Avatar do usuário
Por lais458
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#130471
No filme "À Procura da Felicidade", mostra-se a jornada de Chris Gardner, que enfrenta grandes dificuldades para se manter e sustentar seu filho devido à falta de renda fixa e à escassez de oportunidades de emprego. Fora da ficção, a realidade brasileira não está tão distante dessa conjuntura vivida na obra, na qual é evidente o alto índice de desempregados na nação. Diante desse contexto, é crucial examinar os geradores dessa vulnerável situação: o desemprego estrutural e a busca informal para sobreviver.

Inicialmente, é válido ressaltar que o desemprego tecnológico é uma das principais fragilidades desse cenário. Segundo a teoria da "globalização perversa" de Milton Santos, a globalização acentua desigualdades, beneficiando os ricos e poderosos enquanto marginaliza e explora os pobres e vulneráveis, criticando o neoliberalismo. Dessa maneira, a automação e os avanços tecnológicos substituem a mão de obra humana, agravando a desigualdade e deixando muitos, sobretudo os menos qualificados, sem acesso a empregos dignos, resultando em adversidades financeiras. Logo, esse cenário traz consigo inúmeras vulnerabilidades sociais e psicológicas, como o aumento do estresse, da insegurança e da instabilidade nas comunidades afetadas.

Além disso, deve-se enfatizar que a falta de emprego obriga os indivíduos a buscar alternativas informais para sobreviver. Diante essa perspectiva, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), criada em 1943 por Getúlio Vargas, constitui-se como um importante conjunto de regras, direitos e deveres pensados para garantir a harmonia dos cidadãos brasileiros. Destarte, devido à escassez de empregos, as pessoas recorrem à uberização, na qual não terão direitos a benefícios como salário mínimo, férias, aposentadoria e horas extras, deixando-as vulneráveis em casos de problemas de saúde ou perda do veículo de trabalho. Por conseguinte, esse fator em específico evidência como é a vivência do povo brasileiro e como precisam de ajuda nesse quadro.

Portanto, são necessárias mudanças para reduzir o elevado índice de desocupação no Brasil. Para isso, o Ministério do Trabalho e Emprego em parceria com o Ministério da Educação, deve implementar programas de capacitação profissional com suporte financeiro para ajudar pessoas substituídas por máquinas a adquirir habilidades técnicas demandadas pelo mercado, conseguindo se manter na comunidade. Ademais, o MTE, com a Câmara Federal, deve regulamentar a ocupação informal, incluindo serviços de aplicativos como Uber, garantindo direitos e benefícios da CLT, como seguro-desemprego e condições de serviço dignas. Dessa forma, é preciso instituir canais eficazes de supervisão e comunicação para que esses trabalhadores possam relatar problemas e receber ajuda. Desse modo, essas medidas visam melhorar a sociedade brasileira contemporânea, reduzindo a falta de emprego e promovendo maior inclusão social.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Passe ilimitado
Comentários
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido.
Avatar do usuário
Por Felipe082
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos Colecionador
#130612
Oi, @lais458. Vou ser breve.

No filme "À Procura da Felicidade", mostra-se a jornada de Chris Gardner, que enfrenta grandes dificuldades para se manter e sustentar seu filho devido à falta de renda fixa e à escassez de oportunidades de emprego. Fora da ficção, a realidade brasileira não está tão distante dessa conjuntura vivida na obra, na qual é evidente o alto índice de desempregados na nação. Diante desse contexto, é crucial examinar os geradores dessa vulnerável situação: o desemprego estrutural e a busca informal para sobreviver.
Inicialmente, é válido ressaltar que o desemprego tecnológico (defina o conceito entre travessões) é uma das principais fragilidades desse cenário. Segundo a teoria da "globalização perversa" de Milton Santos, a globalização acentua desigualdades, beneficiando os ricos e poderosos enquanto marginaliza e explora os pobres e vulneráveis, criticando (incoerência: o sujeito do verbo "criticando" é "globalização") o neoliberalismo. Dessa maneira, a automação e os avanços tecnológicos substituem a mão de obra humana, agravando a desigualdade e deixando muitos ("muitos" o quê?) muitos trabalhadores, sobretudo os menos qualificados, sem acesso a empregos dignos, resultando em adversidades financeiras. Logo, esse cenário traz consigo inúmeras vulnerabilidades sociais e psicológicas, como o aumento do estresse, da insegurança e da instabilidade nas comunidades afetadas.
Além disso, deve-se enfatizar que a falta de emprego obriga os indivíduos a buscar alternativas informais para sobreviver. Diante essa perspectiva, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), criada em 1943 por Getúlio Vargas, constitui-se como um importante conjunto de regras, direitos e deveres pensados para garantir a harmonia dos cidadãos brasileiros (as frases estão completamente desarticuladas). Destarte Entretanto (inadequação: não há valor conclusivo), devido à escassez de empregos, as pessoas recorrem à uberização "uberização" (defina entre travessões), na qual não terão direitos a benefícios como salário mínimo, férias, aposentadoria e horas extras, deixando-as vulneráveis em casos de problemas de saúde ou perda do veículo de trabalho. Por conseguinte, esse fator em específico evidência evidencia como é a vivência do povo brasileiro e como precisam (quem?) ele precisa de ajuda nesse quadro.
Portanto, são necessárias mudanças para reduzir o elevado índice de desocupação no Brasil. Para isso, o Ministério do Trabalho e Emprego, em parceria com o Ministério da Educação, deve implementar programas de capacitação profissional com suporte financeiro para ajudar pessoas substituídas por máquinas a adquirir habilidades técnicas demandadas pelo mercado, conseguindo se manter na comunidade (faltou o meio). Ademais, o MTE, com a Câmara Federal, deve regulamentar a ocupação informal, incluindo serviços de aplicativos como Uber, garantindo direitos e benefícios da CLT, como seguro-desemprego e condições de serviço dignas. Dessa forma, é (inadequação: não há valor conclusivo) É preciso instituir canais eficazes de supervisão e comunicação para que esses trabalhadores possam relatar problemas e receber ajuda. Desse modo, essas medidas visam melhorar a sociedade brasileira contemporânea, reduzindo a falta de emprego e promovendo maior inclusão social (a segunda proposta está completa).

Qualquer dúvida, estou à disposição ;)
1
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
2 Respostas 
81 Exibições
por lais458
0 Respostas 
125 Exibições
por jsskana
0 Respostas 
104 Exibições
por rafaeloli17
Aumento do índice de sobrepeso no Brasil
por Moon199    - In: Outros temas
3 Respostas 
132 Exibições
por Moon199
0 Respostas 
40 Exibições
por anaabreu16
0 Respostas 
87 Exibições
por Jessic
1 Respostas 
75 Exibições
por Amandx193
1 Respostas 
112 Exibições
por georgia6
0 Respostas 
30 Exibições
por Carol7777
0 Respostas 
828 Exibições
por Amandappq

Segundo o empresário estadunidense Steve Jobs: &qu[…]

O livro "Utopia", do escritor inglês Tho[…]

A lei seca foi implementada com o intuito de evita[…]

EXCLUIR REDAÇÃO!!!

Você poderia excluir a minha primeira redação de &[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!