Avatar do usuário
Por KaioP366
Quantidade de postagens
#131020
Em outubro de 1988, a sociedade conheceu um dos documentos mais importantes da história do Brasil: a Constituição Cidadã, cujo conteúdo garante o direito à saúde. Entretanto, a automedicação, que pode acarretar no agravamento da doença e ocultação de sintomas, impede que o povo usufrua deste direito constitucional. Com efeito, a desconstrução de antigos pensamentos, bem como da omissão estatal são iniciativas capazes de fazer com que o problema seja tratado com a devida importância.

Sob esse viés, a adoção de antigos comportamentos resulta na prática da automedicação. Constata-se também, que segundo dados divulgados em 2022 pelo Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade (ICTQ), 9 entre cada 10 brasileiros se automedicam. Pois, a sociedade assimila comodidade à farmácia devido a grande quantidade de medicamentos disponíveis e a enorme variedade de informações médicas encontradas online, consequentemente esses fatores contribuem para a automedicação. Logo, com a permanência de comportamentos antiquados, este cenário continuará sendo uma realidade.

Ademais, a omissão do Estado fomenta a automedicação Por sua vez, John Locke – um dos filósofos mais influentes do Iluminismo –, afirma que o Estado tem como fim zelar pelos direitos dos homens tais quais a vida. Todavia, o Estado brasileiro não cumpre esse dever ao deixar a prática da automedicação ser realizada pela maioria da população, que em certos casos traz consequências que levam à morte. Assim, enquanto a omissão estatal for a regra, a medicação prescrita será a exceção.

É urgente, portanto, que medidas sejam tomadas para combater a automedicação. Dessa maneira, o Ministério da Saúde – responsável por dispor de condições para proteção e recuperação da saúde da população – em colaboração com a mídia, deve desconstruir os antigos pensamentos relacionados à medicação, por meio da divulgação de propagandas, anúncios, comerciais, posts e artigos capazes de conscientizar o povo sobre os perigos em se automedicar. Essa iniciativa teria a finalidade de mitigar a omissão estatal e de garantir que o Brasil seja uma nação, de fato, saudável.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Passe ilimitado
Comentários
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido.
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
35 Exibições
por eduarda2810
4 Respostas 
101 Exibições
por KaioP366
0 Respostas 
12 Exibições
por JuliaF21
0 Respostas 
28 Exibições
por Betinha062
1 Respostas 
229 Exibições
por Zenebra
1 Respostas 
181 Exibições
por EmillyySilva
0 Respostas 
125 Exibições
por Carlos2211
0 Respostas 
94 Exibições
por Luizamd
0 Respostas 
71 Exibições
por felipe1
0 Respostas 
127 Exibições
por Adsonrafael

Segundo o empresário estadunidense Steve Jobs: &qu[…]

O livro "Utopia", do escritor inglês Tho[…]

A lei seca foi implementada com o intuito de evita[…]

EXCLUIR REDAÇÃO!!!

Você poderia excluir a minha primeira redação de &[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!