• Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Vanessaleob
#83192
O quadro expressionista"O grito", do pintor norueguês Edvard Much, retrata o medo e a desesperança refletidos no semblante de um personagem envolto por uma atmosfera de profunda desolação. Para além da obra, observa-se que na conjuntura brasileira contemporânia o sentimento de milhares de indivíduos é assolado pela invisibilidade do registro civil, no que se refere a garantia de acesso à cidadania no Brasil, sendo amiudadamente semelhante ao ilustrado pelo artista. Nessa perspectiva, torna-se crucial analisar as causas desse revés, as quais destacam a negligência governamental e a falta de visibilidade dos direitos dos cidadãos.

A princípio, é imperioso notar que a inteligência do estado potencializa a falta de acesso à cidadania no Brasil. Esse contexto de insperância das esferas de poder exemplifica a teoria das Instituições Zumbis, do sociólogo Zygmunt Bauman, que as descreve presentes no sociedade, todavia, sem cumprirem com sua função social de maneira eficaz. Sob essa ótica, devido a baixa atuação das autoridades, muitos cidadãos são considerados inexistentes para o Estado, fator que corrobora para a exclusão social dos brasileiros. Nesse viés, para a completa refutação da teoria do estudioso polonês e mudança dessa realidade, necessita-se de uma intervenção estatal.

Outressim, é igualmente preciso apontar a invisibilidade no Brasil como outro fator que contribui para a manutenção de uma sociedade heterogênea, no que diz respeito as desigualdades sociais existentes desde a época em que a Brasil era considerado colônia. Posto isso, de acordo com o IBGE, mais de 1 milhão de pessoas não possuem registro de nascimento, mesmo sendo um documento gratuito no país. Diante de tal exposto, é visível que os lemas: liberdade, igualdade e fraternidade da Revolução Francesa não foi aderidos totalmente. Logo, é inadmissível que esse cenário continue a perdurar.

Portanto, a invisibilidade e a falta de registro civil que garante o acesso à cidadania no Brasil é uma ameaça concreta não só para os indivíduos diretamente envolvidos, como para todos os cidadãos que, indiretamente, figuram como vítimas de seu legado. Nesse sentido, o governo juntamente com os orgãos legislativos, devem introduzir políticas públicas por meio de projetos de lei que garantam a inclusão dos indivíduos na sociedade com direito a documentação pessoal. Paralelamente, é precioso que a mídia como propulsora de informações, deve através de comerciais, incentivar toda a população a lutarem pelos seus direitos. Espera-se, assim, que os sentimentos emocionais retratados por Much, dilimite-se apenas no plano artistico.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Redação ENEM 2021

chicao KarllaViit EuDavila Eumesmaoxi Ped[…]

Olá, alguém poderia corrigir? 😊 @An[…]

Na novela Avenida Brasil, é visto um exempl[…]

Você poderia dar uma nota para minha reda&cc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM