Avatar do usuário
Por EduardoKayk
Quantidade de postagens
#124630
Gil Vicente - escritor humanista português - tece uma feroz crítica ao comportamento problemático da humanidade em "O Auto da Barca do Inferno". É possível visualizar a perspectiva vicentina nos desafios da arquitetura hostil e exclusão de pessoas em situação de rua. Nesse contexto, o problema existe devido não só à desigualdade social, como também à negligência estatal.
  Nesse sentido, é preciso atentar para a desigualdade social presente na questão. São Tomás de Aquino, teólogo medieval, defendeu que todas as pessoas precisam ser tratadas com a mesma importância. Porém, a premissa de Aquino não é encontrada na arquitetura hostil e exclusão de pessoas em situação de rua. Consoante a isso, o excludente urbano perpetua a uma disparidade social, pois os espaços das cidades projetadas com medidas anti-pessoas excluem ainda mais os desabrigados, negando-lhes dignidade e inclusão deixando invisíveis sem igualdade e desenformação coletiva. Logo, é preciso reverter esse quadro 
Além disso, cabe ressaltar que a negligência estatal é um empecilho para a resolução do problema. A obra literária "cidadão de papel", do jornalista Gilberto Dimenstin, apresenta um contexto social em que as garantias constitucionais estão restritas apenas à parte escrita, sem serem colocadas em prática. Hiato a isso, o estado tem grande grande parcela de culpa, por não garantir abrigo nem infraestrutura adequada para pessoas sem moradia, e ainda sim não garantido os direitos de cidadão e nem colocan do em prática leis e punições para erradicar o problema. Assim, essa realidade precisa ser modificada
Portanto, é pertinente elaborar soluções para estancar a problematização. Nesse viés, O Governo Federal- O qual tem o papel de administrar o Brasil- Deve garantir e extinguir as obras hostil por meio da aplicação das leis ( que serão aplicadas pelos estados e municípios) com a finalidade de reparar injustiças. Ademais, O Governo Federal, deve informar e conscientizar a população da situação por meio da mídia, para que a sociedade possam ajudar diminuindo a exclusão. Dessa forma, poder-se-á ter uma sociedade melhor
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
388 Exibições
por thechain
0 Respostas 
321 Exibições
por isadbertoli
0 Respostas 
175 Exibições
por Allexiaben
0 Respostas 
123 Exibições
por judaco
0 Respostas 
4745 Exibições
por Rosemarigold
0 Respostas 
100 Exibições
por Nessy
0 Respostas 
110 Exibições
por minth
0 Respostas 
139 Exibições
por Maluuuszz
0 Respostas 
95 Exibições
por leosperandix
0 Respostas 
85 Exibições
por IsabelPaiva3
O descaso com a saúde mental

- Repetição de palavras/artigos, mai[…]

A inclusão de autistas na sociedade é[…]

Apenas Teoria

- Repetição de palavras/artigos mais[…]

Trabalho Infantil

- Introdução, desenvolvimentos e con[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM