Avatar do usuário
Por millenazxl
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#121287
No longa-metragem "Extraordinário", o protagonista August possui uma rara anomalia facial, esse diagnóstico dificulta sua inclusão em uma nova escola. Mesmo sabendo se tratar de uma ficção, inúmeros brasileiros também enfrentam desafios diariamente para vencer o capacitismo vigente na sociedade. A partir desse viés, é necessária analisar as razões de tal empecilho.
Nesse sentido, é fundamental entender historicamente a origem da cultura do preconceito com PcD (Pessoa com Deficiência). Isso ocorre, pois se nota a manutenção de uma espécie de "naturalização de um ciclo socioeconômico pautado na persistência da desigualdade", ou seja, muitos dos problemas do Brasil, inclusive, o capacitismo, partem de um processo histórico de omissão ou de exploração cujo efeito traz de volta a recorrência desse grave problema. Um bom exemplo disso é a Grécia Antiga, onde pessoas com deficiência eram tratadas de maneira diferente, o mesmo acontecia no governo Nazista de Adolf Hitler, trazendo consequências até os dias atuais.
Além disso, é válido pontuar a carência de conhecimentos que leva a rejeição dos portadores de necessidades físicas e mentais. Isso acontece porque, embora existam conteúdos informativos disponibilizadas - que não são absorvidos pelo corpo social - a falta de intenção para compreender o assunto dificulta a formação de uma população longe do preconceito. Assim, como base na citação "Não fazemos aquilo que queremos e no entanto, somos responsáveis por aquiles que somos.", do filósofo francês Jean-Paul Sarte, percebe-se o quanto a falta do "querer" de indivíduos tem um impacto negativos na sociedade.
Portanto, diante do panorama brasileiro atual, é reiterada a necessidade de mitigar o evidente capacitismo no país. Assim, órgãos do Poder Executivo Federal, mais especificamente o Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania - por ter a função de promover os direitos humanos de todas as pessoas com deficiência que residem em território brasileiro - crie o "Projeto: MCMP"
(Projeto: Mais Conhecimento e Menos Preconceito) e divulgue através da mídia socialmente engajada, visando expandir o conhecimento da sociedade. Somente assim, cenários como os vividos por Auggie não mais se repetirão no país canarinho.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Passe ilimitado
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido

A Constituição Federal de 1988 assegura a todos os[…]

O artigo 4 da Declaração Universal dos Direitos Hu[…]

alguém poderia por favor corrigi-la? @Lauany25 @M[…]

O programa televisivo "Catalendas" con[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!