Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#36537
   A lei brasileira 8080/1990, denominada lei do Sistema Único de Saúde (SUS), assegura o direito à saúde com base nos princípios de universalidade, equidade e integralidade, tornando esse sistema a solução ideal para a universalização da saúde no Brasil. Porém, atualmente, essa garantia encontra-se deficitária, uma vez que o SUS atinge todos os estados do Brasil ainda que não em sua plena forma. Desse modo, faz-se necessário corrigir a deficiência no sistema público de saúde, através de investimentos financeiros que supram a falta de ferramentes básicas de trabalho assim como também de profissionais adequados.
  
   O Sistema Único de Saúde tem trazido, de forma integral, vários benefícios à população. O documentário “SUS: 30 anos” produzido pelo Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), retrata a importância do sistema de saúde pública e gratuita brasileiro ao apontar as suas áreas de atendimento -física, psicológica e social-, além da atuação, que abrange desde campanhas de vacinação a transplante de órgãos. Isso mostra que esse sistema público de saúde é eficaz, uma vez que disponibiliza prevenção e tratamento de doenças, de maneira completa. Dessa forma, nota-se a importância do SUS como caminho para assegurar a universalização do direito a saúde do cidadão.

   Em segundo plano, mesmo que oferte vários benefícios, o SUS ainda enfrenta desafios que impedem seu pleno funcionamento, tal como a escassez de investimentos financeiros que, consequentemente, fomenta, por exemplo, à falta de profissionais adequados. O SUS não recebe dinheiro suficiente para atender a demanda, segundo Oswaldo Tanaka, diretor da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. Isso se reflete na falta de leitos, remédios e até mesmo de profissionais da área, visto que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil, existem, aproximadamente, 17 médicos para cada 10 mil habitantes, enquanto na Europa esse número sobe para 33. Esses dados mostram-se alarmantes, uma vez que evidenciam o descaso público acerca da saúde brasileira e dificultam a universalização de um acesso de qualidade a mesma, o que deve ser revertido urgentemente.

   Depreende-se, portanto, que a melhoria do Sistema Único de Saúde é fundamental para promover a universalização de um acesso a saúde pública de qualidade aos brasileiros. Dessa forma, a fim de melhorar esse acesso, o Ministério da Economia -responsável pela formulação e execução da política econômica nacional- deve destinar investimentos financeiros ao SUS, de modo a suprir a falta de instrumentos básicos e de profissionais de saúde, conseguindo assim promover o direito constitucional básico da saúde.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 130

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#36653
kalliny escreveu:Fiquei confusa, o tema é acesso universal a saúde mas sua proposta busca melhorar o sistema. Como isso vai garantir que pessoas que moram na zona rural, favelas ou lugares longe de um postinho tenham essa acessibilidade?
Olá, @kalliny ! A minha redação fala sobre os pontos negativos e positivos do Sistema Único de Saúde (SUS) por que os textos motivadores falam acerca disso. Acredito que o "acesso universal" se refira também a questão da integralidade dos serviços oferecidos. Mas a sua sugestão é válida! Eu poderia falar sobre os lugares que não tem acesso à saúde na redação.
#36658
Esterx escreveu:
kalliny escreveu:Fiquei confusa, o tema é acesso universal a saúde mas sua proposta busca melhorar o sistema. Como isso vai garantir que pessoas que moram na zona rural, favelas ou lugares longe de um postinho tenham essa acessibilidade?
Olá, @kalliny ! A minha redação fala sobre os pontos negativos e positivos do Sistema Único de Saúde (SUS) por que os textos motivadores falam acerca disso. Acredito que o "acesso universal" se refira também a questão da integralidade dos serviços oferecidos. Mas a sua sugestão é válida! Eu poderia falar sobre os lugares que não tem acesso à saúde na redação.[/quote

Ah sim :)
#37516
Oi @Esterx! :D

Destacarei os erros e farei um breve comentário no final.

A lei brasileira 8080/1990, denominada lei do Sistema Único de Saúde (SUS), assegura o direito à saúde com base nos princípios de universalidade, equidade e integralidade, tornando esse sistema a solução ideal para a universalização da saúde no Brasil. Porém, atualmente, essa garantia encontra-se deficitária, uma vez que o SUS atinge todos os estados do Brasil ainda que não em sua plena forma. Desse modo, faz-se necessário corrigir a deficiência no sistema público de saúde, através de investimentos financeiros que supram a falta de ferramentes básicas de trabalho assim como também de profissionais adequados.
A parte pintada de rosa foi desnecessária, essa garantia se encontra deficitária porque o SUS está em todo o Brasil? Não fez sentido. Ótima intro.


O Sistema Único de Saúde tem trazido trago, de forma integral, vários benefícios à população. O documentário “SUS: 30 anos” produzido pelo Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), retrata a importância do sistema de saúde pública e gratuita brasileiro ao apontar as suas áreas de atendimento -física, psicológica e social-, além da atuação, que abrange desde campanhas de vacinação a transplante de órgãos. Isso mostra que esse sistema público de saúde é eficaz, uma vez que disponibiliza prevenção e tratamento de doenças, de maneira completa. Dessa forma, nota-se a importância do SUS como caminho para assegurar a universalização do direito a saúde do cidadão.
A palavra "brasileiro" também foi desnecessária. Poderia ter aproveitado o repertório melhor para relacionar com o tema.

Em segundo plano, mesmo que oferte vários benefícios, o SUS ainda enfrenta desafios que impedem seu pleno funcionamento, tal como a escassez de investimentos financeiros que, consequentemente, fomenta, por exemplo, à falta de profissionais adequados. O SUS não recebe dinheiro suficiente para atender a demanda, segundo Oswaldo Tanaka, diretor da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. Isso se reflete na falta de leitos, remédios e até mesmo de profissionais da área, visto que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil, existem, aproximadamente, 17 médicos para cada 10 mil habitantes, enquanto na Europa esse número sobe para 33. Esses dados mostram-se alarmantes, uma vez que evidenciam o descaso público acerca da saúde brasileira e dificultam a universalização de um acesso de qualidade a mesma, o que deve ser revertido urgentemente.
"Mesmo" não pode ser usado para fazer retomadas. Novamente, você poderia ter aproveitado melhor o repertório e argumentado mais.


Depreende-se, portanto, que a melhoria do Sistema Único de Saúde é fundamental para promover a universalização de um acesso a à saúde pública de qualidade aos brasileiros. Dessa forma, a fim de melhorar esse acesso, o Ministério da Economia -responsável pela formulação e execução da política econômica nacional- deve destinar investimentos financeiros ao SUS, de modo a suprir a falta de instrumentos básicos e de profissionais de saúde, conseguindo assim promover o direito constitucional básico da saúde.
Faltou o meio, como o Ministério fazeria isso? Lembre-se que o meio é MUITO importante, porque sem ele a sua C5 não passa de 120.

É isso, bons estudos! ;)

Segundo dados do Ministério da Saúde[…]

Taissa19 , claroo :D De acordo com o Artigo 1&[…]

Estética e Saúde

A busca pelo corpo perfeito é um ideal que […]

Direitos humanos e a vida digna

A partir do mercantilismo, houve, consequentemente[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM