Avatar do usuário
Por gabibgpdx
Quantidade de postagens
#122244
O conceito de "geração nem-nem" surgiu na Inglaterra, em meados da década de 1990, e consiste em jovens na faixa etária entre 15 e 24 anos que não estudam e nem trabalham. Diante disso, é notável a preocupação com os impactos que essa geração pode causar no desenvolvimento do Brasil, visto que, esse é um grave problema que vive às margens da sociedade, em razão de fatores emocionais e econômicos. 
A princípio, sobre esse assunto, vale ressaltar a influência das redes sociais no comportamento dos adolescentes. Segundo Rodrigo Augusto -professor e antropólogo do Centro Universitário de Brasília (UniCeub)- em entrevista ao Correio Braziliense: "Os padrões sociais atuais, muito influenciados pelas redes sociais e pela internet, pressionam os jovens a buscarem um futuro de realizações que, na prática, depende de diferentes fatores, como tempo, investimento, além das conjunturas econômicas e sociais do lugar onde vivem." Acerca disso, há a dificuldade do país em suprir as expectativas criadas, causando frustrações relacionadas as carreiras da juventude brasileira. Isso, por conseguinte, potencializa um cenário favorável ao acréscimo da geração nem-nem.
Além disso, pode-se relacionar o aumento da geração nem-nem à taxa de desemprego entre jovens de 18 a 24 anos, que, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é quase o dobro da média nacional. Sob esse viés, o economista Daniel Ferrer de Almeida pontua alguns motivos para a alta taxa de desemprego entre os jovens, entre eles estão: a crise econômica, a rotatividade, a falta de qualificação, a alta informalidade do mercado de trabalho e, principalmente, as desigualdades e a falta de uma política nacional de emprego. Sendo assim, medidas para inserir a juventude no mercado de trabalho são de suma importância.
Em síntese, cabe ao Governo Federal- órgão provedor de políticas públicas- investir em campanhas de inclusão social e acesso a empregos para jovens, por meio de formações profissionais e técnicas adequadas para a realidade dessa parte da população, a fim de construir um ambiente mais igualitário e menos exclusivo. Com efeito, espera-se que o Brasil possa aproveitar o potencial da geração nem-nem para impulsionar seu desenvolvimento econômico.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
1 Respostas 
556 Exibições
por kauanGA
4 Respostas 
2975 Exibições
por Hugoresend
0 Respostas 
381 Exibições
por Viniciribe
0 Respostas 
243 Exibições
por Seiiryus
0 Respostas 
72 Exibições
por juliaMenezes
0 Respostas 
69 Exibições
por Arthurblakc
0 Respostas 
90 Exibições
por n4t4l1412
0 Respostas 
148 Exibições
por Luke77
0 Respostas 
631 Exibições
por brunas09
0 Respostas 
58 Exibições
por poloniato

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM