Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#49638
Após o término da Segunda Guerra Mundial, observou-se a implementação de diversas inovações tecnológicas na sociedade, sobretudo a internet. No entanto, no contexto brasileiro do século XXI, denota-se a falta de preparo para utilização destas tecnologias, o que ocasiona na formação de analfabetos digitais. Diante dessa perspectiva, cabe avaliar os fatores que favorecem a consolidação desta grave problemática.
Em primeira analise, vale ressaltar que a inexistência de políticas publicas especificas sobre o assunto contribui para o desenvolvimento do problema. Segundo o filosofo grego Aristóteles, a política deve ser utilizada para garantir a harmonia entre os cidadãos. Diante disso, o analfabetismo digital rompe com essa harmonia, à medida que esta parcela da sociedade possui maiores dificuldades de se inserir na situação atual em que vivemos.
Outrossim, o analfabetismo digital contribui para a exclusão social desta camada da sociedade. Ofertas de vagas que solicitam um conhecimento prévio sobre a utilização de novas tecnologias digitais, por exemplo, contribuem para a retirada destes profissionais do processo seletivo. Desse modo, é evidente a necessidade da criação de políticas publicas que visem a inserção dos analfabetos digitais na sociedade.
Portanto, é indubitável a existência fatores que contribuem para a ampliação do analfabetismo digital no Brasil. Dessa maneira, se faz necessário que o Governo Federal juntamente com o Ministério da Ciência e Tecnologia promovam a criação de oficinas públicas sobre o uso correto das novas tecnologias, por meio de espaços públicos que estejam preparados para ministrar as aulas. Estas oficinas devem contar com a participação de especialistas no assunto, para que o analfabetismo digital no Brasil seja amenizado.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#49648
Após o término da Segunda Guerra Mundial, observou-se a implementação de diversas inovações tecnológicas na sociedade, sobretudo a internet. No entanto, no contexto brasileiro do século XXI, denota-se a falta de preparo para utilização destas tecnologias, o que ocasiona na formação de analfabetos digitais. Diante dessa perspectiva, cabe avaliar os fatores que favorecem a consolidação desta grave problemática.

Em primeira análise, vale ressaltar que a inexistência de políticas públicas especificas sobre o assunto contribui para o desenvolvimento do problema. Segundo o filósofo grego Aristóteles, a política deve ser utilizada para garantir a harmonia entre os cidadãos. Diante disso, o analfabetismo digital rompe com essa harmonia, à medida que esta parcela da sociedade possui maiores dificuldades de se inserir na situação atual em que vivemos [não usar 1ª pessoa]. [pouca argumentação e faltou arrematação]

Outrossim, o analfabetismo digital contribui para a exclusão social desta camada da sociedade.[faltou conectivo] Ofertas de vagas que solicitam um conhecimento prévio sobre a utilização de novas tecnologias digitais, por exemplo, contribuem para a retirada destes profissionais do processo seletivo < faltou comprovar o que se fala, fuja do senso comum]. Desse modo, é evidente a necessidade da criação de políticas publicas que visem a inserção dos analfabetos digitais na sociedade. < esse trecho é uma arrematação]

Portanto, é indubitável a existência fatores que contribuem para a ampliação do analfabetismo digital no Brasil. Dessa maneira, se faz necessário que o Governo Federal juntamente com o Ministério da Ciência e Tecnologia promovam a criação de oficinas públicas sobre o uso correto das novas tecnologias, por meio de espaços públicos que estejam preparados para ministrar as aulas. [faltou conectivo] Estas oficinas devem contar com a participação de especialistas no assunto, para que o analfabetismo digital no Brasil seja amenizado.
* Intervenção completa

Tente elaborar uma introdução com tr[…]

(1)Promulgada pela ONU em 1948, a Declaraç&[…]

No contexto atual brasileiro, a pandemia do COVID-[…]

No desenvolvimento, tenha cuidado ao usar as aspas[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM