Avatar do usuário
Por geoca
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#112235
Na Obra "Utopia", Thomas Morus retrata uma sociedade baseada em leis justas. Entretanto, ao analisar a realidade brasileira é evidente uma contradição com o cenário apresentado pelo escritor, haja vista que, devido a falta de punições e a reivindicação de melhorias, aquilo que é exposto na Constituição Federal, como o dever do cidadão de preservar o espaço público, é violado. Sob esse viés, faz-se necessária a análise desses fatores e, consequentemente, possíveis soluções para a problemática depreciação de locais públicos.

Primordialmente, a escassez de medidas que punam aqueles que cometem tais atos é um dos fatores que corrobora a continuidade desse cenário. Isso porque, de acordo com o filósofo iluminista August Comte, para que a sociedade funcione de forma harmônica, punições são necessárias caso a ordem seja rompida. Porém, ao analisar-se as situações em que há reflexos do rompimento do dever dos cidadãos de preservarem o espaço público - como, exemplificadamente, as enchentes-, punições não são aplicadas aos seus infratores, já que, embora haja uma busca para conscientização da população, como propagandas e placas de proibição, por exemplo, do descarte de lixos nas ruas e em outros locais de acesso público, a falta de equipamentos que identifique e puna os cidadãos que vão contra a lei, permite que esse cenário perdure.

Ademais, a depreciação total ou parcial de bens públicos pode também ser provocada no corpo social brasileiro como uma forma de reivindicar algo.Tal fator pode ser explicado pela perspectiva de que o ser humano é um ser sociável, ou seja possui a capacidade e a necessidade de viver em sociedade, fazendo com que suas ações não causem impactos apenas para si, mas todos a sua voltas. Dessa forma, aqueles que buscam melhorias ou ajustem em determinadas questões veem o vandalismo feito em espaços públicos como um forma de atrair atenções, sobretudo do governo, para seus interesses, como os últimos acontecimentos no Rio Grande do Sul, em que farmácias e ônibus foram incendiados como uma forma de reivindicar mudanças nos presídios, contradizendo e violando com o compromisso do cidadão de preservar seu local de convívio e moradia.

Destarte, fica evidente a necessidade de medidas que punam esses infratores, principalmente pelo fato dos atos contra o espaço público dificultar o acesso da população a determinados direitos - como ao transporte e a moradia, quando há, por exemplo, a perda dessa devido enchentes causadas pelo entupimento de bueiros-. Assim, com o investimento de equipamentos de segurança que identifique os brasileiros que praticam essas ações, será possível combatê-la e preservar o patrimônio público.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 187

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 187

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 187

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Avatar do usuário
Por Gi69
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#112354
DESVIOS
Entretanto, ao analisar a realidade brasileira, é evidente uma contradição com o cenário apresentado pelo escritor, haja vista que, devido a àfalta de punições e a à reivindicação de melhorias, aquilo que é exposto na Constituição Federal

Porém, ao se analisar-se as situações em que há reflexos do rompimento do dever dos cidadãos de preservarem o espaço público

a falta de equipamentos que identifique identifiquem e puna punam

Tal fator pode ser explicado pela perspectiva de que o ser humano é um ser sociável, ou seja, possui a capacidade e a necessidade de viver em sociedade, fazendo com que suas ações não causem impactos apenas para si, mas todos a sua voltas volta.

a perda dessa devido enchentes causadas pelo entupimento de bueiros - .

ARGUMENTAÇÃO
D1 - Não generalize, punições GERALMENTE não são aplicadas aos infratores.
Quais equipamentos faltam? Exemplos seriam bons, além disso faltou explicar o motivo dessa escassez.

REPETIÇÃO
Obs: você repetiu o "como" de forma próxima no D1, cuidado... "tal qual" é um ótimo sinônimo ;)


Ge, cuidado com períodos longos. Eles são mais cansativos e mais suscetíveis a desvios.
Redação muitooo boa! Sucessoooo! <3 <3 <3 :D

Esforço é essencial, mas não é só com isso que chegamos onde queremos. Força, galera!
2
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
4 Respostas 
382 Exibições
por besourokafka
0 Respostas 
475 Exibições
por rutedias
1 Respostas 
82 Exibições
por gleymyson
0 Respostas 
116 Exibições
por LauraK
1 Respostas 
31 Exibições
por kauanne12
3 Respostas 
234 Exibições
por Thalya17
0 Respostas 
95 Exibições
por thaisc
0 Respostas 
35 Exibições
por Gabriel20
0 Respostas 
44 Exibições
por Anavida
0 Respostas 
19 Exibições
por bruuscastro

Alguém pode corrigir por favor? Lauany25 […]

Que bom que você perguntou! Eu tinha conside[…]

Oi, lais458 . Vou ser breve. No filme &quot;[…]

Imagina, Nicky7 ! Desculpa por não te ajud[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM