Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#59766
A intolerância religiosa é presente no Brasil desde o período da colonização portuguesa aqui no território. Os europeus impulseram sua religião, o catolicismo, aos indígenas. Esses por sua vez, viram sua fé e tradições sendo arrancados de suas vidas. Passando assim a servirem forçadamente um deus desconhecido. Diante disso, nota-se que tal problema ocorre durante anos, e ainda faz-se presente na atualidade. Necessitando de uma intervenção para solucioná-lo.
Em primeiro lugar, é válido frisar que a Constituição Federal estipula ser inviolável a liberdade de consciência e de crença, assegurando o livre exercício dos cultos religiosos e garantindo, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e as suas liturgias. Sendo assim, o Brasil é um Estado laico onde há liberdade religiosa. Ainda assim existem casos onde essa direito é violado.
Por conseguinte, pode-se citar como exemplo a idosa Maria da Conceição de 65 anos que foi vítima de intolerância. A senhora sofreu ferimentos no rosto, na boca e no braço ao ser agredida a pedradas em Nova Iguaçu. A violência ocorreu por parte de uma vizinha, na qual além de violentá-la, proferiu ofensas verbais ao dizer "Lá vem essa velha macumbeira. Hoje eu acabo com ela.". Logo, mostra-se que apesar do Brasil ser laico, a própria sociedade julga e discrimina o indivíduo de alguma fé.
Em suma, para combater tal problema, faz-se necessário que o Estado promova palestras em escolas, universidades e em diferentes locais para toda a sociedade, mostrando a importância do respeito e empatia para com todos. Além disso, promover outras palestras com diferentes líderes religiosos de diversas religiões para transparecer à todos a diversidade de fé e assim aprender-se mais sobre seus dogmas.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 110

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#61053
@LiLima

A intolerância religiosa é presente no Brasil desde o período da colonização portuguesa aqui no território. Os europeus impulseram (impuseram) sua religião, o catolicismo, aos indígenas. Esses por sua vez, viram sua fé e tradições sendo arrancados (arrancadas) de suas vidas. Passando assim a servirem forçadamente um deus desconhecido. Diante disso, nota-se que tal problema ocorre durante anos, e ainda faz-se presente na atualidade. (Truncamento) Necessitando de uma intervenção para solucioná-lo.
Sua introdução precisa de alguns ajustes. O repertório e a problematização está ok, mas a tese precisa estar mais explícita e é interessante que você cite seus dois argumentos.

Em primeiro lugar, é válido frisar que a Constituição Federal estipula ser inviolável a liberdade de consciência e de crença, assegurando o livre exercício dos cultos religiosos e garantindo, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e as suas liturgias. Sendo assim, o Brasil é um Estado laico onde há liberdade religiosa. Ainda assim existem casos onde essa (esse) direito é violado.
No D1 falta organizar melhor a microestrutura: tópico frasal, repertório, argumentação e fechamento. Logo, seu parágrafo não tem tópico e seu repertório não foi bem relacionado com a argumentação.

Por conseguinte, pode-se citar como exemplo a idosa Maria da Conceição de 65 anos que foi vítima de intolerância. A senhora sofreu ferimentos no rosto, na boca e no braço ao ser agredida a pedradas em Nova Iguaçu. A violência ocorreu por parte de uma vizinha, na qual além de violentá-la, proferiu ofensas verbais ao dizer "Lá vem essa velha macumbeira. Hoje eu acabo com ela.". Logo, mostra-se que apesar do Brasil ser laico, a própria sociedade julga e discrimina o indivíduo de alguma fé.
Aqui novamente deveria ter um tópico frasal de início apresentando e só depois inserir o repertório. Sua argumentação está bem rasa, tente se aprofundar mais e trazer maior relação com o repertório.

Em suma, para combater tal problema, faz-se necessário que o Estado (agente) promova palestras em escolas, universidades e em diferentes locais para toda a sociedade (ação + detalhamento), mostrando a importância do respeito e empatia para com todos (efeito). Além disso, promover outras palestras com diferentes líderes religiosos de diversas religiões (ação) para transparecer à todos a diversidade de fé e assim aprender-se mais sobre seus dogmas (efeito).
Sua primeira proposta só tem quatro elementos e a terceira só tem dois. Na primeira fiquei em dúvida se houve detalhamento, deixe mais evidente!

É isso, estude mais conectivos, acrescente o meio em sua proposta, melhore o detalhamento e a argumentação, além da microestrutura dos parágrafos. Bons estudos! :D
Invisibilidade Social

[mention]sixthero art[/mention], oii, vcs podem […]

A pandemia do novo coronavírus mudou o mund[…]

Thamyres123 , por nada! precisando estamos aqui […]

Com o advento da Revolução Té[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM