Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#50550
O famoso filósofo e sociólogo Karl Marx defendia o trabalho como algo alienado ao trabalhador, ou seja, este desconhece os meios de produção aos quais é submetido, sendo explorado por sua mão de obra. Conforme essa filosofia, o Brasil contemporâneo se mostra refém dessa exploração do trabalhador, o que pode ser observado pelo fato de o país estar na 4ª posição de acidentes de trabalho do mundo, segundo G1, fruto da exploração capitalista e da desinformação dos trabalhadores.
Primeiramente, vale ressaltar que essa exploração é uma desvalorização do trabalhador, que não recebe a quantidade devida pelo seu trabalho e, além disso, é exposto a diversos riscos, como máquinas perigosas e produtos tóxicos, no ambiente em que exerce suas funções. Como o conceito Mais-Valia elaborado pelo filósofo, a diferença entre o salário do funcionário e o valor final do produto medindo a exploração do trabalho e, por isso, o trabalhador trabalha de forma massante e acaba se acidentando para cumprir suas funções. Essas negligências são consequência do capitalismo, que valoriza o lucro em detrimento da saúde humana. Os trabalhadores são como engrenagens que fazem a máquina (empresa) funcionar, não são vistos como humanos que precisam do trabalho para se sustentar, o importante é gerarem lucro para a empresa.
Consequentemente, o empregador não lhes dá as informações necessárias sobre seu trabalho, como os perigos deste, os cuidados que devem ser tomados, seus direitos dentro da empresa, e não gasta com segurança para eles. Com essa desinformação, os trabalhadores desconhecem seus direitos e, por isso, se submetem a esses riscos e descasos para se sustentarem. Dessa forma, a empresa deverá mais tarde arcar com os custos do funcionário que se acidentar, gerando prejuízo também para o Estado, que deverá dar a assistência e cuidados necessários para ele.
Portanto, é necessário que a OMT (Organização Mundial do Trabalho) crie campanhas de conscientização para os trabalhadores, por meio de propagandas na internet e outras mídias mostrando os direitos que eles possuem dentro do ambiente de trabalho, para, assim, os operários não aceitarem mais correr esses riscos enquanto exercem sua profissão para se sustentar e cuidar da família. Com essas medidas, espera-se que esses acidentes cessem e as empresas priorizem a segurança e saúde humana de seus trabalhadores.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Embora a Constituição Federal de 198[…]

Embora a Constituição Federal de 198[…]

De acordo com a Constituição Federal[…]

No Brasil o número de doenças mentai[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM