• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#66280
No livro, "O Portão do Paraíso" de Giselda Laporta Nicolelis, é relatada a história de Taís, uma adolescente de treze anos sem nenhum conhecimento sobre relacionamentos. Com a chegada de seu primo, ela acaba sendo induzida a relação sexual e abandonada grávida, sendo julgada pelas mães de suas amigas. Fora da ficção, a falta de diálogo sobre educação sexual em casa e a pedofilia, auxiliam no crescimento de casos de gravidezes precoces.
Aristóteles, grande pensador da antiguidade, defendia a importância do conhecimento para a obtenção da plenitude da existência humana. No contexto atual, a negligência das famílias sobre educar sexualmente seus filhos, acaba resultando ainda mais na gravidez adolescente. O machismo, presente na sociedade, induz aos meninos que o sexo precoce é normal enquanto para as meninas torna-se um tabu, no qual acabam descobrindo sozinhas e engravidando.
Na canção de Amado Batista "O amor não tem idade", a letra faz uma crítica a sociedade sobre não aceitar o relacionamento dos mais velhos com alguém mais novo. Sob esse ponto de vista, a normalização da pedofilia igualitária ao amor, exemplifica a sexualização de crianças e adolescentes em fase de crescimento, que acabam ultrapassando momentos e adiantando seu crescimento que, eventualmente, ocasionará uma gravidez.
Mediante ao exposto, fica evidente o quão prejudicial são as gravidezes precoces. Portanto para solucionar essa questão, faz-se necessário que o Governo Federal atue por meio do Ministério da Saúde e Educação que deve propor através de palestras para pais e alunos a importância da educação sexual, aproximando a família de seu filho e diminuindo assim os casos de pedofilia e gravidez.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#66483
No livro, "O Portão do Paraíso" de Giselda Laporta Nicolelis, é relatada a história de Taís, uma adolescente de treze anos sem nenhum conhecimento sobre relacionamentos. [faltou conectivo] Com a chegada de seu primo, ela acaba sendo induzida a relação sexual e abandonada grávida, sendo julgada pelas mães de suas amigas. Fora da ficção, a falta de diálogo sobre educação sexual em casa e a pedofilia, auxiliam no crescimento de casos de gravidezes precoces. [faltou finalizar dizendo algo como que medidas são necessárias, deixando que ia desenvolver mais sobre isso]

[faltou conectivo] [faltou apresentação do argumento]Aristóteles, grande pensador da antiguidade, defendia a importância do conhecimento para a obtenção da plenitude da existência humana. No contexto atual, a negligência das famílias sobre educar sexualmente seus filhos, acaba resultando ainda mais na gravidez adolescente. [faltou conectivo]O machismo, presente na sociedade, induz aos meninos que o sexo precoce é normal enquanto para as meninas torna-se um tabu, no qual acabam descobrindo sozinhas e engravidando.

[faltou conectivo] [faltou apresentação do argumento]Na canção de Amado Batista "O amor não tem idade", a letra faz uma crítica a sociedade sobre não aceitar o relacionamento dos mais velhos com alguém mais novo. Sob esse ponto de vista, a normalização da pedofilia igualitária ao amor, exemplifica a sexualização de crianças e adolescentes em fase de crescimento, que acabam ultrapassando momentos e adiantando seu crescimento que, eventualmente, ocasionará uma gravidez. [faltou arrematação]

[faltou conectivo] Mediante ao exposto, fica evidente o quão prejudicial são as gravidezes precoces. Portanto, para solucionar essa questão, faz-se necessário que o Governo Federal atue por meio do Ministério da Saúde e Educação que < repetição de 'que', use outros pronomes] deve propor através < procurar sinônimo] de palestras para pais e alunos a importância da educação sexual, aproximando a família de seu filho e diminuindo assim os casos de pedofilia e gravidez.
* Demonstrar melhor os elementos da intervenção: cabe ao AGENTE, criar/fazer AÇÃO, por MEIO de, a FIM de, e detalhar um desses elementos
Reflexos da tela preta

jherodrigues , simplesmente adorei sua corre&cced[…]

Sabe-se que, a inclusão é um tema re[…]

O racismo no Brasil, é um empecilho desde o[…]

Ashiley , OI! Muitíssimo obrigada por ter […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM