Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#42978
Tema: caminhos para combater a violência infantil na sociedade brasileira.

De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente de 1990, toda criança e adolescente tem o direito de ser educadas e cuidadas sem o uso de castigo físico ou tratamento cruel. Na contemporaneidade é totalmente diferente, onde as pessoas não colaboram para que o cumprimento da mesma seja respeitada. Dessa forma, em razão da violência física aliado a violência verbal na sociedade brasileira, emerge um problema complexo, que precisa ser revestido.
Primeiramente, é preciso salientar que a violência física sobre as crianças é uma causa latente do problema. Sobre esse âmbito , segundo Focault, na sociedade pós-moderna, muitos temas são silenciados para que estruturas de poder sejam mantidas. Diante disso, verifica-se uma lacuna em torno dos debates sobre os caminhos para combater a violência infantil nos dias atuais, o que contribui com o aumento da falta de conhecimento da população sobre a questão.
Em segundo plano, outra causa para a configuração do problema é a violência verbal. Nesse sentido, de acordo com o filósofo Kant, o ser humano é resultado da educação que teve. Sob essa lógica, há um problema social, já como base uma lacuna educacional. Assim, no que tange ao combate à violência infantil na sociedade, verifica-se uma forte influência dessa causa, uma vez que a escola não tem cumprido seu papel no sentido de reverter e previnir o problema, visto que não tem trazido esses conteúdos para a sala de aula.
Portanto, intervenção faz-se necessária. Para isso, é preciso que as escolas em parcerias com a prefeitura promovam espaços para rodas de conversas e debates sobre a questão no ambiente escolar. Tais eventos devem ocorrer no período de contraturno, que possa contar com a presença de professores, especialistas nos assuntos e pais de crianças que já passaram por essa situação. Além disso, esses eventos devem ser abertos à comunidade, a fim de que mais pessoas compreendam a importância do combate à violência infantil e se tornem cidadãos atuantes na busca de resoluções.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 150

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 150

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#42988
De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente de 1990, toda criança e adolescente tem *(têm) o direito de ser *(serem) educadas e cuidadas sem o uso de castigo físico *(castigos físicos) ou tratamento cruel. Na contemporaneidade é totalmente diferente, onde as pessoas não colaboram para que o cumprimento da mesma seja respeitada. Dessa forma, em razão da violência física aliado a violência verbal na sociedade brasileira, emerge um problema complexo, que precisa ser revestido **(revertido).
****(Obs: a citação do Estatuto está boa, só corrigir alguns erros. Mas na minha opinião, você deve reformular as duas últimas orações, leia um pouco sobre os benefícios do estatuto, pois na contemporaneidade não é totalmente diferente, o estatuto só não consegue cumprir totalmente o seu papel com os jovens, entende a diferença? Você poderia dizer por exemplo que: Na contemporaneidade, apesar da existência lei, os jovens ainda têm alguns dos seus direitos negligenciados pela sociedade.... use suas palavras e argumente bem para enriquecer seu texto. Outra coisa, seus argumentos um e dois foram: violência física e verbal, porém, se encaixaria melhor os seguintes argumentos: o silenciamento sobre a violência infatil e a lacuna educacional. Pois, é sobre o que basicamente você fala nos seus desenvolvimentos, percebe??

Primeiramente, é preciso salientar que a violência física ***(perceba que isso é consequência do silenciamento, não acha? ) sobre as crianças é uma causa latente do problema. Sobre esse âmbito , segundo Focault ( Foucault), na sociedade pós-moderna, muitos temas são silenciados para que estruturas de poder sejam mantidas. Diante disso, verifica-se uma lacuna em torno dos debates sobre os caminhos para combater a violência infantil nos dias atuais, o que contribui com o aumento da falta de conhecimento da população sobre a questão.
***(obs: gostei do desenvolvimento, bem estruturado e contém uma alusão coerente com o tema)

Em segundo plano, outra causa para a configuração do problema é a violência verbal **(Mesma coisa, consequência não acha??). Nesse sentido, de acordo com o filósofo Kant, o ser humano é resultado da educação que teve. Sob essa lógica, há um problema social, já como base uma lacuna educacional. Assim, no que tange ao combate à violência infantil na sociedade, verifica-se uma forte influência dessa causa, uma vez que a escola não tem cumprido seu papel no sentido de reverter e previnir o problema, visto que não tem trazido esses conteúdos para a sala de aula.
***(obs: bom desenvolvimento)


Portanto, intervenção **(uma intervenção) faz-se necessária. Para isso, é preciso que as escolas em parcerias (parceria)*** com a prefeitura promovam espaços para rodas de conversas e debates sobre a questão no ambiente escolar. Tais eventos devem ocorrer no período de contraturno, que possa contar com a presença de professores, especialistas nos assuntos (no assunto)** e pais de crianças que já passaram por essa situação. Além disso, esses eventos devem ser abertos à comunidade, a fim de que mais pessoas compreendam a importância do combate à violência infantil e se tornem cidadãos atuantes na busca de resoluções.
**(obs: contém todos os requisitos)

Segundo o sociólogo polonês Zygument[…]

Os filmes "Tropa de elite e Tropa de elite 2:[…]

O filósofo francês Sartre defende que[…]

Por favor, alguém pode fazer um coment&aacu[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM