Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Iuryvest
#45413
A constituição brasileira de 1988 assegura a todos os indivíduos o amplo acesso á saúde. Entretanto, lamentavelmente na prática, tal garantia é deturpada , visto os riscos que as pessoas correm ao se automedicar no Brasil. Esse cenário nefasto ocorre não só devido o estado deficitário do sistema de saúde, mas também devido a falta de informações sobre o assunto nas escolas.










Em primeira análise, destaca-se que o "sucateamento" da saúde pública apresenta íntima relação com a automedicação no Brasil. Segundo o filósofo italiano Norberto Bobbio a dignidade humana é uma qualidade intrínseca ao homem capaz de lhe dar direito ao respeito e á consideração por parte do estado. Nessa lógica é notável que o poder público não cumpre o seu papel enquanto agente fornecedor de direitos mínimos, uma vez que não oferece aos cidadãos brasileiros, um sistema de saúde de qualidade, fazendo com que as pessoas, contando com a facilidade de acesso á medicamentos , optem por aliviar seus sintomas em casa , á perder muito tempo em um hospital lotado e propício á doenças. Desse modo,por conta do déficit da saúde no brasil,cada vez mais as pessoas se automedicam , podendo causar sérios danos á esses indivíduos.












Ademais,é fulcral pontuar que a falta de informações nas escolas brasileiras também contribui para a dificuldade em combater a automedicação no pais. Acerca disso, segundo a teórica Vera Maria candau o sistema educacional atual está preso nos moldes do século xix e não oferece propostas significativas para as inquietudes hodiernas. Sob esse prisma com aulas voltadas para a memorização teórica, o sistema educacional atual pouco estimula o contato do estudante com os perigos do uso indiscriminado de medicamentos sem supervisão médica desde os anos iniciais, fruto de uma educação tecnicista e pouco voltadas para a formação cidadã do aluno. Nesse sentido a escola contribui para o afastamento do aluno com os cuidados com a saúde,o que acaba deixando os estudantes sem informações relevantes sobre o tema, propiciando-os á se automedicar por conta da crescente busca por resultados, principalmente entre os jovens.



















Portanto, infere-se que a automedicação no Brasil é um tema relevante e que carece de soluções. Logo o Ministério da educação em parceria com o Ministério da saúde deve ampliar as informações sobre os perigos da automedicação, por meio de da inserção de uma disciplina obrigatória sobre cuidados com a saúde, focando no estudo ativo e crítico , usando as opiniões e experiências dos alunos como ferramenta educacional, a fim de combater a automedicação no Brasil. Assim torna-se possível a construção de uma sociedade permeada pelos elementos elencados na "magna carta".
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Por Taka125
#45639
Acredito que você deu um espaçamento muito logo. Mais os paragráfos a ideia está bem desenvolvida. Você chega a nota 960 para 1000 muito fácil. Mais cuidado com esse detalhe.
Avatar do usuário
Por Jeniffeeee
#45649
@Iuryvest, oi!

Legenda:
ERRO
SUBSTITUIÇÃO/SUGESTÃO
MELHORÁVEL
DESNECESSÁRIO
(IDENTIFICAÇÃO DOS 5 ELEMENTOS)
(MEUS COMENTÁRIOS)
REPETIÇÃO

A constituição brasileira de 1988 assegura a todos os indivíduos o amplo acesso á à saúde. Entretanto, lamentavelmente, na prática, tal garantia é deturpada , visto os riscos que as pessoas correm ao se automedicar no Brasil. Esse cenário nefasto ocorre não só devido ao estado deficitário do sistema de saúde, mas também devido a à falta de informações sobre o assunto nas escolas.
PS: Poderia ter ligado melhor a alusão com a contextualização. Apesar de tudo, a sua intro ficou boa.


Em primeira análise, destaca-se que o "sucateamento" da saúde pública apresenta íntima relação com a automedicação no Brasil. Segundo o filósofo italiano Norberto Bobbio, a dignidade humana é uma qualidade intrínseca ao homem capaz de lhe dar direito ao respeito e á à consideração por parte do estado Estado. Nessa lógica é notável que o poder público não cumpre o seu papel enquanto agente fornecedor de direitos mínimos, uma vez que não oferece aos cidadãos brasileiros, um sistema de saúde de qualidade, fazendo com que as pessoas, contando com a facilidade de acesso á aos medicamentos , optem por aliviar seus sintomas em casa , á a perder muito tempo em um hospital lotado e propício á a doenças. Desse modo,por conta do déficit da saúde no brasil Brasil,cada vez mais as pessoas se automedicam , podendo(1) o que pode causar sérios danos á a esses indivíduos.(tipo quais danos?)
(1) :arrow: Evite gerúndios.
PS: Bom desenvolvimento!

Ademais,é fulcral pontuar que a falta de informações nas escolas brasileiras também contribui para a dificuldade em combater a automedicação no pais país. Acerca disso, segundo a teórica Vera Maria cCandau, o sistema educacional atual está preso nos moldes do século xix XIX e não oferece propostas significativas para as inquietudes hodiernas. Sob esse prisma, com aulas voltadas para a memorização teórica, o sistema educacional atual pouco estimula o contato do estudante com os perigos do uso indiscriminado de medicamentos sem supervisão médica desde os anos iniciais (como sabe disso? O seu repertório não condiz com essa parte), fruto de uma educação tecnicista e pouco voltadas para a formação cidadã do aluno. Nesse sentido a escola contribui para o afastamento do aluno com os cuidados com a saúde,o que acaba deixando os estudantes sem informações relevantes sobre o tema, propiciando-os á a se automedicar por conta da crescente busca por resultados(1), principalmente entre os jovens.
(1) :arrow: Resultados de quê? Não coloque algo que não desenvolveu.
PS: O seu desenvolvimento não fez muita lógica. Você fez um salto muito brusco do sistema de educação para a automedicação no Brasil, não estabeleceu nenhuma linha de raciocínio entre esses temas e forçou a argumentação.

Portanto, infere-se que a automedicação no Brasil é um tema relevante e que carece de soluções. Logo, o Ministério da educação, em parceria com o Ministério da saúde, (agente) deve ampliar as informações sobre os perigos da automedicação (ação), por meio de da inserção de uma disciplina obrigatória sobre cuidados com a saúde, focando no estudo ativo e crítico , usando as opiniões e experiências dos alunos como ferramenta educacional (meio+detalhamento), a fim de combater a automedicação no Brasil (finalidade). Assim torna-se possível a construção de uma sociedade permeada pelos elementos elencados na "magna carta".
PS: Proposta completa!

Tente estudar crase e vírgula, percebi que você se confunde na hora de aplicar a crase, veja que ela é o acento ao contrário (à), em muitos trechos você a usou de forma adequada mas colocou o acento errado..
Qualquer dúvida estou à disposição, até mais! :D
Avatar do usuário
Por Iuryvest
#45731
Taka125 escreveu:Acredito que você deu um espaçamento muito logo. Mais os paragráfos a ideia está bem desenvolvida. Você chega a nota 960 para 1000 muito fácil. Mais cuidado com esse detalhe.
obg

Transtornos mentais são muito comuns na soc[…]

O Filme "Coringa" apresenta a vida de um[…]

A constituição de 1988,artigo 6°[…]

Em um episódio da série "Modern[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM