• Avatar do usuário
#82058
A obra "Ensaio sobre a cegueira", retrata a invisibilidade de certos problemas na sociedade. Na conjuntura contemporânea brasileira, a crítica de Saramago é verificada na falta de estímulos da sociedade em combater a automutilação de jovens no país que se tornam invisíveis diante de tal cegueira social. Nesse contexto, percebe-se a consolidação de um grave problema, em virtude do silenciamento e da omissão governamental.
Nesse cenário, primeiramente, a falta de debate é um desafio presente no impasse. Para Djamila Ribeiro, é preciso tirar uma situação da invisibilidade para que soluções sejam promovidas. Porém, há uma falta de empatia instaurada na questão da automutilação no Brasil, visto que, a falta de debate contribui para uma estigmatização do problema e, consequentemente, a exclusão do indivíduo dos meios sociais.
Além disso, outro fator influenciador é a ineficiência governamental. Segundo Thomas Hobbes, o Estado é responsável por garantir o bem-estar dos cidadãos. Entretanto, tal responsabilidade não está sendo honrada, já que o poder público não direciona um olhar a ações que poderiam combater a automutilação, mantendo, dessa forma, a população carente de uma educação emocional. Logo, para que tal bem-estar seja usufruído, o Estado precisa sair da inércia em que de encontra.
Portanto, é imprescindível atuar sobre a problemática. Para isso, a mídia - por intermédio de programas televisivos de grande audiência, irá discutir o assunto com psicólogos, a fim de combater o silenciamento e orientar tanto os familiares, quanto os jovens sobre a questão da automutilação na sociedade. Tal ação pode, ainda, contar com uma cartilha em PDF alertando sobre as causas do revés. Paralelamente, é preciso intervir sobre a insuficiência governamental, através de investimentos em consultas gratuitas nas escolas. Dessa forma, o Brasil poderá encontrar caminhos para combater e minimizar a automutilação dos jovens na sociedade hodierna brasileira.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Invisibilidade e registro civil

A despeito de todo progresso científico e h[…]

A despeito de todo progresso científico e h[…]

O caso da xenófoba no brasil

A xenofobia é um problema não so loc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM