• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#79869
O lema positivista “O amor por princípio, a ordem por base;e o progresso por fim”, formulado pelo filósofo francês Augusto Comte,inspirou a frase política “Ordem e Progresso” exposta na célebre Bandeira Nacional.No entanto,a situação atual do país representa uma antítese à máxima exposta no símbolo pátrio,visto que,a pobreza menstrual-grave problema a ser enfrentado no Brasil- resulta na desordem e no retrocesso do desenvolvimento da nação. Desse modo, não só a negligência do Estado,como também a falta de empatia solidificam tal mazela.

A princípio, é interessante pontuar que a inanição estatal é uma das grandes causas do problema.Nesse sentido,de acordo a Constituição Federal de 1988,documento mais importante do país,a saúde é um direito social.Dessa forma, imagina-se que o oferecimento gratuito de recursos básicos para a higiene feminina sejam garantidos por tal direito,já que,segundo a OMS(Organização Mundial da Saúde),a saúde não é apenas a ausência de enfermidades, e sim a qualidade de vida e a integridade física e mental.Contudo, o governo não atua do ponto de vista coletivo previsto constitucionalmente,visto que,uma grande parte da sociedade ainda sofre com essa paridade.Portanto, é inadmissível a ineficácia do Estado em não defender a nação verde-amarela.

Ademais, essa problemática encontra terra fértil na falta de empatia e no individualismo.Isso é devido ao fato de que os governantes brasileiros ainda tratam a pobreza menstrual como um tabu, e os recursos que devem ser oferecidos a essa pauta, como algo desnecessário. Além disso,essa situação reforça a tese de Zygmunt Bauman que defende em sua obra “Modernidade Líquida”, que a pós-modernidade é fortemente influenciada pelo individualismo.Em virtude disso, há como consequência a realidade brasileira, que tem como exemplo desse descaso, muitas meninas que perdem as aulas da escola quando estão em período menstrual por não terem recursos para comprar produtos absorventes, gerando um ciclo interminável de negligências governamentais que levam a população à pobreza e miséria.Logo,medidas devem ser tomadas para combater esse imbróglio
.
Para isso, o Ministério da Saúde,por meio dos recursos públicos da Receita Federal, deve investir na compra de produtos de higiene para as mulheres, de modo que sejam oferecidos gratuitamente em postos de saúde,hospitais, e qualquer estrutura atendida pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em todo território brasileiro, a fim de que a pobreza menstrual seja erradicada permanentemente no país.Assim, será possível a construção de uma sociedade onde o Estado cumpre sua função corretamente, bem como o Brasil andará rumo à ordem e ao progresso.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#79871
No que concerne a alimentação irregular e a obesidade no Brasil, é notório o descaso com que são lindas tais situações, considerando que os indivíduos que sofrem com a obesidade são por muitas vezes caçoados e até mesmo estigmatizados como " inválidos " para determinadas atividades do dia a dia, o que é totalmente errado e precipitado.
Em primeiro lugar, faz-se necessário mencionar a escassez de informações a respeito dos erros alimentares na sociedade, onde a maioria da população é leiga sobre o assunto, o que acaba acarretando em um alto índice de pessoas se alimentando de forma errônea no Brasil.
Segunda mente, necessita-se salientar que, no Brasil, mais de 96 milhões de pessoas, cerca de 60,3% da população apresenta excesso de peso, segundo o IBGE.
Dessa forma, é necessário que as escolas intervenham na alimentação dada aos seus alunos, educando não só didaticamente como nutricionalmente.
A mídia brasileira também precisa colocar esse assunto em pauta e não deixar que esse problema caia no esquecimento, o que seria um desastre.
#79955
Redação impecável, Isabela! Parabéns pela construção maravilhosa do texto. O único detalhe que notei, é que ficou um pouco confuso entender seus argumentos no D2, mas nada que deixe a redação com a argumentação ruim, pelo contrário, está muito boa mesmo.

Se possível, você poderia corrigir a minha redação? o-impacto-do-tabagismo-no-seculo-xxi-br ... 41092.html

Excelente redação amigo.

@eurodrigo poderia dar uma olhada?

Correção flash • Modelo ENEM […]

Correção flash • Modelo ENEM […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM