Avatar do usuário
Por KelveSilva
Quantidade de postagens
#128294
A constituição de 1988, assegura a igualdade salarial entre os homens e as mulheres, apesar disso, o cenário esportivo escancara que na realidade, a desigualdade prevalece. Assim, é evidente que o machismo estrutural ainda é uma mazela recorrente, e como consequência, dificulta a inserção da mulher no meio dos esportes. Por isso, a visão estigmatizada atrelada ao trabalho feminino, como também a idealização do esporte como prática de cunho masculino, acabam agilizando a ocorrência de tal problema.

Em primeiro plano, é necessário enfatizar o histórico preconceito social voltado ao trabalho feminino, como dificultador na introdução de trabalhadoras em novas áreas. Nesse contexto, leis trabalhistas que buscassem favorecer as mulheres, só foram criadas durante a Era Vargas, antes disso, ficavam a mercê de constantes abusos, que por muito tempo, foram ignorados, graças a desaprovação de muitos cidadãos da época às trabalhadoras. Dessa forma, apesar da diferença cronológica, os abusos ainda persistem, sendo como principal a desigualdade salarial, que acaba dificultando a criação de novas profissionais, que não se sentem dispostas a exercer uma profissão por um salário menor ao do homem. Portanto, o estigma atrelado ao trabalho da mulher, já existe na sociedade brasileira há muito tempo, e atua desestimulando a inclusão feminina em diversos ramos, sendo um deles, o esporte.

Ademais, o imaginário social atrela a prática de esportes, ao gênero masculino, em detrimento disso, o esporte feminino acaba por ser inferiorizado. Nesse viés, mesmo com todos os problemas, grandes figuras femininas tem variadas conquistas no meio esportivo, sendo uma delas, a atleta brasileira Marta, que coleciona troféus de melhor jogadora de futebol do mundo, tendo 5 deles, e fazendo mais gols em jogos pela seleção, do que o Pelé, que é conhecido como um dos maiores jogadores da história. Logo, fica nítido que as mulheres podem praticar o esporte, com tanta maestria quanto os homens, demonstrando a injustiça proporcionada pelo machismo estrutural que está enraizado no senso comum. Dessa maneira, apesar da atividade esportiva masculina ser mais valorizada, várias atletas femininas, provam que podem exercer um desempenho de alto nível em suas áreas, mostrando que também merecem tanto reconhecimento quanto o homem.

Destarte, resoluções para os problemas que dificultam a inclusão da mulher no meio esportivo são necessárias. Para isso, o Ministério da Educação (MEC) deve criar projetos na escola, que busquem, introduzir as estudantes à praticas esportivas, por meio de campeonatos femininos em diversas categorias como futebol, vôlei, basquete e tênis, na tentativa de normalizar a prática de esportes por meio das mulheres, tendo em mente a alta capacidade dos jovens de alterar os moldes sociais. Além disso, o Governo e Federal deve extinguir a desigualdade salarial que aflige as mulheres por meio de novas leis trabalhistas que garantam mais direitos trabalhistas para a mulher, e uma fiscalização mais rígida, para garantir que não exista diferença entre salários de pessoas que exercem a mesma função no trabalho. Talvez assim, haja uma maior valorização das mulheres no mundo dos esportes e também a garantia de que a desigualdade salarial seja extinta, assim como dito na Constituição de 1988.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Avatar do usuário
Por KelveSilva
Quantidade de postagens
#128296
só foi eu ler mais calmo que comecei a encontrar os erros, devia ter feito a redação de tarde, quando comecei a estudar, tô exausto slk
0
Avatar do usuário
Por lais458
Quantidade de postagens
#128298
@KelveSilva


1. **Desenvolvimento do tema e repertório sociocultural**: Você apresenta uma introdução clara sobre a desigualdade de gênero no esporte, mas poderia explorar mais exemplos concretos e dados estatísticos para enriquecer sua argumentação.

2. **Estrutura dissertativo-argumentativa**: Sua redação possui tese, argumentações bem desenvolvidas e uma conclusão coerente com os argumentos apresentados.

3. **Argumentação e relação com o tema**: Os argumentos utilizados são pertinentes ao tema proposto, porém seria interessante citar fontes confiáveis ou casos específicos que exemplifiquem melhor a situação da desigualdade salarial no esporte.

4. **Articulação das ideias e recursos coesivos**: Você utiliza conectivos adequados para articular as partes do texto, mas atente-se à variedade desses recursos para garantir fluidez na leitura.

5. **Proposta de intervenção detalhada**: Sua proposta de intervenção é pertinente ao sugerir projetos nas escolas e medidas governamentais para promover a igualdade de gênero no esporte; contudo, poderia detalhar mais como essas ações serão implementadas na prática.

Para melhorar sua escrita:

- Busque incluir mais exemplos concretos e dados estatísticos em seus argumentos.

- Varie os conectivos utilizados ao longo do texto para evitar repetições.

- Procure elaborar propostas de intervenção mais detalhadas, especificando agentes responsáveis pela execução das medidas sugeridas.

No geral, sua redação está bem estruturada e aborda um tema relevante com bons argumentos. Continue praticando a escrita utilizando diferentes tipos de textos (como artigos jornalísticos ou ensaios) para ampliar seu repertório textual! Parabéns pelo trabalho!
2
Avatar do usuário
Por Felipe082
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos Colecionador Doações
#128303
Oi, @KelveSilva! Como retribuição pela sua recente participação no projeto, vou corrigir a sua redação. Continue assim!

Em roxo, assinalei trechos que poderiam ser aprimorados, apesar de eu não ter certeza de que há um erro.

A constituição Constituição de 1988, assegura 1988 assegura (1) a igualdade salarial entre os homens e as mulheres, apesar mulheres. Apesar disso, o cenário esportivo escancara que, na realidade, (2) a desigualdade prevalece (3). Assim, é evidente que o machismo estrutural ainda é uma mazela recorrente, e recorrente e, como consequência, dificulta a inserção da mulher no meio dos esportes. Por isso Nessa conjuntura (4), não somente a visão estigmatizada atrelada ao trabalho feminino, como também a idealização do esporte como prática de cunho masculino, acabam agilizando agilizam (5) a ocorrência de tal problema. (6)

(1) Não use vírgula para separar o sujeito e o predicado, que são, respectivamente, "A Constituição de 1988" e "assegura a igualdades salarial entre os homens e as mulheres".
(2) O adjunto adverbial deslocado "na realidade" tem duas palavras, ou seja, é curto. Nesse caso, isolá-lo com vírgulas é opcional. Não se pode, contudo, usar a vírgula depois dele sem usá-la antes, e vice-versa. Para mais informações, assista a este vídeo:

(3) Repertório legitimado, pertinente e produtivo. Parabéns!
Entretanto, procure utilizar, na frase seguinte à do repertório, mais palavras do campo semântico daquela área do conhecimento. Por exemplo: "apesar dessa garantia legal" em vez de "apesar disso".
(4) Não há uma relação semântica de conclusão.
(5) O verbo "acabar", como auxiliar, é desnecessário.
(6) Boa introdução. Parabéns!

Em primeiro plano, é necessário enfatizar o histórico preconceito social voltado ao trabalho feminino, como feminino como dificultador na da introdução de trabalhadoras em novas áreas. Nesse contexto (1), leis trabalhistas que buscassem favorecer as mulheres, só mulheres só (2) foram criadas durante a Era Vargas, antes Vargas. Antes disso, ficavam a à mercê de constantes abusos, que, por muito tempo, foram ignorados, graças a à (3) desaprovação de muitos cidadãos da época às trabalhadoras. Dessa forma, apesar Apesar (4) da diferença cronológica, os abusos ainda persistem existem (5), sendo como principal (6) a desigualdade salarial, que acaba dificultando dificulta a criação de novas profissionais, que as quais não se sentem dispostas a exercer uma profissão por um salário menor inferior ao do homem. Portanto, o estigma atrelado ao trabalho da mulher, já mulher já (7) existe na sociedade brasileira há muito tempo, e tempo e atua desestimulando a inclusão feminina em diversos ramos, sendo um deles, o deles o esporte (8).

(1) Na primeira leitura, considerei esse conectivo inadequado, mas, depois de reler várias vezes e consultar meus colegas de projeto, mudei de opinião.
(2) Não use vírgula para separar o sujeito e o predicado, que são, respectivamente, "leis trabalhistas que buscassem favorecer as mulheres" e "só foram criadas durante a Era Vargas".
(3) Acompanhe o raciocínio:
Foram ignoradas graças a algo -> A palavra "graças" requer a preposição a.
algo = a desaprovação -> O substantivo "desaprovação" é precedido pelo artigo feminino a.
Foram ignoradas graças a + a desaprovação.
Foram ignoradas graças à desaprovação.
Para mais informações, acesse: entenda-a-logica-da-crase-c1-t28989.html
(4) O conectivo "dessa forma" é conclusivo. Não é adequado, pois, para inserir uma informação nova.
(5) O verbo "persistir" significa, em sua segunda acepção, "continuar a ser". Tendo isso em vista, a expressão "ainda persistem" é redundante.
(6) Principal o quê? O adjetivo deve caracterizar um substantivo.
(7) Não use vírgula para separar o sujeito e o predicado, que são, respectivamente, "o estigma atrelado ao trabalho da mulher" e "já existe na sociedade brasileira há muito tempo e atua desestimulando a inclusão feminina em diversos ramos".
(8) A questão do esporte, por ser fundamental ao tema, poderia ter sido mais desenvolvida nesse parágrafo. De que forma o histórico preconceito social se manifesta, especificamente, nesse ramo?


Ademais, o imaginário social atrela a prática de esportes, ao esportes ao gênero masculino, em detrimento masculino. Em razão (1) disso, o esporte feminino acaba por ser é inferiorizado (2). Nesse viés, mesmo com todos os problemas, grandes figuras femininas tem têm (3) variadas conquistas no meio esportivo, sendo uma delas, a delas a atleta brasileira Marta, que coleciona troféus de melhor jogadora de futebol do mundo, tendo 5 deles, e fazendo mais gols em jogos pela seleção, do seleção do que o Pelé, que é conhecido como um dos maiores jogadores da história (4). Logo, fica nítido que as mulheres podem praticar o esporte, com tanta maestria quanto os homens, demonstrando a injustiça proporcionada pelo machismo estrutural (5) que está enraizado no senso comum. Dessa maneira (6), apesar da atividade esportiva masculina ser mais valorizada, várias atletas femininas, provam que podem exercer um desempenho de alto nível em suas áreas, mostrando que também merecem tanto reconhecimento quanto o homem (7).

(1) A expressão "em detrimento de" não deve ser usada para indicar causa, pois significa "em prejuízo a".
(2) Desdobre essa ideia.
(3) O verbo "têm", com acento circunflexo para sinalizar o plural, concorda com "figuras", núcleo do sujeito "grandes figuras femininas".
(4) Essa frase está muito expositiva e pouco argumentativa.
(5) É a primeira vez que o conceito de "machismo estrutural" é citado. Explique-o.
(6) Evite iniciar duas frases consecutivas com um conectivo conclusivo.
(7) O fechamento ficou bastante repetitivo, tornando-se, por isso, dispensável.

Destarte, resoluções para os problemas que dificultam a inclusão da mulher no meio esportivo são necessárias. Para isso, o Ministério da Educação (MEC) deve criar projetos na escola, que escola que busquem, introduzir busquem introduzir as estudantes à praticas a práticas (1) esportivas, por meio de campeonatos femininos em diversas categorias, como futebol, vôlei, basquete e tênis, na tentativa a fim (2) de normalizar a prática de esportes por meio (3) das mulheres, tendo em mente a alta capacidade dos jovens de alterar os moldes sociais (4). Além disso, o Governo e Federal deve extinguir reduzir a desigualdade salarial que aflige as mulheres por meio de novas leis trabalhistas que garantam mais direitos trabalhistas para a mulher, e uma fiscalização mais rígida, para garantir que não exista diferença entre salários de pessoas que exercem a mesma função no trabalho (5). Talvez assim, haja Assim, haverá uma maior valorização das mulheres no mundo dos esportes e também a garantia de que a desigualdade salarial seja extinta atenuada, assim como dito na Constituição de 1988 (6).

(1) Nesse caso, a crase não ocorre, uma vez que só há preposição "a", mas não artigo feminino "a". Lembre-se: "a" no singular, palavra no plural, crase nem a pau.
(2) Demonstre certeza na proposta de intervenção.
(3) Evite repetições próximas.
(4) Proposta completa. Parabéns!
(5) Não ficou clara a relação entre a segunda proposta e a questão do esporte.
(6) Boa retomada. Parabéns!

C1 - 120. Há alguns desvios e algumas falhas na estrutura sintática.
C2 - 200. Parabéns!
C3 - 120. Há lacunas argumentativas consideráveis.
C4 - 160. Há poucas inadequações e poucas repetições (estas concentradas na conclusão).
C5 - 200. Parabéns!

Total - 800

Qualquer dúvida, estou à disposição ;)
2
Avatar do usuário
Por Felipe082
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos Colecionador Doações
#128316
Terminei, @KelveSilva. Se eu tivesse que indicar os dois pontos que você mais pode aprimorar, eu escolheria uso da vírgula e desdobramentos argumentativos.
2
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
1 Respostas 
124 Exibições
por Eduardo92276
0 Respostas 
154 Exibições
por Laurita665
O Esporte como ferramenta de inclusão social
por Igor27    - In: Outros temas
0 Respostas 
167 Exibições
por Igor27
0 Respostas 
124 Exibições
por beaspagliani
9 Respostas 
391 Exibições
por Caiunao
3 Respostas 
332 Exibições
por sammmmm
0 Respostas 
89 Exibições
por Tainara1109
0 Respostas 
72 Exibições
por Carolyne2222
0 Respostas 
116 Exibições
por Mirelldbwi
0 Respostas 
1208 Exibições
por liviagui

John lock , filósofo inglés destaca-[…]

O artigo 6 da constituição federal d[…]

O autismo é um transtorno do desenvolviment[…]

A lei nº 12.965, conhecida como marco civil d[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM