Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#50204
Conhecida como "cidadã", por ter sido concebida no processo de redemocratização, a Constituição Federal prevê a todos o direito à educação e ao bem-estar social. Contudo, o Brasil possui cerca de 11,3 milhões de analfabetos, impossibilitando que parte da população desfrute desse direito na prática. Logo, faz-se necessário destacar as principais problemáticas e possíveis soluções para o analfabetismo no país.

Em primeira análise, nota-se, de início, que o grande número de analfabetos deve-se por conta do estilo de ensino arcaico. Nesse sentido, o modelo de aprendizado imposto por grande parte dos professores é baseado na cópia e memorização excessiva impossibilitando o desenvolvimento da criatividade. Conforme o sociólogo, Immanuel Kant, "o homem não é nada além daquilo que a educação faz dele", configurando-se então, que sem um ensino adequado e professores aptos a darem aulas de ensino básico, os estudantes não irão conseguir crescer educacionalmente.

Em segunda análise, vale ressaltar que um dos principais fatores para o analfabetismo no Brasil é a evasão escolar. É notório que muitos adolescentes abandonam os estudos devido a necessidade de assumir outras responsabilidades, como começar a trabalhar e conseguir uma renda. Essa realidade é corroborada pela notícia do Jornal G1, de 2020, no qual o IBGE registrou que cerca de 10 milhões de jovens entre 14 a 29 anos não terminaram o ensino básico. Assim, fica evidente que esses jovens ficam com seus aprendizados extremamente defasados, havendo uma lacuna no seu aprendizado e consequentemente dificultando cada vez mais a diminuição do número de analfabetos

Desse modo, constata-se a urgência para a redução do número de analfabetismo no Brasil. Para que a taxa de analfabetos diminuia, cabe ao Ministério da Educação criar projetos interativos para jovens que possuem dificuldade com os métodos arcaicos de ensino. A mídia por sua vez, deve incentivar aos jovens que abandonaram o ensino básico mostrando a importância do estudo para a formação profissional, por meio de propagandas televisivas. Assim todos os cidadãos desfrutarão da educação e bem-estar social como garantido pela Constituição Federal.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

É de fundamental importância discutir[…]

É de fundamental importância a discus[…]

O perigo da crise hídrica no Brasil

Avidez Inconsciente O Nilo com mais de 7 mil q[…]

Quem puder me ajudar, agradeço demais! Um a[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM