Avatar do usuário
Por izila
Quantidade de postagens
#123732
Conforme a Constituição de 1988, todos os indivíduos têm pleno direito a liberdade de crença. No entanto, a questão da intolerância religiosa fere em princípio legal ao afetar a sociedade brasileira através da negligência governamental e inconsciência social. Diante disso, é imprescindível um debate sobre a problemática existente no país. 

   Primordialmente, é importante destacar a insuficiente ação do estado perante o problema. Nesse sentido, o filósofo John Locke cita que "Se a população deposita sua confiança ao estado, é dever deste garantir os direitos dos indivíduos". Conquanto, a citação ficou restrita a teoria, já que, na prática, é possível notar uma falta de laicidade do Estado ao promover baixa fiscalização para crimes violentos em função de crença. Logo, fica evidente que a ausência de criminalização conflita com o pensamento do filósofo.

   Outrossim, é válido salientar a omissão social diante dessa realidade. A esse respeito, o livro sagrado cristão, a Bíblia, diz "Amai o próximo como ama a si mesmo", na tentativa de promover empatia na sociedade. Ademais, é notório a falta de coerência de certos grupos religiosos ao encobrirem suas próprias violências a outras doutrinas. Sob tal ótica, é evidente que o amor descrito na Bíblia é possível apenas em uma exceção utópica.

   Depreende-se, a urgência de propostas governamentais que alterem o quadro presente. Portanto, para o fim da problemática de intolerância religiosa, além de campanhas conscientizadoras à sociedade, o governo federal, juntamente ao Ministério de Segurança, deve averiguar e tornar casos de descumprimento da lei por questões religiosas mais visíveis. A partir disso, o instrumento normativo da liberdade de crença será colocado em prática, e o imbróglio intermediado.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
4 Respostas 
163 Exibições
por Samara102006
1 Respostas 
83 Exibições
por MrMago
3 Respostas 
143 Exibições
por Lauany25
5 Respostas 
373 Exibições
por Lauany25
0 Respostas 
58 Exibições
por brengab
0 Respostas 
52 Exibições
por Livia53
0 Respostas 
44 Exibições
por Kaykxx
0 Respostas 
48 Exibições
por mariane125
0 Respostas 
40 Exibições
por Pgs2000
0 Respostas 
236 Exibições
por kamilly1

O romance filosófico "Utopia&q[…]

A sociedade brasileira, ao longo dos último[…]

Caiunao Felipe082 Poderiam da uma olhada por […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM