Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#54304
Através da Terceira Revolução Industrial, iniciada no século XX, foi possível que a internet fosse aprimorada e que nos últimos anos ela passasse por um processo de democratização por todo o globo. Diante disso, houve o surgimento de movimentos ciberativistas no Brasil, que fazem o uso das redes sociais como um meio de defesa de causas sociais, econômicas, culturais e ambientais.

No entanto, em face do comodismo e da facilidade de se posicionar, seja através de um "tweet" com uma "hashtag" ou repostando uma publicação, inúmeros brasileiros deixaram de ir às ruas para protestar. A mobilização virtual também é muito importante, mas não pode ser a única, dado que grande parte da população, em especial as gerações mais idosas, deslegitimam essas revoltas e valorizam apenas causas defendidas fora das telas.

Um exemplo disso foi o movimento "Black Lives Matter", iniciado nos Estados Unidos após diversos casos de violência policial contra pessoas pretas, em especial o caso de George Floyd, que recebeu grande comoção na mídia. No Brasil, a campanha foi denominada "Vidas Pretas Importam" e no Instagram só se viam publicações com fundo preto, "stories" sobre o caso e muitas "hashtags". Porém, ao observar ações concretas em prol do movimento, como doações a organizações, redução da desigualdade salarial e fiscalização real de atitudes racistas em espaços públicos, a participação popular é muito menor.

Diante desses aspectos, cabe aos influenciadores digitais engajados em causas socioeconômicas e ambientais e, principalmente, às organizações não governamentais (ONGs), enquanto planejadoras de grande parte dos movimentos ciberativistas, destacar, por meio de publicações nas redes sociais e de programas de rádio, que apenas postar "hashtags" e compartilhar notícias não é o suficiente e, assim, demonstrar a importância de ir às ruas para protestar e incentivar ações colaboradoras às causas. Dessa maneira, é possível tornar a sociedade brasileira mais justa, ativa e comprometida com a melhoria da qualidade de vida da nação.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

A Constituição Federal de 1988 em se[…]

Muito obrigado jherodrigues

Em pleno século XXI, onde são aponta[…]

O cantor Marcio Victor em uma de suas músic[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM