Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#41149
A primeira geração do R :D omantismo no Brasil, foi um movimento literário do século XVIII. Em que o índio era tido como o herói nacional, o maior símbolo do povo brasileiro. Porém, na pandemia do Covid-19, o povo originário na lutar contra o corona vírus, acaba sendo o mais afetado pela doença, isso se deve, não só a falta de políticas públicas para combater a expansão do vírus nas aldeias, mas também o impactos nos mais velhos.
Antes de tudo, vale ressaltar que a falta de políticas públicas, para minimizar o avanço do Covid-19 nas aldeias indígenas, como a falta de leitos de UTI, e a necessidade de um auxílio finaceiro para garantir o isolamento do povo originários brasileiro. Logo eles sofrem essa carência estatal, um exemplo de como o Estado afetas os índios é na música, "que país é esse", da banda Legião urbana, "Vamos faturar um milhão, Quando vendermos todas as almas, Dos nossos índios num leilão". Ela faz uma anologia de como o Brasil buscar mais o capital do que a proteção dos acervos culturais que nesse caso são os índios. Dessa forma, essa negligência do Estado representa uma das causa do problema.
Outrossim, é a grande expansão dos casos de covid nas aldeias, que segundo o Sesai o Brasil conta com mais de 16 mil casos do novo corona vírus. Entre eles o grupo mais afetados são os idosos, principalmente osanciões com mais de 60, que carregam a sabedoria tradicional de séculos de ensinamentos passado de pai para filho. Consequentemente torna-se necessários interveio do Estado para minimizar a expansão da pandemia.
Portanto, é mister que medidas devem ser tomadas para superar esse imbróglio, assim os Ministérios da Saúde e êconomia, devem investir na criação do projeto "heróis brasileiros contra à Covid", em que consitir em investir em hospitais especializados para os índios, além de um auxílio financeiro para que eles possam se alimentar, ademais a distribuição de álcool em gel e máscara para diminuir a chances de contágio entre eles e os outros cidadãos, essas medidas tem o intuito de proteger a saúde deles e promoverem o isolamento social que é o principal meio de prevenção. Assim podemos proteger nossos heróis e mantermos as raízes do povo brasileiro vivas.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#41150
A primeira geração do Romantismo no Brasil, foi um movimento literário do século XVIII. Em que o índio era tido como o herói nacional, o maior símbolo do povo brasileiro. Porém, na pandemia do Covid-19, o povo originário na lutar contra o corona vírus, acaba sendo o mais afetado pela doença, isso se deve, não só a falta de políticas públicas para combater a expansão do vírus nas aldeias, mas também o impactos nos mais velhos.
Antes de tudo, vale ressaltar que a falta de políticas públicas, para minimizar o avanço do Covid-19 nas aldeias indígenas, como a falta de leitos de UTI, e a necessidade de um auxílio finaceiro para garantir o isolamento do povo originários brasileiro. Logo eles sofrem essa carência estatal, um exemplo de como o Estado afetas os índios é na música, "que país é esse", da banda Legião urbana, "Vamos faturar um milhão, Quando vendermos todas as almas, Dos nossos índios num leilão". Ela faz uma anologia de como o Brasil buscar mais o capital do que a proteção dos acervos culturais que nesse caso são os índios. Dessa forma, essa negligência do Estado representa uma das causa do problema.
Outrossim, é a grande expansão dos casos de covid nas aldeias, que segundo o Sesai o Brasil conta com mais de 16 mil casos do novo corona vírus. Entre eles o grupo mais afetados são os idosos, principalmente osanciões com mais de 60, que carregam a sabedoria tradicional de séculos de ensinamentos passado de pai para filho. Consequentemente torna-se necessários interveio do Estado para minimizar a expansão da pandemia.
Portanto, é mister que medidas devem ser tomadas para superar esse imbróglio, assim os Ministérios da Saúde e êconomia, devem investir na criação do projeto "heróis brasileiros contra à Covid", em que consitir em investir em hospitais especializados para os índios, além de um auxílio financeiro para que eles possam se alimentar, ademais a distribuição de álcool em gel e máscara para diminuir a chances de contágio entre eles e os outros cidadãos, essas medidas tem o intuito de proteger a saúde deles e promoverem o isolamento social que é o principal meio de prevenção. Assim podemos proteger nossos heróis e mantermos as raízes do povo brasileiro vivas.[/quote]Galera sem querer coloquei o emoji na redação sou novo na plataforma

Olá, :D Competência 1 Aquele erro,[…]

Geralcinoj Ashiley Raffutol Jeniffeeee s[…]

No cenário social vigente, a persistê[…]

A alienação parental .

O artigo sexto da Constituição Feder[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM