recebem o tratamento adequado para superar esse trauma e, por isso, acabam gerando algum distúrbio psíquico, afetando assim, o futuro das mesmas. Isso ocorre porque, infelizmente, não existem políticas públicas eficazes para garantir a segurança dos cidadãos brasileiros.
Ademais, a falha educacional também é causadora do problema. A esse respeito, o educador Paulo Freire, em sua obra "Pedagogia do Oprimido", afirma que a educação brasileira é bancária, ou seja, conteudista. Sob esse viés, denuncia-se um sistema de ensino falho que, ao focar na profissionalização devido a metodologia tecnicista, infelizmente, negligencia saberes importantes, como bullying, saúde mental, igualdade racial, para o convívio em uma sociedade mais justa e democrática. Logo, é inadmissível que esse cenário continue a pendurar.
Fica evidente, portanto, a necessidade de garantir à segurança nas escolas do Brasil. A princípio, é dever das escolas, responsável pela formação cidadã, abordar com mais frequência o bullying, por meio de debates e rodas de conversas sobre as consequências dessa prática. Ao mesmo tempo que cabe ao Estado, principal responsável pelo bem-estar do povo, investir em mais verbas na segurança escolar, ao fim de tornar as escolas um lugar seguro. Desta maneira, os brasileiros verão o direito garantido pela Constituição, como uma realidade.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Passe ilimitado
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido
Avatar do usuário
Por OlrenBeat
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#124895
Olá! Vou analisar a sua redação de acordo com os critérios do Enem.

No geral, você apresentou uma estrutura dissertativo-argumentativa adequada, com introdução, desenvolvimento e conclusão. No entanto, é importante destacar alguns pontos para melhorar o seu texto:

1. Repertório sociocultural: Embora você tenha mencionado a Constituição Federal e citado um filósofo (Thomas Hobbes) e um educador (Paulo Freire), seria interessante expandir o repertório sociocultural. Procure incluir exemplos concretos, dados estatísticos ou referências históricas que possam enriquecer a argumentação.

2. Coerência argumentativa: Em algumas partes do texto, as ideias não estão completamente conectadas entre si. Certifique-se de que cada parágrafo esteja relacionado ao tema proposto e que haja uma progressão lógica das informações apresentadas.

3. Proposta de intervenção: Sua proposta de intervenção foi mencionada na conclusão da redação, mas ela precisa ser mais detalhada e específica. Lembre-se de incluir todos os elementos exigidos pelo Enem: ação (o que será feito), agente responsável pela ação (quem irá executá-la), modo/meio de execução da ação (como será realizada) e seu possível impacto/efeito positivo.

Agora vamos aos exemplos para ilustrar esses pontos:

- Para ampliar o repertório sociocultural:

Em vez de apenas mencionar "um site" como fonte dos dados sobre violência escolar no Brasil, poderia citar pesquisas oficiais ou instituições renomadas, como o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) ou a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

- Para melhorar a coerência argumentativa:

No segundo parágrafo do desenvolvimento, você menciona que as autoridades vão contra as ideias de Hobbes. Seria interessante explicar mais claramente como isso acontece e estabelecer uma relação direta com o problema da violência nas escolas.

- Para elaborar uma proposta de intervenção mais detalhada:

Na conclusão, em vez de apenas mencionar que é dever das escolas abordarem o bullying por meio de debates e rodas de conversa, você poderia especificar como esses debates seriam realizados (com participação dos alunos? envolvendo profissionais especializados?) e qual seria o impacto esperado dessa iniciativa na redução da violência escolar.

Lembre-se também de revisar sua redação quanto à gramática, ortografia e pontuação. Isso ajudará na clareza do seu texto.

Espero ter ajudado! Se tiver mais alguma dúvida ou precisar de esclarecimentos adicionais, fique à vontade para perguntar.
1
Avatar do usuário
Por Brunanzx
Quantidade de postagens
#124901
OlrenBeat escreveu:Olá! Vou analisar a sua redação de acordo com os critérios do Enem.

No geral, você apresentou uma estrutura dissertativo-argumentativa adequada, com introdução, desenvolvimento e conclusão. No entanto, é importante destacar alguns pontos para melhorar o seu texto:

1. Repertório sociocultural: Embora você tenha mencionado a Constituição Federal e citado um filósofo (Thomas Hobbes) e um educador (Paulo Freire), seria interessante expandir o repertório sociocultural. Procure incluir exemplos concretos, dados estatísticos ou referências históricas que possam enriquecer a argumentação.

2. Coerência argumentativa: Em algumas partes do texto, as ideias não estão completamente conectadas entre si. Certifique-se de que cada parágrafo esteja relacionado ao tema proposto e que haja uma progressão lógica das informações apresentadas.

3. Proposta de intervenção: Sua proposta de intervenção foi mencionada na conclusão da redação, mas ela precisa ser mais detalhada e específica. Lembre-se de incluir todos os elementos exigidos pelo Enem: ação (o que será feito), agente responsável pela ação (quem irá executá-la), modo/meio de execução da ação (como será realizada) e seu possível impacto/efeito positivo.

Agora vamos aos exemplos para ilustrar esses pontos:

- Para ampliar o repertório sociocultural:

Em vez de apenas mencionar "um site" como fonte dos dados sobre violência escolar no Brasil, poderia citar pesquisas oficiais ou instituições renomadas, como o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) ou a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

- Para melhorar a coerência argumentativa:

No segundo parágrafo do desenvolvimento, você menciona que as autoridades vão contra as ideias de Hobbes. Seria interessante explicar mais claramente como isso acontece e estabelecer uma relação direta com o problema da violência nas escolas.

- Para elaborar uma proposta de intervenção mais detalhada:

Na conclusão, em vez de apenas mencionar que é dever das escolas abordarem o bullying por meio de debates e rodas de conversa, você poderia especificar como esses debates seriam realizados (com participação dos alunos? envolvendo profissionais especializados?) e qual seria o impacto esperado dessa iniciativa na redução da violência escolar.

Lembre-se também de revisar sua redação quanto à gramática, ortografia e pontuação. Isso ajudará na clareza do seu texto.

Espero ter ajudado! Se tiver mais alguma dúvida ou precisar de esclarecimentos adicionais, fique à vontade para perguntar.@OlrenBeat, obrigada! Irei melhorar.
0

A Constituição Federal de 1988 assegura a todos os[…]

O artigo 4 da Declaração Universal dos Direitos Hu[…]

alguém poderia por favor corrigi-la? @Lauany25 @M[…]

O programa televisivo "Catalendas" con[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!