• Avatar do usuário
#76583
O artigo 5°, da Constituição Federal de 1989, defende o direito pleno de qualquer cidadão. No entanto, percebe-se uma falha na garantia desse direito na questão da desvalorização da saúde pública no Brasil, o que, além de grave, torna-se um problema inconstitucional. Dessa forma, em razão da insuficiência legislativa e do silenciamento, emerge um problema complexo, que precisa ser revertido.

A princípio, a falta de legislação caracteriza-se como um complexo dificultador. O filósofo John Locke defende que "As leis fizeram-se para os homens e não para as leis". Ou seja, ao ser criada uma lei, é preciso que ela seja planejada para melhorar a vida das pessoas em sua aplicação. No entanto, no que concerne à falta de valorização da saúde pública no país, a legislação não tem sido suficiente para a resolução do problema, dado que parte da população têm seus direitos à saúde básica negligenciados.

Outro ponto relevante, nesta temática, é a falta de debate. Segundo Foucault, na sociedade, pós-moderna muitos temas são silenciados para que estrutura de poder sejam mantidas. Diante disso, verifica-se uma lacuna em torno dos debates sobre possíveis caminhos para que a saúde pública seja mais valorizada no Brasil, o que contribui para o aumento da falta de conhecimento da população sobre a questão, tornando uma resolução mais dificultada.

Portanto, é fundamental a criação de projetos de lei que considerem os caminhos para valorizar a saúde pública, pelas comissões da Câmara e do Senado, em parceria com consultas públicas. Tais consultas devem ser amplamente divulgada nas redes sociais, para que o público tenha acesso e se posicione. Além disso, nestas consultas, seria viável disponibilizar para download uma cartilha em PDF que contemple os detalhes da lei proposta, para que o problema da desvalorização da saúde pública ganhe respaldo legal e seja discutido pela população.

@LailaSantos
@Cleverson
@Duardakkk
@Marcel29

Podem corrigir, pfv?
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Obrigado, se possível, corrija a minha do E[…]

@eurodrigo poderia dar uma olhada?

Correção flash • Modelo ENEM […]

Correção flash • Modelo ENEM […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM