• Avatar do usuário
#82760
O escritor austríaco Stefan Zweig escreveu um livro ufanista cujo o nome é até hoje repetido: Brasil, país do futuro. Entretanto, quando se observa a ausência de medidas contra a falta de acesso à cidadania no Brasil, nota-se que essa profecia não se constata na prática. Dessa maneira, é evidente que a problemática se desenvolve devido à negligência estatal e à baixa influência midiática.

Em primeira análise, deve-se ressaltar a falta de medidas governamentais para combater a questão. De acordo com o filósofo grego Aristóteles, a política deve ser usada de modo que, por meio da justiça, o equilíbrio seja alcançado na sociedade. No entanto, isso não ocorre no Brasil. Nesse sentido, em razão da baixa operação das autoridades, milhões de cidadãos não possuem sua existência reconhecida oficialmente pelo Estado.

Outrossim, a baixa influência midiática também pode ser atrelada como promotora do problema. De acordo com dados do IBGE, no ano de 2015 havia uma estimativa de 2,94 milhões de pessoas sem registro de nascimento no país. Partindo desse pressuposto, percebe-se que a ausência de campanhas nas redes colabora para que esse número se mantenha elevado, já que esse meio é de extrema importância para a influência social.

Portando, medidas são necessárias para resolver tal impasse. O Governo Federal, deve direcionar erário ao Ministério da Segurança Pública, que por intermédio das mídias sociais será revertido em campanhas de conscientização à importância do registro de nascimento, com o objetivo de diminuir o elevado número de pessoas "inexistentes", e assim, solidificar a profecia de Zweig no país.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

"O mais escandaloso dos escândalos &eac[…]

Redação ENEM 2021

Na obra utopia do escritor inglês Thomas Mor[…]

"O mais escandaloso dos escândalos &eac[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM