Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#60743
Sob a perspectiva filosófica de São Tomás de Aquino, todos os indivíduos de uma sociedade democrática possuem a mesma importância, além dos mesmos direitos e deveres. No entanto, ainda que o Brasil se configure como uma sociedade democrática, esse princípio não é exercido, visto que cidadãos brasileiros são impossibilitados de exercer seu direito de praticar uma religião por medo de sofrerem opressão.

É preciso salientar, primeiramente, que a falta de informação é uma causa latente do problema. Nessa perspectiva, a máxima de Goethe, de que “Nada no mundo é mais assustador que a ignorância em ação” cabe perfeitamente. No Brasil não há incentivos a debates e à busca de conhecimento sobre culturas e religiões diversas, o que leva pessoas desinformadas a desenvolverem concepções erradas sobre o assunto e, consequentemente, a serem intolerantes.

Em segundo plano, é necessário se atentar para a impunidade presente na questão. Conforme dito por Martin Luther King, “A injustiça em um lugar qualquer é uma ameaça à justiça em todo o lugar”. Desse modo, em um contexto no qual não são aplicadas as devidas punições, tem-se como consequência a prevalescência da injustiça e do sentimento de insegurança coletiva no que tange as práticas religiosas.

Torna-se evidente, portanto, a necessidade de alterar esse cenário. Para isso, é preciso que as escolas, sob orientação do Ministério da Educação, promovam palestras e rodas de conversa acerca do direito de liberdade religiosa no Brasil e da importância de preservá-lo. É essencial, também, que tais eventos sejam abertos à comunidade, a fim de trazer maior lucidez sobre as causas do preconceito religioso e de engajar mais indivíduos na busca de resoluções. Só assim, com a participação de todos, será possível viver em um Brasil mais justo.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

De acordo com o decreto em relação a[…]

camis23 muto obrigada!!! :D

O Saneamento básico no Mundo é um do[…]

A Declaração Universal dos Direitos […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM