• Avatar do usuário
#74251
Na versão brasileira “Carrossel”, a personagem Laura interpretada por Aisha Benneli, lida com diversas questões, preconceitos e situações constragedoras por estar acima do peso. Assim como na obra televisiva, é possível observar, no Brasil comtemporâneo, que pessoas gordas também sofrem com a gordofobia. Afim de mitigar os males que sustentam esse preconceito, a citar, a ausênsia de ensino sobre o tema e a falta de empatia,é importânte que hajam discussões na atualidade.
Primordialmente é necessário destacar a falta de conteúdo voltado a consientização na formação educacional brasileira acerca da gordofobia. Essa brecha permite o desenvolvimento de concepções preconceituosas. Na novela “Avenida Brasil”, a personagem Agata sofre com represálias de sua mãe, Carminha, pois em sua ignorância atribui a obesidade da sua filha a falta de exercícios físicos e a glutonaria, descartando qualquer outro tipo de fator. Analogamente à obra, o cidadão que desconhece sobre as possíveis causas da obesidade tendem a presumir que pessoass acima do peso se encontram nesse estado por gula ou preguiça. Logo, a gordofobia prevalece.
Ademais, a ignorância fortalece a falta de empatia, o que torna a equidade um parâmetro inatingível perpetando a desconsideração e desconforto para aqueles que não classificados como modelo padrão. Na obra “Pedagogia da autonomia” de Paulo Freire, patrono da educação brasileira, é destacado que assim como é importânte fomentar o conhecimento técnico-cinetífico também é necessário incentivar o desenvolvimento de habilidades socioemocionais. Logo, é evidênte que a parte que tange a inteligência emocional deve ser essencialmente desenvolvida bem como a parte conteúdista para combater os preconceitos relativos à obesidade.
Portanto, medidas são necessária para resolver os problemas discutidos. Isto posto, é mister que o Ministério da educação, com o suporte do Ministério da saúde e Ministério da familia, deve fomentar discussões acerca da gordofobia nas instituições educacionais brasileiras por meio de rodas de conversas co os estudantes, além de trazer informações cinetíficas para consiêntização e realizar dinâmicas em grupo para cultivar empatia e altruísmo.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Olá, Bia. A sua redação n&at[…]

eurodrigo anasilva1 Bia2201 3m1ly Gi6[…]

eurodrigo Obrigado pela avaliaçã[…]

oii, estou de volta pessoal!!! Gostaria que corrig[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM