• Avatar do usuário
#67099
“O mais escandaloso dos escândalos é que nos habituamos a eles”. A afirmação, atribuída à filósofa francesa Simone de Beauvoir, pode facilmente ser aplicada ao enfrentamento de problemas econômicos no Brasil, já que mais escandalosa do que a ocorrência de muita pobreza é o fato da população se habituar a falta de combate dessa realidade. Nesse sentido, torna-se evidente que esse quadro tem origem inegável na corrupção elevada. Desse modo, entre os fatores que contribuem para aprofundar essa conjuntura, pode-se destacar o aumento de desemprego e também aos gastos no governo.

Em primeiro plano é importante ressaltar a ausência de medidas governamentais para combater a má condição econômica no país. A crise econômica brasileira, que agrava os índices de desemprego, inflação e consequente queda no PIB, tem ocasionado enormes prejuízos para a esfera. No Brasil, o alarmante aumento do número de pessoas desempregadas é altíssimo, segundo dados do IBGE esse número tem aumentado muito mais nos últimos anos, isso é preocupante. Em consequência disso, vê se todo momento uma crescente aumento de pessoas autônomas pelo país. Desse modo, faz-se a missão na modificação dessa postura urgente.

Por outro lado, a economia brasileira é dominada pelos interesses do sistema bancário e dos grandes grupos privados, em detrimento da população. Além da necessidade de continuar explorando a classe trabalhadora, para viabilizar os lucros exorbitantes das grandes empresas e bancos, uma onda de privatizações tem sido feita no país. O sistema financeiro e bancário exerce um controle sobre questões política e econômica. É o banco que determina a política monetária. Ocorre, então, uma falência do sistema econômico e social.

Tendo em vista os aspectos observados, é de suma importância a atuação social, estatal para que os empecilhos sejam superados, medidas devem ser estabelecidas. Sendo assim, o governo deve propor uma solução para este problema desde o início, e deve ser formal e sério para produzir resultados. Como o objetivo de concertar o problema econômico, uma boa ideia seria os investimentos, tanta na economia, escolas, obras públicas.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

De acordo com a Primeira Lei de Newton, um corpo e[…]

Doação do coração

A série médica americana "Grey'[…]

Carinho sanguíneo

A série médica americana "Grey'[…]

Índio no Brasil

Hoje,na sociedade brasileira, as políticas […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM