Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Iuryvest
#47596
A Constituição brasileira de 1988 assegura a todos os indivíduos o amplo acesso à educação ,bem como ao respeito e à dignidade humana. Entretanto, lamentavelmente,na prática,tal garantia é deturpada, visto os calamitaveis casos de bullying nas escolas brasileiras. Esse cenário nefasto ocorre não só em razão negligência estatal, mas também devido a cultura violenta da sociedade brasileira.












Em primeira análise, destaca-se que a falta de ações governamentais apresenta íntima relação com a persistência do bullying no Brasil. Segundo o filósofo italiano Norberto Bobbio a dignidade humana é uma qualidade intrínseca ao homem capaz de lhe dar direito ao respeito e á consideração por parte do estado. Nessa lógica é notável pontuar que o poder público não cumpre o seu papel enquanto agente fornecedor de direitos mínimos uma vez que não oferece tanto para as vítimas, quanto para os praticantes do bullying, acompanhamento psicológico na maioria das escolas, deixando margens para outros acontecimentos mais graves como violência fora da escola e até o suicídio das vítimas. Desse modo, o governo atua como agente perpetuador da continuidade de tais ataques, sendo imperiosa a resolução do problema.









Ademais,é fulcral pontuar que os comportamentos violentos e discriminantes passados de geração à geração também contribui para a para a ocorrência do bullying no Brasil. Segundo Émile Durkheim, o fato social é a maneira coletiva de agir e pensar. Seguindo essa linha de raciocínio, observa -se que o bullying se encaixa na teoria do sociólogo, uma vez que se uma criança vive em uma família com comportamento preconceituosos e violentos, ela tende a adota-lo também por conta da vivência em grupo. Assim a continuidade dessa cultura violenta, será transmitida, à medida que a criança buscando se "encaixar" na sociedade , ataca os colegas que não entram em tal padrão social seja pela raça, opção sexual e religião, perpetuando a problemática no pais.












Infere-se , portanto que o bullying é um mal para a sociedade brasileira. Sendo assim , cabe ao Ministério da educação em parceria com o Ministério das cidades, aumentar a demanda de atendimentos psicólogica nas escolas, tanto para as vítimas, quanto para os praticantes do bullying, por meio de visitas domiciliares nas casas dos alunos mais necessitados e claro profissionais de prontidão nos colégios, focando em atividades acolhedoras que juntem todos os alunos envolvidos na problemática, para que o bullying seja erradicado nas escolas brasileiras. Garantindo o direito à dignidade humana, assim como rege a Constituição.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Na novela "O tempo não para", &ea[…]

KelvinLucas BrendaAdnerb pvictor20 Allissom[…]

Na obra "Utopia", do escritor inglê[…]

jherodrigues , kalliny , Geralcinoj , Sofia01 po[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM