Avatar do usuário
Por rhyansants
Quantidade de postagens
#122735
São Tomás de Aquino defendeu que todas as pessoas precisam ser tratadas com a mesma importância. Porém, o pensamento do filósofo, mostra-se distante da realidade contemporânea no tocante aos crimes relacionados à orientação sexual no Brasil, uma vez que, no país, esse grupo é vítima de discriminação constante. Com isso, surge a questão da LGBTfobia, que persiste intrínseca à realidade brasileira. Esse panorama lamentável, ocorre não só em razão da violência física e verbal na sociedade, mas também do impedimento do casamento entre pessoas LGBTs.
Diante desse cenário, pontua-se, que a violência física e verbal na sociedade configura-se como um grave empecilho no que diz respeito aos Caminhos para a redução dos crimes relacionados à orientação sexual no Brasil. Deve-se ressaltar, que a cada 34 horas, um LGBTQIA+ é morto por homofobia no Brasil, o país com mais assassinatos de LGBTQIA+ por ano. Segundo o G1, portal de notícias da emissora Globo. Esta violência vem disfarçada de moral, bons costumes e, muitas vezes, justificada com preceitos religiosos, quando não passam de preconceito e ódio gratuito. Desarte, analisar criticamente as relações sociais de um povo é essencial para dirimir o revés.
Ademais, é evidente o quanto a sociedade ainda vive o estigma relacionado aos relacionamentos nessa comunidade. Nesse sentido, a deputada federal Erika Hilton diz: “Falsos profetas! Deus está envergonhado de tanta maldade, crueldade e ódio sendo proliferado em seu nome. Não estamos discutindo se algum líder religioso praticará algum tipo de cerimônia a qual não concorde, mas de direito civil.” Tal fala transparece a luta travada contra a lei inconstitucional que está destinada a aprovação no país. Se aprovada, desencadeará uma série de violências contra quem simplesmente busca o seu direito de amar. Logo, é essencial, que medidas governamentais sejam implementadas para redução dos crimes de homofobia no Brasil.
Cabe, portanto, ao Governo Federal o dever de pregar o respeito, através de propagandas e campanhas publicitárias, bem como a escola, instituição responsável por formar cidadãos, deveria orientar os educadores, os alunos e a família sobre os direitos LGBTQIA+, enfatizando o respeito e o conhecimento sobre como deve-se agir com as pessoas, sem distinção. O poder legislativo e órgãos de justiça, responsáveis por fazer e fiscalizar as leis do país, ampliação de leis e multas que protegem a comunidade LGBTQIA+, promovendo debates em lugares públicos, com o propósito de ensinar e educar aqueles que acham errado. Assim, as palavras de São Tomás de Aquino, serão de fato constatadas na prática, e não apenas na teoria.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
2960 Exibições
por rhyansants
1 Respostas 
906 Exibições
por gabrielromao
2 Respostas 
108 Exibições
por Lerdaco2
0 Respostas 
2225 Exibições
por Manumute
0 Respostas 
92 Exibições
por Rodfontes
2 Respostas 
128 Exibições
por Lauany25
0 Respostas 
277 Exibições
por Matheussone
4 Respostas 
2001 Exibições
por Leite
0 Respostas 
1236 Exibições
por Wevertonro
1 Respostas 
404 Exibições
por ccl4ra

De acordo com Émilie Durkheim, a sociedade[…]

O ano é 2023 e a indústria 4.0 est&a[…]

Segundos a Declaração Universal dos […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM