Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Por Reginaura
#49768
Os atos de discriminação por raça e cor são considerados crimes no Brasil desde 1989 quando entrou em vigor a Lei 7.716. O Presidente da República pelo congresso nacional sancionou essa lei. Fica claro, que os crimes resultantes de preconceito já existiam nos antepassados. O racismo é realizado por meio de verbalização de uma ofensa ao coletivo e atos como recusar acesso a estabelecimentos, isso é inafiançável e imprescritível.
É importante destacar que, o nível do preconceito tem se elevado muito. No período de “escravidão” não tinha leis para que negros pudessem se defender. Os escravos eram legalmente definidos como uma mercadoria. Assim, podemos perceber que o racismo já existia no século XV por iniciativa de portugueses.
Consequentemente, é sim um desafio para as pessoas que sofrem desigualdade social. Por exemplo pessoas negras é a maior parte da população que sofre descriminação por cor no Brasil.
É preciso que, o Estado tome providências para amenizar o quadro atual de mortes praticadas por racismo. Para que as pessoas possam se sentir bem em determinado estabelecimento. Por meio de aumento de punição aos racistas, será possível que a desigualdade social seja amenizada no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#49920
Olá, vou tentar corrigir e dar algumas sugestões. Posso cometer erros também e surgiu uma dúvida no final... mas espero poder ajudar.

Os atos de discriminação por raça e cor são considerados crimes no Brasil desde 1989 quando entrou em vigor a Lei 7.716. (1) O Presidente da República pelo congresso nacional sancionou essa lei . Fica claro, que os crimes resultantes de preconceito já existiam nos antepassados. O racismo é realizado por meio de verbalização de uma ofensa ao coletivo e atos como recusar acesso a estabelecimentos, isso é inafiançável e imprescritível.
(1) Como primeira frase não está longa nem essa, então uma sugestão era ter juntado ela com a outra já que estão falando da mesma coisa.
---> O uso de sinônimos está ótimo e sua opinião está clara. Assim, apresentou o tema de forma incrível e, apesar da falta de maior interação dentro do parágrafo, a introdução está muito boa! Tente criar uma conexão entre as frases, use conjunções e pronomes para fazer referência ao que já foi falado, para até ajudar na progressão de ideias. Só comentando por alto, pela introdução espero ao longo do texto que você retome a informação do passado, ou da ofensa ao coletivo, ou sobre acesso a locais.


(*) É importante destacar que, (2) o nível do preconceito tem se elevado muito. No período de “escravidão” não tinha leis para que negros pudessem se defender. Os escravos eram legalmente definidos como uma mercadoria. Assim, podemos perceber que o racismo já existia no século XV por iniciativa de portugueses.
(2) Não há motivos para a vírgula, como o "nível" é o sujeito do próximo verbo, normalmente não se separa o "que" da oração que ele está introduzindo, a não ser que haja outro deslocamento, o que não é o caso.
---> Um repertório legítimo (é um conhecimento histórico) e dentro do tema, também teve uma pequena relação com a introdução o que é muito legal (mostra planejamento), mas ainda faltou desenvolver um pouco mais. Então, o início é uma argumentação, mas não está muito bem condizente com o fato apresentado, portanto está solto no texto (isso não é bom para um tópico frasal, ai é a falta de planejamento), já que fala que o preconceito aumentou, mas não está claro qual é essa relação com o passado. Uma sugestão para acrescentar a argumentação seria falar que o preconceito de antigamente continua hoje em dia, porque isso está subentendido e é interessante você deixar claro no desenvolvimento. Também evite começar falar algo e depois mudar de assunto repentinamente.


Consequentemente, é sim um desafio para as pessoas que sofrem desigualdade social. Por exemplo[,] pessoas negras é [são] a maior parte da população que sofre descriminação por cor no Brasil (3).
(3) É um dado, serviria como repertório legítimo se estivesse com uma fonte. Então o parágrafo anterior está melhor, principalmente por essa questão.
---> Trouxe uma associação entre preconceito e a desigualdade, o que é interessante, e isso sendo o tópico frasal (é o que se espera do parágrafo), mas novamente não trabalhou em cima dele e o fato exposto não tem uma relação clara com o início do parágrafo. Também faltou retomar a tese.


(*) É preciso que, (4) o Estado (Agente) tome providências para amenizar o quadro atual de mortes praticadas por racismo (Ação). [,] (5) Para que as pessoas possam se sentir bem em determinado estabelecimento (Finalidade). Por meio de aumento de punição aos racistas(6), será possível que a desigualdade social seja amenizada no Brasil (6).
(4) Não há motivos para a vírgula, como o "Estado" é o sujeito do próximo verbo, normalmente não se separa o "que" da oração que ele está introduzindo, a não ser que haja outro deslocamento, o que não é o caso.
(5) Isso não é um desvio, mas é uma falha de estrutura... Um truncamento (quebrou a frase no meio com um ponto final, no lugar que deveria ser uma vírgula): Esse "para que" está iniciando uma oração subordinada que foi separada da principal a qual é a frase anterior. Estaria certo se fosse trocado o "Para que [...]" por "Para isso, [...]" .
(6) Era melhor ter colocado uma vírgula do que um ponto final antes dessa frase. Como iniciou um nova frase, não há uma maneira de ter certeza que esse é o meio da ação anterior, não faz nenhuma referência a ela.
(7) É um detalhamento, mas por não estar retomando que é da ação.
---> Só a questão de que o problema das mortes não foi descrito no texto, mas conseguiu relacionar a proposta com as outros pontos expostos. Está bem claro os elementos e essa intervenção estaria bem detalhada se houvesse uma melhor coesão textual.


(*) Só tem um operador argumentativo entre parágrafos, precisava de pelo menos mais um. E uma amiga até me sugeriu não usar "Consequentemente" (não é errado, mantém uma ótima relação entre os parágrafos, mas fica a dica para variar) e trocar por "Por consequência"

160 - Poucos desvios gramaticais e de convenção (4 = 3 vírgulas e a conjugação do verbo). Boa escolha de palavras. = Estrutura sintática boa E poucos desvios
160 - Fala do tema e Argumentação consistente (poderia ser melhor) e bom domínio de proposição, desenvolvimento e conclusão
120 - Informações do tema e pouco organizado e ponto de vista
120 - Presença regular de elementos coesivos inter E/OU intraparágrafos
160 - (contada por quantidade de elementos) Seria 120 se eu desconsiderar aquele final (teria somente 3 elementos), mas seria 200 se eu considera-se (teria os 5 elementos). Já que busca-se um texto objetivo, vou ser um pouco rígida nesse ponto, porque a coesão afeta diretamente o sentido, dai vou colocar 160 por causa da minha dúvida... mas saiba que está indo bem ;) .

Agora trabalhe mais com a competência 4 e é isso ai :D

jherodrigues olha minha redação t[…]

Imagina! Eu pesquisei sobre aquelas vírgula[…]

Violência contra a mulher não &eacut[…]

Jeniffeeee , Muito obrigado <3

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM