Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#42259
De acordo com Aristóteles, “A base da sociedade é a justiça”. No entanto, o contexto do Brasil do século XXI contraria-o, uma vez que a intolerância religiosa demonstra-se como uma questão de injustiça, o que desestrutura a base da sociedade brasileira. Nesse sentido, torna-se evidente como causas a lenta mentalidade social, bem como a falta de conhecimento.
Em primeiro plano, a questão sociocultural configura-se como um grave empecilho no que diz respeito a intransigência religiosa. Conforme Durkheim, o fato social é a maneira coletiva de pensar. Desse modo, é possível perceber que a questão da intolerância religiosa é fortemente influenciada pelo pensamento coletivo, uma vez que, se as pessoas crescem inseridas em um contexto social intolerante, a tendência é adotar esse comportamento também, o que torna sua solução ainda mais desafiadora.
Outrossim, a base educacional apresenta-se como outro fator que influência na dificuldade de efetivação da tolerância religiosa. Visto que, o filósofo Schopenhauer defende que os limites do campo de visão de uma pessoa determinam seu entendimento a respeito do mundo. Isso justifica outra causa do problema: se as pessoas não têm acesso á informação séria sobre os caminhos para combater a intolerância religiosa, sua visão será limitada, o que dificulta a erradicação da inflexibilidade religiosa.
Logo, de modo urgente, medidas devam ser tomadas. Desse modo, o MEC em parceria ao Ministério da Cultura devem promover palestras em escolas, a serem transmitidas nas redes sociais desses órgãos, por meio de entrevistas com pessoas de religiões distintas e especialistas no assunto, a fim de trazer mais fluidez sobre o tema e erradicar a intolerância religiosa. A partir dessas ações, espera-se efetuar a construção de um Brasil melhor.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 170

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 150

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#42270
Agora sim, @andluis! :D

Erros
Correção dos erros
Comentários
Os 5 elementos
Outras observações

Introdução
De acordo com Aristóteles, “A base da sociedade é a justiça”. No entanto, o contexto do Brasil do século XXI contraria-o, uma vez que a intolerância religiosa demonstra-se como uma questão de injustiça, o que desestrutura a base da sociedade brasileira. Nesse sentido, torna-se evidente como causas a lenta mentalidade social, bem como a falta de conhecimento.
:arrow: Boa introdução. Não vi problemas aparentes!

Desenvolvimento 1
Em primeiro plano, a questão sociocultural configura-se como um grave empecilho no que diz respeito a intransigência religiosa. Conforme Durkheim, o fato social é a maneira coletiva de pensar. Desse modo, é possível perceber que a questão da intolerância religiosa é fortemente influenciada pelo pensamento coletivo, uma vez que, se as pessoas crescem inseridas em um contexto social intolerante, a tendência é adotar esse comportamento também, o que torna sua solução ainda mais desafiadora.
:arrow: Bom desenvolvimento. Bem organizado, argumentativo e fez bom uso de conectivos!

Desenvolvimento 2
Outrossim, a base educacional apresenta-se como outro fator que influência na dificuldade de efetivação da tolerância religiosa. Visto que, o filósofo Schopenhauer defende que os limites do campo de visão de uma pessoa determinam seu entendimento a respeito do mundo. Isso justifica outra causa do problema: se as pessoas não têm acesso á informação séria sobre os caminhos para combater a intolerância religiosa, sua visão será limitada, o que dificulta a erradicação da inflexibilidade religiosa.
:arrow: Esse parágrafo já não ficou tão bom, pois você quase não argumentou, pois olhe bem: você deveria falar apenas da causa que é a base educacional/falta de conhecimento, mas no lugar da argumentação você inseriu outra causa.

Conclusão
Logo, de modo urgente, medidas devam ser tomadas. Desse modo, o MEC em parceria ao Ministério da Cultura (agente) devem promover palestras em escolas, a serem transmitidas nas redes sociais desses órgãos (ação), por meio de entrevistas com pessoas de religiões distintas e especialistas no assunto (meio/modo), a fim de trazer mais fluidez sobre o tema e erradicar a intolerância religiosa (efeito/finalidade). A partir dessas ações, espera-se efetuar a construção de um Brasil melhor.
:arrow: Não percebi um detalhamento evidente na sua proposta. Portanto, 160 na C5!

É isso, no momento creio que você necessita melhorar mais na argumentação para se aprofundar e não fugir da tese. Bons estudos! :D
#44540
Olá @andluis, vou corrigir sua redação.

INTRODUÇÃO

"De acordo com Aristóteles, “A base da sociedade é a justiça”. No entanto, o contexto do Brasil do século XXI contraria-o, uma vez que a intolerância religiosa demonstra-se como uma questão de injustiça, o que desestrutura a base da sociedade brasileira. Nesse sentido, torna-se evidente como causas a lenta mentalidade social (Em relação a que?), bem como a falta de conhecimento(Sobre o quê?)."

- Boa introdução.
- Espera-se que você mostre para além dos argumentos, a questão da injustiça (para a ideia não ficar solta).
-Os argumentos estão muito genéricos, falta especificar mais.


DESENVOLVIMENTOS

"Em primeiro plano, a questão sociocultural configura-se como um grave empecilho no que diz respeito a intransigência religiosa. Conforme Durkheim, o fato social é a maneira coletiva de pensar. Desse modo, é possível perceber que a questão da intolerância religiosa é fortemente influenciada pelo pensamento coletivo, uma vez que, se as pessoas crescem inseridas em um contexto social intolerante, a tendência é adotar esse comportamento também, o que torna sua solução ainda mais desafiadora."

- Faltou especificar a parte relativa a cultura. Colocar, mesmo que minimamente, como essa cultura foi construída, de que forma ela é predominante. Percebo que o parágrafo aborda mais a questão social.

- Para o projeto de texto, recomendo utilizar uma estrutura com 4 períodos. No seu caso, faltou um último para abordar o fechamento interno (retomada da tese; consequências, etc.).

"Outrossim, a base educacional apresenta-se como outro fator que influência na dificuldade de efetivação da tolerância religiosa. (1)Visto que, o filósofo Schopenhauer defende que os limites do campo de visão de uma pessoa determinam seu entendimento a respeito do mundo. Isso justifica outra causa do problema: se as pessoas não têm acesso á informação séria sobre os caminhos para combater a intolerância religiosa, sua visão será limitada, o que dificulta a erradicação da inflexibilidade religiosa."

- (1) uso equivocado de conectivo. Seria melhor optar por oitro para não criar dúvidas.
- O foco principal deveria ser a base educacional, mas sua argumentação foi dirigida a outro tópico. Provavelmente perderia muitos pontos por isso. Atente-se para isso.
-Não generalize a problemática, nem todas as pessoas não têm acesso à informação.

CONCLUSÃO

"Logo, de modo urgente, medidas devam ser tomadas. Desse modo, o MEC em parceria ao Ministério da Cultura (AGENTES) devem promover palestras em escolas(AÇÃO), (1)a serem transmitidas nas redes sociais desses órgãos, por meio de entrevistas com pessoas de religiões distintas e especialistas no assunto(MODO/MEIO), a fim de trazer mais fluidez sobre o tema e erradicar a intolerância religiosa(FINALIDADE). A partir dessas ações, espera-se efetuar a construção de um Brasil melhor."

- (1) essa parte poderia ser validada como um detalhamento, porém a disposição ficou confusa.

Não sou nenhum profissional, mas espero poder ajudar de alguma forma.

FujiEmily , obrigadaa! Força para nó[…]

Segundo jean-paul Sartre "A violência, […]

Sua nota ficou 580! Espero ter ajudado! ;) Ach[…]

3m1ly , obrigada pela correção, me […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM