• Avatar do usuário
#68629
A Grécia antiga - uma das civilizações mais importantes já existentes - tinha como uns dos pilares sociais a constante busca pela perfeição, pois a mesma os levaria a uma proximidade aos Deuses e indicaria uma alma perfeita. Hodiernamente, no Brasil, é possível traçar um paralelo com essa realidade, onde as pessoas estão obcecadas pelo corpo e vida perfeita. Isso ocorre pela transmissão de uma falsa realidade impulsionada pelas mídias sociais, o que acarreta um olhar social supérfluo e obstinada por futilidade. Sob esse viés, essa realidade configura um desafio a ser mediado baseado em dois entraves: os padrões sociais e a democratização da comunicação.

Primeiramente, vale-se ressaltar que os
padrões sociais participam diretamente para a conjuntura do impasse. Segundo Vinícius de Moraes, poeta brasileiro, "que me perdoem as feias, mas beleza é fundamental". Sob essa análise, tal pensamento reflete as ações dos principais veículos de entretenimento que, em busca de lucro e consumidores, utilizam de pessoas com características fora da média. Assim sendo, o público, ao usufruir de filmes, séries e propagandas, passam a acreditar que existe um modelo corporal a ser seguido e se sentem inseguras quanto ao próprio corpo. Logo, os padrões sociais enraizados nos meios de entretenimento contribuem ativamente no comportamento mental dos indivíduos.

Outrossim, a democratização da comunicação - proveniente do surgimento da "internet" - é um fator agravante do problema, uma vez que as pessoas estão mais expostas e passíveis de serem influenciadas negativamente. Segundo Confúcio, filósofo chinês, "tudo tem sua beleza, mas nem todos conseguem enxergá-lo". Sob tal ótica, as pessoas iludidas pelas mídias sociais ignoram suas qualidades e recorrem a inúmeras pesquisas e medicamentos para conseguirem o corpo perfeito, o que acarreta problemas, como: ansiedade, depressão e isolamento social. Portanto, meios sociais - Facebook, Twitter, Instagram - são exemplos de recursos que facilitam a propagação dos padrões sociais, haja visto que os cidadãos estão as utilizando frequentemente para o ócio.

Dessarte, medidas são necessárias para a resolução do impasse. O Governo Federal e o Ministério da Saúde, em parceria, através de recursos públicos e iniciativas privadas, devem elaborar campanhas e palestras de auto ajudas com a finalidade de auxiliar as pessoas a descobrirem suas próprias perfeições, e assim valorizá-las. Ademais, cabe aos principais meios sociais promoverem inciativas para inserir uma maior diversidade de características em suas obras a fim de atenuar a presença de grupos específicos em seus produtos. Só assim será possível o desvio do olhar da população para questões internas e não focadas externamente como na Grécia antiga.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

De acordo com a Primeira Lei de Newton, um corpo e[…]

Doação do coração

A série médica americana "Grey'[…]

Carinho sanguíneo

A série médica americana "Grey'[…]

Índio no Brasil

Hoje,na sociedade brasileira, as políticas […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM