• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Leandro161
Quantidade de postagens
#65588
O mito da caverna, de Platão descreve a situação de pessoas que se recusavam a observar a verdade em virtude do medo de sair da sua zona de conforto. Fora da alusão, a realidade brasileira caracteriza-se com a mesma problemática no que diz respeito ao analfabetismo no Brasil. Com isso, surge a questão do analfabetismo, que persiste intrínseco à realidade brasileira, seja pela formação familiar, seja pela base educacional.
 Em primeiro plano, é preciso atentar para a formação familiar presente na questão. De acordo com o sociólogo Talcott Parsons, a família é uma máquina que produz personalidades humanas. Por essa ótica, a problemática do analfabetismo no Brasil apresenta-se como um pensamento passado de geração em geração, o que dificulta seu extermínio por forças externas, já que o problema encontra-se nas casas das pessoas brasileiras e estende-se por uma longa linha de tempo.
 Além disso, o analfabetismo encontra terra fértil na base educacional. Para Kant, o ser humano é resultado da educação que teve.De acordo com essa perspectiva, se há um problema social, há como base uma lacuna educacional. No que tange ao analfabetismo no Brasil, percebe-se a forte influência dessa causa, uma vez que a escola não cumpre o seu papel no sentido de reverter o problema, pois não está trazendo às salas de aula conteúdos que ajam na resolução da questão.
Logo, medidas estratégicas são necessárias para alterar esse cenário. Para que isso ocorra, o MEC deve desenvolver palestras em escolas, a serem webconferenciadas nas redes sociais desses órgãos, através de entrevistas com vítimas do problema e especialistas no assunto, com o objetivo de trazer mais lucidez sobre o tema e erradicar esse problema. Dessa maneira, a proposição de Kant será concretizada na realidade brasileira.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 130

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Avatar do usuário
Por LeighTeabing
Quantidade de postagens
#65688
@Leandro161, vamos lá.

O mito da caverna, de Platão(Que Platão? Especifique, Platão filósofo grego) descreve a situação de pessoas que se recusavam a observar a verdade em virtude do medo de sair da sua zona de conforto. Fora da alusão, a realidade brasileira caracteriza-se com a mesma problemática no que diz respeito ao analfabetismo no Brasil(Pequena observação aqui: creio ser desnecessário dizer "no Brasil", já que tinha mencionado a "realidade brasileira". Então sugiro que ficasse assim: "Fora da alusão, a realidade brasileira caracteriza-se com a mesma problemática no que diz respeito ao analfabetismo". Com isso, surge a questão do analfabetismo, que persiste intrínseco à realidade brasileira, seja pela formação familiar, seja pela base educacional.(Tese ok ao meu ver).

Em primeiro plano, é preciso atentar para a formação familiar presente na questão. De acordo com o sociólogo Talcott Parsons, a família é uma máquina que produz personalidades humanas. Por essa ótica, a problemática do analfabetismo no Brasil apresenta-se como um pensamento passado de geração em geração, o que dificulta seu extermínio por forças externas, já que o problema encontra-se nas casas das pessoas brasileiras e estende-se por uma longa linha de tempo.(Senti falta de uma maior aprofundamento e argumentação, tente desenvolver mais suas ideias).

Além disso, o analfabetismo encontra terra fértil na base educacional. Para Kant( A mesma coisa que disse na introdução: especifique quem é!), o ser humano é resultado da educação que teve. De acordo com essa perspectiva, se há um problema social, há como base uma lacuna educacional. No que tange ao analfabetismo no Brasil, percebe-se a forte influência dessa causa, uma vez que a escola não cumpre o seu papel no sentido de reverter o problema, pois não está trazendo às salas de aula conteúdos que ajam na resolução da questão.( Aqui percebo um maior desenvolvimento, mas faltou uma pegada autoral, algo que marque sua opinião)

Logo, medidas estratégicas são necessárias para alterar esse cenário. Para que isso ocorra, o MEC(AGENTE) deve desenvolver palestras em escolas(AÇÃO), a serem webconferenciadas nas redes sociais desses órgãos, através de entrevistas com vítimas do problema e especialistas no assunto, com o objetivo de trazer mais lucidez sobre o tema e erradicar esse problema(EFEITO). Dessa maneira, a proposição de Kant será concretizada na realidade brasileira.

Sua redação teve menos 1800 caracteres, redações nota mil sempre possuem mais de 2500. É muito importante que desenvolva seus argumentos e ideias, além de trabalhar mais sua proposta de intervenção, deve ser algo bem detalhado. Não consegui identificar um MEIO claro na conclusão atual, por exemplo.

Bem, não sou um especialista em correção. Então sugiro que mencione um corretor que possa pontuar e corrigir melhor sua redação.

Espero ter ajudado. :)
Literatura infantil

No ano de 1993 durante o poder de Adolf Hitler, em[…]

Ashiley , jherodrigues , eurodrigo , Dant[…]

No Brasil, apesar dos avanços promovidos pe[…]

Muitas pessoas hoje em dia usam a tecnologia ao se[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM