Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#39452
De acordo com os preceitos assistenciais presentes na constituição de 1988, todo cidadão brasileiro tem direito a educação e um ensino público de qualidade. Entretanto, essas garantias não são aplicadas efetivamente na prática, tendo em vista a vigência de problemas relacionados ao analfabetismo total e funcional na população. Acerca disso, convém analisar os pormenores desse impasse no Brasil.

Incialmente, cabe salientar a existência do analfabetismo absoluto no país e suas implicâncias na atualidade. Segundo dados do IBGE(Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 6,8% da população acima dos 15 anos é analfabeta total, ou seja, não sabem ler o próprio nome. À vista disso, esses indivíduos iletrados tornam-se obsoletos no mercado de trabalho devido as suas deficiências educacionais, haja vista as exigências profissionais referentes a formação, conhecimento técnico e instrução, tão necessárias para se obter emprego e renda. Consequentemente, esse fato potencializa, indubitavelmente, os casos de desigualdades sociais em nosso espaço comunitário.

Outrossim, deve-se destacar o despreparo funcional que inibe certos indivíduos em executar atividades educacionais básicas, sendo essa uma problemática provinda do ensino público. Consoante a isso, o Instituto Paulo Montenegro constata que 29% da população não consegue interpretar textos triviais nem operações numéricas. Com base nesses fatos, fica evidente a ineficiência da educacional estatal em estimular e engrandecer a sapiência dos cidadãos, de maneira que estes são acometidos por lacunas em suas faculdades cognitivas. A partir disso, vê-se uma conjectura revoltante em nosso sistema governamental, dificultando a obtenção de conhecimento em nossa sociedade brasileira.

Diante do exposto, infere-se que o país vive uma situação de adversidade com relação ao ensino público, necessitando de medidas atenuantes para essa circunstancia. Nesse sentido, o Ministério da educação deve criar instituições especializados em atender pessoas analfabetas, de modo que haja um atendimento eficaz para solucionar qualquer tipo carência educacional. Busca-se, com isso, efetivar os direitos estabelecidos pela carta magna de 1988.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Mobilidade urbana

A mobilidade urbana do município de S&atild[…]

jherodrigues , como assim a minha nota foi essa […]

:) Sua nota ficou 780! Espero ter ajudado! Obr[…]

Fake News- Banca Consulpam

Contíguo com o processo de redemocratiza&cc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM