Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#49699
Adotada pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 1948, a Declaração dos Direitos Humanos assegura a cada indivíduo o direito à igualdade social e ao bem-estar social. No entanto, a questão do analfabetismo no Brasil inviabiliza a prática desses direitos universais, precisando de caminhos para ser resolvido. Dessa forma, dentre tantos fatores relevantes, destacam-se: os programas de escolarização e uma educação básica de qualidade.

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que os maiores índices de analfabetismo no Brasil, estão entre os jovens e adultos. Isto ocorre, devido a falta de oportunidade de frequentar uma escola, tanto pela ausência de ofertas ou por suas condições sociais. Neste viés, de acordo com o pensamento de Kaspar Hauser, os significados são desenhados pela percepção e cognição da realidade. Diante disso, partindo do princípio que não é possível mudar o passado, se faz necessário, programas de escolarização dos jovens e adultos, para que no futuro, essas pessoas, possam ser integradas por completo na sociedade.

Por conseguinte, a proposta de uma educação básica de qualidade, é uma das maneiras para resolver o analfabetismo nacional. Outrossim, como disse o filósofo Immanuel Kant, “O ser humano é aquilo que a educação faz dele.”, logo, com uma proposta de um bom ensino básico, posteriormente, não será necessário do projeto de Educação dos Jovens e Adultos (EJA). Dessa forma, o investimento numa educação de qualidade para as crianças, evitará futuros problemas, como mencionado anteriormente.

Portanto, são necessários caminhos para resolver a questão do analfabetismo no Brasil. Para isso, urge que o ministério da Educação e Cultura (MEC), juntamente com a Secretaria de Educação a Distância, Alfabetização e diversidade (Secad), em apoio ao EJA, criem, por meio de verbas governamentais, novos programas de escolarização, respeitando as características do educando. Além disso, o MEC, aliado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), promovam, projetos e ofertas para o melhoramento do ensino básico das crianças. Somente assim, será possível resolver o analfabetismo no país e, ademais garantir às vítimas os seus direitos universais.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

No meio do caminho tinha uma pedra,tinha uma pedra[…]

muito obrigada!! É minha primeira reda&cced[…]

É notório que o estigma associado &a[…]

No caso da conclusão a finalidade e o detal[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM