Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#47313
No filme “Extraordinário” o protagonista de 10 anos enfrenta grandes dificuldades ao tentar frequentar a escola, pois ele nasceu com uma condição genérica que o levou a fazer várias cirurgias no rosto. Assim, a trama mostra como o bullying afeta Auggie e todos a sua volta. Fora da ficção, no Brasil hodierno essa também é a realidade de muitos jovens brasileiros. Nesse sentido, se torna cada vez mais comum jovens com problemas psicossomáticos.
Em primeiro plano, é pertinente trazer para essa discursão o pensamento do filósofo Immanuel Kant, “o homem é o que a educação faz dele”. Nessa perspectiva, pesquisa feita pelo G1 aponta que, o Brasil possui o segundo maior índice de pais e mães que dizem que seus filhos já foram vítimas de bullying. Nesse sentido, é indiscutível que a participação das escolas é primordial, haja vista que a maioria dos casos de bullying acontece no ambiente escolar.
Em segundo plano, é indubitável que a maioria dos casos acontecem nas escolas. Entretanto, os responsáveis são de grande ajuda, haja vista que o adolescente geralmente apresenta mudança de comportamento quando está passando por situações desagradáveis como: andar de cabeça abaixada, falta de apetite, má rendimento escolar. Nesse sentido para solucionar essa problemática, deverá haver um vinculo entre escola e responsáveis.
Portanto, para solucionar os fatos supracitados, são necessárias medidas interventivas. Dessa forma, cabe ao governo, na figura do ECA, elaborar políticas que por sua vez propiciem melhores condições para adolescentes e crianças. Essas políticas deverão ser pautadas no intuito de aumentar o vínculo de responsáveis/escola, com o aumento de reuniões e palestras. Além disso, faz-se necessário á elaboração de campanhas estudantis que visem conscientizar os alunos sobre o bullying e o quão ele é impactante na vida de seus colegas.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Podemos ver no filme "Muito além do Pe[…]

Em uma reportagem do Jornal Nacional, foi afirmado[…]

Trabalho infantil

Há muito tempo o trabalho infantil é[…]

Educação

No que concerne à educação na[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM