• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#63596
Ao advento da revolução técnica-informacional, impulsionada a partir do fim da guerra fria, busca-se cada vez mais respostas através da Internet. Embora a cibercondria tenha se popularizado como busca orientada, a sociedade acaba sendo dependente de respostas das redes para automedicação, problemática que é necessária ser revertida com profissionais para tirar às dúvidas.

Em primeira análise, é importante destacar que em função da falta de orientação sobre a automedicação no Google, às pessoas não se dão conta dos possíveis prejuízos quando essas são utilizadas de forma errada para cuidar da saúde. De certo, segundo dados do site notícias R7. Com, enquanto apenas 25% dos brasileiros têm plano de saúde, uma desigualdade por falta de recursos para os mais carentes.

Ademais, Hipátia de Alexandria, filósofa neoplatônica afirma que "compreender as coisas que nos rodeiam é a melhor preparação para entender o que há de mais além." Consequentemente, algumas enfermidades às vezes compartilham dos mesmos sintomas, e precisam de exames para um diagnóstico preciso. Entretanto, ao mesmo tempo que ajuda a democratizar a informação e dar autonomia ao indivíduo, trás também riscos e alertas.

Portanto, urge que as ONGS ( organizações não governamentais), capacite junto com profissionais estudados da área palestras para elucidar as pessoas que não desenvolvam o hábito de recorrer a web para todas as questões de doenças. A fim de que os usuários construam um conhecimento sólido sobre a cibercondria e sejam mais responsáveis a partir das informações obtidas.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

#63724
Certo
Parcialmente certo
Errado
Ausência

Introdução
Ao advento da revolução técnica-informacional, impulsionada a partir do fim da guerra fria, buscoua-se cada vez mais respostas<Sobre o quê?] através da Internet (Contextualização). Embora a cibercondria<poderia escrever um aposto sobre ela] tenha se popularizado como busca orientada(1), a sociedade acaba sendo dependente dase respostas das redes (Posicionamento (2)) para automedicação (Base argumentativa (3)), (conectivo) problemática que é necessária ser revertida com profissionais para tirar às dúvidas.

Comentário
(1) - Cibercondria é uma compulsão, certo? Então ela é uma consequência. Logo, a estrutura "Embora a/o ... tenha se popularizado como ..." é usado para indicar uma transformação, desse modo o emprego está incorreto. Sugestão: "Embora a internet tenha se popularizado como ferramenta de busca rápida..."
(2) - Eu sentir falta de algum termo que afirmasse que a cibercondria é um problema.
(3) - Normalmente, é apresentado dois problemas na introdução.
-----> Em termos de estrutura, a introdução está completa.

Desenvolvimento
1.
Em primeira análise, é importante destacar (Coesão interparágrafo) que em função da falta de orientação(4) sobre a automedicação no Google (Tópico-frasal), (conjunção explicativa) às pessoas não se dão conta dos possíveis prejuízos<Quais?] quando essas são utilizadas de forma errada para cuidar da saúde. De certo, segundo dados do site notícias R7<Evite usar nomes de sites]. Com<desnecessário], enquanto apenas 25% dos brasileiros têm plano de saúde, uma desigualdade por falta de recursos para os mais carentes. (Repertório)
Argumento complementar (causa)
Explicação da tese (como)
Consequências do problema ou apelo para que seja resolvido


Comentário
(4) - Acredito que seria melhor "não há uma ferramenta que evidencie os riscos da automedicação".
-----> O desenvolvimento 01 está expositivo, pois você disse que o google não diz os riscos da automedicação, porém você não disse porquê isso acontece e como acontece. Logo, caracterizando um parágrafo expositivo.

2.
Ademais (Coesão interparágrafo), Hipátia de Alexandria, filósofa neoplatônica, afirma que "compreender as coisas que nos rodeiam é a melhor preparação para entender o que há de mais além." (Repertório (5)). Consequentemente, algumas enfermidades<Por exemplo?] às vezes compartilham<Deu ideia de duvida] dos mesmos sintomas, e precisam de exames para um diagnóstico preciso (Argumento complementar). Entretanto, ao mesmo tempo que ajuda a democratizar a informação e dar autonomia ao indivíduo, trás também riscos e alertas. (Consequências)
Tópico-frasal
Explicação da tese (como)


Comentário
(5) - Quando citar uma autoridade é mais produtivo escrever uma interpretação pessoal do que escrever exatamente as mesma palavra de outra pessoa.
---> O desenvolvimento 02 está incompleto, porém não está expositivo.

Conclusão
Portanto, urge que as ONGSs (Agente) ( organizações não governamentais),<não separe sujeito de predicado] capacite junto com profissionais estudados da área palestras(6)(Ação) para elucidar as pessoas que não desenvolvam o hábito de recorrer a web para todas as questões de doenças. A fim de que os usuários construam um conhecimento sólido sobre a cibercondria e sejam mais responsáveis a partir das informações obtidas. (Finalidade)
Detalhamento
Meio/modo


Comentário
(6) - Esse trecho está ambíguo. Sugestão: "[...], em parceria com agências de oradores, promovam palestras [...]"
----> A proposta de intervenção está incompleta.
A cultura de assédio no Brasil

No livro “50 tons de cinza” é a[…]

joenir jheromagnoli cassiahso Higorrair

Peso: 1000 Nota: 1000 Conforme o escritor Franz K[…]

Doença mental

Para a OMS, saúde não engloba apena[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM