Avatar do usuário
Por mandenha
Quantidade de postagens
#115536
Na trama do livro “É Assim que Acaba”, de Colleen Hoover, a protagonista Lily sofre violência doméstica, porém consegue sair da relação em que estava antes que o ciclo de agressões culminasse em sua morte. Fora da ficção, ao se analisar a conjuntura brasileira, percebe-se que grande parte das mulheres que sofrem agressões no meio doméstico não tem o mesmo destino que a personagem da obra. Portanto, há fortes desafios à erradicação do feminicídio no cenário nacional. Tal situação se deve ao machismo enraizado no tecido social brasileiro e a uma ineficiência governamental.

Antes de tudo, vale apontar o machismo consolidado na sociedade brasileira como um dos principais entraves para a resolução da problemática. Nesse viés, é possível evidenciar que o “Manual da Boa Esposa”, lançado na década de 1950 e que reforçou o estereótipo da mulher “bela, recatada e do lar”, demonstrou o retrato do comportamento coletivo da época e que infelizmente vigora atualmente, embora em menor volume. Sob tal ótica, tem-se um comportamento de caráter machista na sociedade brasileira, em que a mulher é vista como propriedade de seu companheiro e que deve se adequar às opiniões e anseios do mesmo, perdendo totalmente sua individualidade, o que dá início a um ciclo de violências que somente tem seu fim no feminicídio.

Outrossim, é notório que a ineficiência governamental retarda o fim do óbice. Sabe-se que o feminicídio foi classificado como crime hediondo apenas em 2015, 9 anos após a Lei Maria da Penha (a primeira a punir efetivamente atos de violência doméstica contra a mulher) ser sancionada. Então, nota-se que a esfera executiva não proporcionou amparo às mulheres vítimas de tais atos desde o início da República, em 1889, até o início do século XXI. Ou seja, essa negligência por parte do Estado fomentou a impunidade em relação a esses crimes durante um longo período de tempo fazendo com que as violações fossem vistas com ar de normalidade pela sociedade brasileira.

Portanto, é improrrogável que sejam tomadas medidas para mitigar a problemática. Logo, é preciso que a mídia, responsável pela influência de comportamentos e atitudes da sociedade, junto ao Governo Federal, responsável pela garantia da Segurança Pública, difunda campanhas de conscientização em relação à questão por intermédio das redes sociais e outros meios de comunicação, para combater o feminicídio no Brasil. Assim, teremos uma diminuição nos índices desse crime.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Avatar do usuário
Por OlrenBeat
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#115681
NOTA FINAL 980!
Olá! Sua redação está bem estruturada e apresenta uma boa argumentação. No entanto, há alguns pontos que podem ser melhorados para atender aos critérios de correção do Enem.

Em relação à introdução, você fez um bom uso da referência literária para contextualizar o tema proposto. Entretanto, faltou a apresentação clara da tese que será defendida ao longo do texto. É importante deixar claro desde o início qual é a sua posição em relação ao assunto abordado.

No desenvolvimento dos argumentos, você trouxe informações relevantes sobre o machismo enraizado na sociedade brasileira e a ineficiência governamental no combate ao feminicídio. Porém, seria interessante trazer exemplos concretos dessas situações para ilustrar melhor os seus argumentos e torná-los mais convincentes.

Além disso, é importante destacar que as ideias precisam estar conectadas entre si por meio de recursos coesivos adequados. Você utilizou algumas conjunções adversativas (porém) e conclusivas (portanto), mas poderia ter explorado outros tipos de conectivos para dar mais fluidez à leitura.

Por fim, na proposta de intervenção você apresentou uma solução viável para mitigar o problema do feminicídio no Brasil: campanhas de conscientização promovidas pela mídia em conjunto com o Governo Federal. Contudo, faltaram detalhes sobre como essa medida seria implementada na prática — quem seriam os responsáveis pela execução das campanhas? Como elas seriam financiadas?

Dessa forma, sugiro que revise seu texto prestando atenção especial aos seguintes aspectos:

- Apresentação clara da tese na introdução;

- Uso de exemplos concretos para ilustrar os argumentos;

- Utilização adequada de recursos coesivos para conectar as ideias;

- Detalhamento da proposta de intervenção.

Espero ter ajudado!

Sua redação possui 12 desvios!
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
3 Respostas 
185 Exibições
por Felipe082
0 Respostas 
191 Exibições
por Bibizinha006
0 Respostas 
97 Exibições
por madu0090
0 Respostas 
169 Exibições
por Lyh
0 Respostas 
98 Exibições
por oieanderson
0 Respostas 
110 Exibições
por alunakiara
1 Respostas 
226 Exibições
por Lauany25
0 Respostas 
54 Exibições
por joaovictor16
0 Respostas 
62 Exibições
por dudasmria
0 Respostas 
146 Exibições
por Haroldo08

Durante a Revolução Industrial, houv[…]

besourokafka , Nayanne pode corrigir minha red[…]

Os bancos na era digital

Por favor podem me dá uma nota, faz tempo q[…]

Educação Financeira no Brasil

Educação Financeira no Brasil No co[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM