Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#58301
O Artigo 5, da Constituição Federal de 1988, diz: ”Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória”. No entanto, na internet, diferente da lei, todos são culpados, o que colabora com a "justiça com as próprias mãos". Em síntese, a cultura do cancelamento não condiz com a lei. Nesse prisma destacam-se dois aspectos importantes: o silenciamento e a má influência midiática.

Em primeiro plano, cabe ressaltar que a influência da mídia é um forte empecilho para a resolução do problema. Para Pierre Bourdieu, o que foi criado para ser um instrumento de democracia não deve ser convertido em mecanismo de opressão. Desse modo, a mídia, tendo forte papel como formadora de opinião, não deveria omitir assuntos tão importantes, como a cultura do cancelamento, deixando assim, se propagar, ainda mais, a ideia de impunidade sobre o assunto.

Em paralelo, é preciso atentar para a invisibilidade presente na questão. A respeito disso, Habermas traz uma contribuição relevante ao defender que a linguagem é uma verdadeira forma de ação. Entretanto, há uma lacuna no debate sobre a cultura do cancelamento no Brasil, que são ainda muito silenciadas. Dessa forma, é necessário debater sobre o tema, de forma ampla que contemple toda sociedade.

Portanto, uma intervenção se faz necessária, para isso, o Ministro da Saúde em parceria com o Instagram, deve criar o “Movimento cancelando o cancelamento”, por meio de transmissões ao vivo com influenciadores e psicólogos, com o propósito de ajudar diversas pessoas que sofreram esse linchamento virtual. Somente assim, será possível reverter o silenciamento e a má influência midiática.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

:D Segundo Paul Atson, co- fundador da Greenpeace […]

O isolamento social durante a pandemia de covid-19[…]

camis23 adorei a correção, concert[…]

No livro, "Os sete maridos de Evelyn Hugo&quo[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM