Avatar do usuário
Por anacllour1
Quantidade de postagens
#124929
John Locke, filósofo inglês, destaca que é dever do Estado assegurar os direitos e o bem-estar da população. Todavia, em virtude da arquitetura hostil ser uma realidade na sociedade brasileira, é válido reconhecer como o Poder Público não atua de modo efetivo e, pior, não exerce seu papel social - conforme os ideais de John Locke. Nessa lógica, é possível analisar o nacionalismo destoante e negligência governamental como impulsionadores do problema.
Percebe-se que o nacionalismo fomenta a permanência do entrave na sociedade. Nessa ótica, ao destacar a ideologia do filósofo Platão, especificamente sobre o uso da razão para combater os problemas sociais, nota-se como essa conduta não é realizada pelos brasileiros, sobretudo quando o assunto é arquitetura hostil. Isso porque, lamentavelmente, indivíduo não questiona a realidade na qua está inserido, tendendo a esconder e depreciar essa problemática.
Além disso, vale ressaltar a negligência governamental como um fator que dificulta a atenuação do empecilho, visto que a arquitetura hostil é o reflexo do descaso do poder público.
Segundo Pierre Bourdieu, sociólogo francês, a sociedade incorpora as estruturas sociais, ou seja, os indivíduos incorporam pensamentos difundidos ao longo dos anos e reproduzem com naturalidade. Isso pode ser verificado com a persistência da arquitetura hostil, que, a população e o governo, adequados e acostumados com esse cenário, permite que a problemática supracitada continue em evidência, justamente por esse traço natural e banal diante dos fatos.
Urge, portanto, a adoção de medidas para combater o problema. Nesse sentido, o governo brasileiro precisa, por meio da constituição , por em prática a lei nº 3.449/22, para que pessoas em situação de rua não vivam em desconforto total. Feito isso, ao presenciar um Estado eficiente e ativo, ideologia de Locke poderá, certamente, se cumprida e vista no país.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Passe ilimitado
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido

A Constituição Federal de 1988 assegura a todos os[…]

O artigo 4 da Declaração Universal dos Direitos Hu[…]

alguém poderia por favor corrigi-la? @Lauany25 @M[…]

O programa televisivo "Catalendas" con[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!