• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#75529
No filme “John Wick: de volta ao jogo”, têm-se uma cidade controlada pela criminalidade, a qual as relações pessoais são marcadas pela violência. De maneira análoga essa é a realidade de muitas áreas urbanas por todo o Brasil, as quais por fatores socioeconômicos e de infraestrutura precária acabam por ceder a essa mazela das sociedades. Dessa maneira, faz-se jus uma análise criteriosa acerca dessa conjuntura.

Em primeira análise, é importante destacar a pobreza e a desigualdade social como principais fatores do aumento da violência nas cidades, como diria o sociólogo Karl Marx: “uma sociedade sem conflitos é uma sociedade em que todos são iguais em todos os aspectos”. Isto é, a desigualdade desperta uma sede por equidade, mas são necessários meios para atingir tal objetivo, a partir disso, a criminalidade emerge como solução para essas pessoas marginalizadas pela sociedade, de forma a prometer uma suposta ascensão social baseada na violência. Dessa forma, tal fator presente na sociedade deve ser combatido.

Ademais, é imprescindível ressaltar a falta de infraestrutura e incentivo do âmbito escolar como uma das causas da violência urbana vivenciada na atualidade. Conforme o filósofo Immanuel Kant, em que “o homem é aquilo que a educação faz dele“. Assim, ao contrário do ideal, a violência e criminalidade ganham destaque no papel de ascensão em detrimento da educação, que agora é vista como algo sem retorno promissor devido às suas infraestruturas precárias e falta de incentivo. Portanto, medidas para reverter tal cenário são necessárias.

Em suma, para resolver essa problemática associada à violência urbana no Brasil, urge que os Ministérios da Educação e da Cidadania – órgãos responsáveis por políticas educacionais e sociais – promovam o incentivo à escolaridade bem como a abertura de mais oportunidades educacionais, por meio de investimentos destinados às estruturas de educação, a fim de combater a violência e a criminalidade através do impedimento de que mais jovens se juntem a esse mundo, pois com a ciência das reais oportunidades da educação faz com que a violência e criminalidade deixem de ser uma forma de ascensão social viável e por conseguinte, têm-se uma sociedade favoravelmente distante da realidade de John Wick.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#76477
No filme “John Wick: de volta ao jogo”, têm-se uma cidade controlada pela criminalidade, a qual as relações pessoais são marcadas pela violência. De maneira análoga, essa é a realidade de muitas áreas urbanas por todo o Brasil, as quais por fatores socioeconômicos e de infraestrutura precária acabam por ceder a essa mazela das sociedades. Dessa maneira, faz-se jus uma análise criteriosa acerca dessa conjuntura.

Em primeira análise, é importante destacar a pobreza e a desigualdade social como principais fatores do aumento da violência nas cidades, como diria o sociólogo Karl Marx: “uma sociedade sem conflitos é uma sociedade em que todos são iguais em todos os aspectos”. Isto é, a desigualdade desperta uma sede por equidade, mas são necessários meios para atingir tal objetivo, a partir disso, a criminalidade emerge como solução para essas pessoas marginalizadas pela sociedade, de forma a prometer uma suposta ascensão social baseada na violência. Dessa forma, tal fator presente na sociedade deve ser combatido. < cuidado com arrematação muito genérica]

Ademais, é imprescindível ressaltar a falta de infraestrutura e incentivo do âmbito escolar como uma das causas da violência urbana vivenciada na atualidade. Conforme o filósofo Immanuel Kant, em que “o homem é aquilo que a educação faz dele“. Assim, ao contrário do ideal, a violência e criminalidade ganham destaque no papel de ascensão em detrimento da educação, que agora é vista como algo sem retorno promissor devido às suas infraestruturas precárias e falta de incentivo. Portanto, medidas para reverter tal cenário são necessárias. < cuidado com arrematação muito genérica]

Em suma, para resolver essa problemática associada à violência urbana no Brasil, urge que os Ministérios da Educação e da Cidadania – órgãos responsáveis por políticas educacionais e sociais – promovam o incentivo à escolaridade, bem como a abertura de mais oportunidades educacionais, por meio de investimentos destinados às estruturas de educação, a fim de combater a violência e a criminalidade através < procurar sinônimo] do impedimento de que mais jovens se juntem a esse mundo, pois com a ciência das reais oportunidades da educação faz com que a violência e criminalidade deixem de ser uma forma de ascensão social viável e por conseguinte, têm-se uma sociedade favoravelmente distante da realidade de John Wick.

Athesui maiconpgtu anaclaradll jheromagn[…]

O artigo 6º da constituição fed[…]

O romance "Lolita " de 1955,escrito pelo[…]

Limites do humor

Atualmente, o tema limitës do humor é […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM