• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#63369
A teórica política alemã, Hannah Arendt, utiliza a expressão ‘’Banalidade do Mal’’ para traduzir o formato trivial de instalação de problemáticas em sociedades contemporâneas. Essa perspectiva, analisada pela pensadora, simboliza claramente o comportamento da sociedade diante dos efeitos da quarentena e da pandemia nos jovens, já que é justamente a habitualidade frente à questão que a agrava é a aprofunda no corpo social brasileiro. Nesse sentido, torna-se claro que essa situação tem como origem a negligência do Estado com nossa juventude. Assim, não só a instabilidade na educação como também as doenças mentais, aprofundam esse panorama.
Dessa forma, torna-se evidente como a instabilidade educacional cristaliza os efeitos da quarentena nos jovens. Isso acontece porque existe a falta de investimento do Estado na educação principalmente no que se diz respeito ao Ensino à distância (Ead), ocorrendo uma falta de informação sobre o assunto e o preconceito enraizado. Essa reflexão pode ser simbolizada pela afirmação da filósofa francesa Simone de Beauvoir "O maior dos escândalos é que nos habituamos a eles", uma vez que mais escandalosa do que a ocorrência da privação do capital educacional é o fato da população se agravar diante disso.
Cabe mencionar, as crises psicológicas agravarem com essa vicissitude, mediante que, a falta das interações sociais e experiências físicas no cotidiano, devido isolamento social, podem causar doenças mentais principalmente nas crianças, a supressão de gasto de suas energias podem lhes causar ansiedade e irritabilidade. A fala de Jayme Landmann "O Estado preocupa-se com a saúde do indivíduo em função de sua utilização como instrumento de trabalho e não em função de suas esperanças, de seus anseios, de seus temores ou de seus sofrimentos", encontra-se evidentemente presente na contemporaneidade visto que o Estado enxerga as doenças mentais como insignificância.
Mediante o exposto, torna-se evidente que os efeitos da quarentena e da pandemia nos jovens tem como origem clara a negligência do Estado. Portanto, para solucionar esta questão, faz-se necessário que o Ministério da Educação (MEC), crie um programa para melhorar a qualificação do Ensino à distância e dissemine a existência dessa modalidade para todos. Assim o preconceito e a falta de informação vão sendo desvanecidas. Ademais, ainda dentro deste plano, o Ministério da Saúde deve propor a disponibilidade de vídeos educativos em meios de comunicação como televisão e 'internet', com conteúdos para as crianças interagirem consigo mesmas, se exercitando e brincando em suas próprias casas. A partir dessas medidas, espera-se que tais problemas deixem de ser uma’’Banalidade do Mal’’.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

#64017
Pablottz escreveu:@eurodrigo poderia corrigir minha redação por favor ?
Olá, Pablo. Tudo certo?

Trarei, assim que possível, uma análise a respeito do seu texto. Ok?

Abraço! ;)
#64658
Correção de redação - ENEM
@Pablottz - As influências da quarentena e da pandemia da covid-19 nas crianças (tema ajustado)

A1, A2 e retomadas (tese)
Elementos temáticos
Ótimo! Muito bem!
Poderia ser melhor
Erro (desvio)
Adicionar
Confuso (não está claro)
Repetição
Desnecessário
Conectivos e operadores argumentativos
Repertório e/ou material sociocultural
Elementos da proposta

A teórica política alemã, Hannah Arendt, utiliza a expressão ‘’Banalidade do Mal’’ para traduzir o formato trivial de instalação de problemáticas em sociedades contemporâneas. Essa perspectiva, analisada pela pensadora, simboliza claramente o comportamento da sociedade (Que comportamento?) diante dos efeitos da quarentena e da pandemia nos jovens, já que é justamente a habitualidade frente à questão que a agrava éa a aprofunda no corpo social brasileiro. Nesse sentido, torna-se claro que essa situação tem como origem a negligência do Estado com nossa juventude (Como assim? Explique!). Assim, não só (retirar) a instabilidade na educação (A1 antecipado), como também as doenças mentais (A2 antecipado), aprofundam esse panorama.
➜ Introdução mediana e confusa. Você trouxe um bom repertório e uma boa base de construção, mas a sua tese não ficou clara, já que sequer exemplificou os seus principais pontos de defesa: o comportamento e a negligência. Como acontecem? O que são? Qual a base? Você precisa, pelo menos, direcionar o leitor na introdução. Atente-se a isso e, claro, aos comentários no espelho. :!:

Dessa forma, [retomada do A1 > torna-se evidente como a instabilidade educacional cristaliza (cristalizar pode ser entendido como "imobilizar". A instabilidade educacional imobiliza os efeitos? :?:) os efeitos da quarentena nos jovens. (melhorar conectivo) Isso acontece porque existe a falta de investimento do Estado na educação, principalmente, no que se diz respeito ao Ensino (retirar) à distância (Ead), ocorrendo uma falta de informação sobre o assunto e o preconceito enraizado. (melhorar conectivo) Essa reflexão pode ser simbolizada pela afirmação da filósofa francesa Simone de Beauvoir "O maior dos escândalos é que nos habituamos a eles", uma vez que mais escandalosa do que a ocorrência da privação do capital educacional é o fato da população se agravar diante disso (A população se agravar diante disso? Explique melhor...).
➜ Desenvolvimento bastante confuso. O uso de alguns termos tornou o seu parágrafo muito subjetivo, o que não é legal para uma análise modelo ENEM, afinal, a correção em questão dura cerca de 3 minutos. Utilize palavras mais claras e que atinjam, de fato, aquilo que você deseja passar ao leitor. Além disso, melhore os conectivos inter períodos, os utilizados são muito genéricos e pouco eficientes.

(ausência de conectivo inter parágrafo) Cabe mencionar, [retomada do A2 > as crises psicológicas agravarem com essacomo agravantes dessa vicissitude, mediante que, (retirar) a falta das interações sociais e experiências físicas no cotidiano, devido ao isolamento social, podem causar doenças mentais principalmente nas crianças, *período extenso e não fluido a supressão de gasto de suas energias podem lhes causar ansiedade e irritabilidade. (ausência de conectivo) A fala de Jayme Landmann, "O Estado preocupa-se com a saúde do indivíduo em função de sua utilização como instrumento de trabalho e não em função de suas esperanças, de seus anseios, de seus temores ou de seus sofrimentos", encontra-se evidentemente presente na contemporaneidade visto que o Estado enxerga as doenças mentais como insignificânciainsignificantes (Qual a base para esse comentário? :?).
➜ MUITO confuso. Você utiliza termos que não cabem e prejudicam totalmente o sentido da sua construção. Os períodos estão extensos e, por isso, perdem a fluidez, bem como o raciocínio. O uso de conectivos está escasso também. Atente-se à necessidade de construir uma estrutura simples e clara para o leitor. Além disso, o repertório não foi produtivo. Uma dica pessoal: usar palavras "difíceis" não vai lhe acrescentar em absolutamente nada, aliás, pelo contrário, vai prejudicar demais a sua redação. :!:

Mediante o exposto, torna-se evidente que os efeitos da quarentena e da pandemia nos jovens temtêm como origem clara a negligência do Estado (retomada da problemática). Portanto, para solucionar estaessa questão, faz-se necessário que o Ministério da Educação (MEC) (AGENTE), crie um programa (AÇÃO) para melhorar a qualificação do Ensino à distância (Como seria esse programa? Você precisa explicar a sua proposta) e dissemine a existência dessa modalidade para todos (Como?). Assim, o preconceito e a falta de informação vão sendoserão desvanecidasos (FINALIDADE DA AÇÃO). Ademais, ainda dentro deste plano, o Ministério da Saúde (AGENTE 2) deve propor a disponibilidade de vídeos educativos em meios de comunicação como televisão e 'internet' (AÇÃO 2), com (MEIO DA AÇÃO 2) conteúdos para as crianças interagirem consigo mesmas, se exercitando e brincando em suas próprias casas. A partir dessas medidas, espera-se que tais problemas deixem de ser uma ’’Banalidade do Mal’’.
➜ Há duas propostas incompletas (contemplando apenas 3 elementos - ainda que rasos - cada uma) e ausência de explicações necessárias. Por isso, a sua intervenção está bastante genérica. Atente-se aos comentários.

➜ Revise a teoria relacionada à estrutura sintática; ao uso de conectivos assertivos; termos mais claros e diretos; à organização das ideias e, por fim, à produção em cima dos repertórios.

Nota :!:
C1 (120)
C2 (140)
C3 (120)
C4 (120)
C5 (120)

Material de estudo recomendado :idea:


#64668
Pablottz escreveu:@eurodrigo, Muuito obrigado !!!
Por nada, amigão. Perdão pela demora, tá? Estive bastante ocupado nesses últimos dias e acabei não adicionando - por algum motivo - a sua redação na lista. Percebi que estava devendo a análise quando notei o texto no menu. De todo modo, não desanime por conta da nota, ok? É super normal as competências ficarem no nível 3 (120) quando a construção está confusa. Para melhorar isso, estude o modelo ENEM e, claro, pratique bastante. Beleza?

Sucesso! :D

Na obra de origem australiana, “A Menina que[…]

Segundo o filósofo e matemático fra[…]

zgabiruLGD , Disponha!

Oiii alguém poderia corrigir minha reda&cc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM