Avatar do usuário
Por Larissarg17
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#71362
Durante a Segunda Grande Guerra , com a ascensão do Nazismo, o povo judeu sofreu incomensuráveis crueldades em campos de concentração - reforçada a teorias de superioridade racial- devido ao preconceito religioso por parte dos alemães. Desse modo, os nazistas deixaram claro o ódio presente por aqueles que tinham uma crença diferente. Paralelamente, o cenário brasileiro se assemelha com o da Europa do século XX no que tange à intolerância religiosa, em que o preconceito e a desinformação cultural de grande parcela da população favorece o quadro.
Em primeira análise, deve-se ressaltar que o preconceito do povo brasileiro frente a diversidade de crenças contribui para o revés no país. Dessa forma, discursos de ódio são disseminados através de vários veículos de mídia, como as redes sociais. Diante disso, apesar de a Constituição de 1988 garantir em seu artigo 5 que todo cidadão possui direito a liberdade religiosa , tal preceito é impedido de ser exercido por aqueles que têm sua religião desrespeitada por conta do preconceito. A partir disso, é necessário colocar a liberdade de crença e o respeito em primeiro lugar.
Outrossim, a falta de informação cultural por parte da nação verde-amarela é outro fator que propicia tal conduta. Para a escritora Helen Keller, a maior virtude do ser humano é a tolerância , entretanto, a desinformação da população faz com que essa se encontre em uma espécie de alienação, em que a ausência de conhecimento sobre a diversidade religiosa faz com que uma crença se sobreponha a outra. Logo, é imprescindível reverter esse cenário, para que a tolerância se faça presente.
Portanto, é mister que se tome medidas para sanar essa problemática. Para isso, as escolas devem desenvolver projetos educacionais por meio de palestras e campanhas de conscientização, onde os alunos irão aprender sobre as diversidades religiosas. Ademais, a escola deve abordar o estudo de cada religião do país. Dessa maneira, será possivel distanciar a realidade brasileira daquela vivida pelos judeus no século XX.

Aos que me pediram correção, peço mil desculpas por não retornar, é que estou muito atarefada nos últimos dias, visto que estou em reta final de estudos para o Enem. :idea:
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 185

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 185

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 165

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 195

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 155

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Avatar do usuário
Por Larissarg17
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#71363
@geoca poderia fazer a gentileza de corrigir a minha redação ?
@vitoriaca sou eu de novo kkkk... É que você tá me ajudando muito e não se preocupe em corrigir rápido.
@eurodrigo

Aos que me pediram correção, peço mil desculpas por não retornar, é que estou muito atarefada nos últimos dias, visto que estou em reta final de estudos para o Enem. :idea:
0
Avatar do usuário
Por Larissarg17
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#71365

Aos que me pediram correção, peço mil desculpas por não retornar, é que estou muito atarefada nos últimos dias, visto que estou em reta final de estudos para o Enem. :idea:
0
Avatar do usuário
Por Larissarg17
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#71369

Aos que me pediram correção, peço mil desculpas por não retornar, é que estou muito atarefada nos últimos dias, visto que estou em reta final de estudos para o Enem. :idea:
0
Avatar do usuário
Por geoca
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#71445
Larissarg17 escreveu:@geoca poderia fazer a gentileza de corrigir a minha redação ?
@vitoriaca sou eu de novo kkkk... É que você tá me ajudando muito e não se preocupe em corrigir rápido.
@eurodrigo
Oioi, tudo bem? Sou apenas estudante mas tentarei te ajudar com os conhecimentos que tenho.

Azul: apresenta recurso esperado
Vermelho: erro
Amarelo: ajuste ou não é necessário Laranja
Laranja: observações

INTRODUÇÃO

Durante a :idea: Segunda Grande Guerra , com a ascensão do Nazismo, o povo judeu sofreu incomensuráveis crueldades em campos de concentração - reforçada a teorias de superioridade racial- devido ao preconceito religioso por parte dos alemães. Desse modo, os nazistas deixaram claro o ódio presente por aqueles que tinham uma crença diferente. Paralelamente, o cenário brasileiro se assemelha com o da Europa do século XX no que tange à intolerância religiosa, em que o preconceito e a desinformação cultural de grande parcela da população favorece o quadro.

• A parte grifada em amarelo, aconselho que use "Segunda guerra mundial";

• A parte em laranja, ficou solta. Deixe mais específico que na era do nazismo tínhamos a "Raça Ariana", explique de forma curta, e mostre a relação disso com o tema;

Sua introdução apresenta uma boa estrutura. Mas se entende ao fechamento/encaminhamento do seu parágrafo.

DESENVOLVIMENTO 1:


Em primeira análise, deve-se ressaltar que o preconceito do povo brasileiro frente a diversidade de crenças contribui para o revés no país. Dessa forma, discursos de ódio são disseminados através de vários veículos de mídia, como as redes sociais. Diante disso, apesar de a Constituição de 1988, garantir em seu artigo 5 que todo cidadão possui direito a liberdade religiosa , tal preceito é impedido de ser exercido por aqueles que têm sua religião desrespeitada por conta do preconceito. A partir disso, é necessário colocar a liberdade de crença e o respeito em primeiro lugar. (FECHAMENTO)

• a parte em amarelo, tente fazer a retomada do tema;

<< não tenho muito o que dizer nesse parágrafo! Apresenta uma boa estrutura. >

DESENVOLVIMENTO 2:

Outrossim, a falta de informação cultural por parte da nação verde-amarela é outro fator que propicia tal conduta. (FALTA DE CONECTIVO) Para a escritora Helen Keller, a maior virtude do ser humano é a tolerância , entretanto, a desinformação da população faz com que essa se encontre em uma espécie de alienação, em que a ausência de conhecimento sobre a diversidade religiosa faz com que uma crença se sobreponha a outra. Logo, é imprescindível reverter esse cenário, para que a tolerância se faça presente ( FECHAMENTO).

<< boa argumentação e estrutura! Mas acho bom que faça a retomada do tema. >>

CONCLUSÃO:


Portanto, é mister que se tome medidas para sanar essa problemática. Para isso, as escolas (AGENTE) devem desenvolver projetos educacionais (AÇÃO) por meio de palestras e campanhas de conscientização (MEIO), onde os alunos irão aprender sobre as diversidades religiosas. Ademais, a escola deve abordar o estudo de cada religião do país. Dessa maneira, será possivel distanciar a realidade brasileira daquela vivida pelos judeus no século XX (EFEITO).

<< aqui está tudo bem! Só se atente com o detalhamento, não consegui identificar o mesmo. >>

Acho que é isso! Espero ter lhe ajudado de alguma forma. Beijao <3

⚠️ Não sou muito boa em avaliar as competências, irei dar uma nota baseado no que sei! ⚠️


( Mil desculpas se tiver algum erro no decorrer da minha analise, não sou profissional. )
0
Avatar do usuário
Por Larissarg17
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#71453
@geoca muito obrigada! Só agora percebi que esqueci de um conectivo... E na conclusão detalhei o agente, que no caso é a escola, então escrevi uma frase bem sucinta por falta de espaço na folha.
Você me ajudou muito, ficarei mais atenta.
ABRAÇOS.

Aos que me pediram correção, peço mil desculpas por não retornar, é que estou muito atarefada nos últimos dias, visto que estou em reta final de estudos para o Enem. :idea:
0
Avatar do usuário
Por Larissarg17
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#71454
@Anna1 e @Gi69 se puderem deixar mais algumas críticas construtivas, levarei para a vida kkk.

Aos que me pediram correção, peço mil desculpas por não retornar, é que estou muito atarefada nos últimos dias, visto que estou em reta final de estudos para o Enem. :idea:
0
Avatar do usuário
Por Larissarg17
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#71553
@pierre064 poderia?

Aos que me pediram correção, peço mil desculpas por não retornar, é que estou muito atarefada nos últimos dias, visto que estou em reta final de estudos para o Enem. :idea:
0
Avatar do usuário
Por caos
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#71749
Larissarg17 escreveu:Durante a Segunda Grande Guerra , com a ascensão do Nazismo, o povo judeu sofreu incomensuráveis crueldades em campos de concentração - reforçada a teorias de superioridade racial- devido ao preconceito religioso por parte dos alemães. Desse modo, os nazistas deixaram claro o ódio presente por aqueles que tinham uma crença diferente. Paralelamente, o cenário brasileiro se assemelha com o da Europa do século XX no que tange à intolerância religiosa, em que o preconceito e a desinformação cultural de grande parcela da população favorece o quadro.
Em primeira análise, deve-se ressaltar que o preconceito do povo brasileiro frente a diversidade de crenças contribui para o revés no país. Dessa forma, discursos de ódio são disseminados através de vários veículos de mídia, como as redes sociais. Diante disso, apesar de a Constituição de 1988 garantir em seu artigo 5 que todo cidadão possui direito a liberdade religiosa , tal preceito é impedido de ser exercido por aqueles que têm sua religião desrespeitada por conta do preconceito. A partir disso, é necessário colocar a liberdade de crença e o respeito em primeiro lugar.
Outrossim, a falta de informação cultural por parte da nação verde-amarela é outro fator que propicia tal conduta. Para a escritora Helen Keller, a maior virtude do ser humano é a tolerância , entretanto, a desinformação da população faz com que essa se encontre em uma espécie de alienação, em que a ausência de conhecimento sobre a diversidade religiosa faz com que uma crença se sobreponha a outra. Logo, é imprescindível reverter esse cenário, para que a tolerância se faça presente.
Portanto, é mister que se tome medidas para sanar essa problemática. Para isso, as escolas devem desenvolver projetos educacionais por meio de palestras e campanhas de conscientização, onde os alunos irão aprender sobre as diversidades religiosas. Ademais, a escola deve abordar o estudo de cada religião do país. Dessa maneira, será possivel distanciar a realidade brasileira daquela vivida pelos judeus no século XX.
olá, desculpe a demora.

não tenho muito o que falar aqui, gostei muito do seu texto. senti apenas que na conclusão você poderia ter introduzido um outro agente além da escola.

meus parabéns. boa noite. 💕
0
Avatar do usuário
Por Larissarg17
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#71777
@caos, muito obrigado por ter lido o meu texto. Fico feliz que tenha gostado dele e valeu pela ressalva! :idea:

Aos que me pediram correção, peço mil desculpas por não retornar, é que estou muito atarefada nos últimos dias, visto que estou em reta final de estudos para o Enem. :idea:
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
3 Respostas 
316 Exibições
por Felipe082
1 Respostas 
65 Exibições
por morajuu
0 Respostas 
100 Exibições
por IsaPimenta
0 Respostas 
64 Exibições
por Mendesbe365
0 Respostas 
131 Exibições
por Evellyn18
0 Respostas 
128 Exibições
por Hesdras
1 Respostas 
142 Exibições
por Leandrooliv
1 Respostas 
151 Exibições
por Leandrooliv
0 Respostas 
184 Exibições
por Celtatuna
0 Respostas 
93 Exibições
por Carolinax

É de fundamental importância certific[…]

No filme estadunidense &quot;O diabo veste Pra[…]

A Constituição Federal de 1988 asseg[…]

Mylike , bylari , Anna1 , geoca , Higorva[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM