• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#81002
O jornalista Gilberto Dimenstein, ao produzir a obra “Cidadão de Papel”, afirmou que a consolidação de uma sociedade democrática exige a garantia dos direitos fundamentais de um povo. No entanto, ao observar questões gordofóficas em âmbito nacional, constata-se que a tese do escritor, não tem sido pragmaticamente assegurada na prática, uma vez que o governo não possui de fato uma punição ao praticamente da gordofobia. Com efeito, é imprescindível enunciar o aspecto sociocultural e a insuficiência legislativa como pilares fundamentais da chaga.

Nesse contexto, torna-se evidente a influência do fator sociocultural. Conforme Jurgen Habermas, a razão comunicativa - ou seja, o diálogo - constitui etapa fundamental do desenvolvimento social. Nesse ínterim, a falta de estímulo ao debate a respeito do(a) da gordofobia na sociedade brasileira, todavia, coíbe o poder transformador da deliberação e, consequentemente, ocasiona o preconceito com pessoas gordas, a falta de empatia pelo próximo na atualidade, é evidente é problemático, podendo causar sérios danos psicológicos nas vítimas do prejulgamento. Destarte, discorrer criticamente sobre a problemática é o primeiro passo para a legitimação do progresso sociocultural habermaseano.

Ademais, é cabível pontuar que a ineficácia das leis corrobora com a persistência da vicissitude. A esse respeito, segundo o filósofo grego Aristóteles afirmou que o objetivo da legislatura é promover uma vida digna aos cidadãos. Nessa lógica, a conjuntura vigente contrasta o ideal aristotélico, posto que a gordofobia no Brasil é categoricamente recorrente, devido à falta de leis, que promulgam uma punição às pessoas que cometem esses atos preconceituosos. Assim, medidas precisam ser tomadas pelas autoridades competentes, a fim de atenuar o revés.

Infere-se, portanto, que o imbróglio abordado necessita ser solucionado. Logo, concerne ao Ministério das Comunicações - órgão máximo regulador das telecomunicações no país - promover debates com psicólogos e médicos gerais, por meio de programas televisivos vinculados em canais de sinal aberto em horários de grande audiência, para desenvolver a criticidade da população acerca de questões gordofóbicas na sociedade brasileira. Em adição, o Congresso Nacional, por intermédio de projeto de lei, deve criar um projeto estatal de modo a inibir os impactos que provocam o impasse. Dessa forma, com a razão comunicativa de Habermas e a justiça de Aristóteles a sociedade brasileira deixará de ser uma comunidade de cidadãos de papel, como enfatizou Dimenstein.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#81055
introdução: cuidado com os erros gramaticais, Governo é um órgão público, portanto, deve ser sempre maiúsculo, também escreveu "praticamente", quando seria "praticante", fora isso, elaborou bem!

des. 1: bem elaborado, você usa bem o uso do vocabulário e conectivos marcantes.

des. 2: vi um erro gramatical em: "segundo o filósofo grego Aristóteles afirmou que", poderia ter encaixado melhor: "segundo o filósofo grego Aristóteles, onde afirma que", fora isso, tá muito boa!

intervenção: completa!

960 :D

Anna1 xIsabellasz vingrid KarllaViit Pe[…]

se puderem corrigir essa redação, fi[…]

Parabéns amiga! :)

O quadro expressionista "O grito" do pin[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM