Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#59083
O problema de logística das mercadorias para exportação, advém do pouco investimento nos transportes de cargas em âmbito nacional. A constituição Federativa do Brasil em seu artigo 6, defende o direito ao trabalho. Portanto, há, a sobrecarga do meio de transporte, denominado de rodoviário. Dessa maneira, ferindo a Constituição Federal em seu artigo 6, referido anteriormente, portanto, ocasionando oligopólio de um "único meio de transporte de cargas". Nessa perspectiva, havendo a má distribuição dos excedentes, do mesmo modo, ferindo as normas jurídicas do direito ao trabalho através de outros meios, no tocante ao escoamento fabril.

Ademias, no entanto, se faz necessário que o Governo Federal brasileiro por meio da criação de um projeto de lei, juntamente ao ministério da infraestrutura, criem algo soluto, que possa tirar o Brasil no segmento dos transportes comerciais, desse quadro deletério. Outrossim, não atinge apenas aos empresários que operam por outros meios de transporte, mas sim, a população brasileira como um todo, no que tange as transações internacionais e no meio interno; Intrinsecamente afetando o (PIB) produto interno bruto. "Segundo Émile Durkheim, sociólogo francês, os fatos sociais podem ser normais ou patológico, em crise, rompe toda a harmonia social, visto que um sistema corrompido não favorece o progresso coletivo".

Infere-se, portanto, o Presidente da República atual em exercício, criar sanções para que se haja investimentos; no transporte ferroviário, marítimo, e rodoviário. Depreende-se, sob tal óptica, que havendo a captação dos recursos direcionados para o Ministério da Infraestrutura, e os demais órgãos competentes, o devido monitoramento dos mesmos. Dessa forma, impulssionando e solucionando o problema da "falta de alternativas" para o escoamento de produtos, no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 80

Você atingiu aproximadamente 40% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio insuficiente da modalidade escrita formal da língua portuguesa, com muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita. Seu texto apresenta estrutura sintática com certa organização, porém com muitos desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual, que comprometem a compreensão das ideias.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 80

Você atingiu aproximadamente 40% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas desorganizados ou contraditórios e limitados aos argumentos dos textos motivadores apresentados na proposta de redação.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 60

Você atingiu aproximadamente 30% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante apresenta repertório limitado de recursos coesivos e articula as partes do texto de forma insuficiente, com muitas inadequações, o que compromete a organização das ideias.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#59179
Alvin97 escreveu:O problema de logística das mercadorias para exportação, advém do pouco investimento nos transportes de cargas em âmbito nacional. A constituição Federativa do Brasil em seu artigo 6, defende o direito ao trabalho. (Nesse primeiro parágrafo, você não conseguiu ligar o direito social, ou seja o trabalho, com o problema do transporte) Portanto, há,(!) a sobrecarga do meio de transporte, denominado de rodoviário. Dessa maneira, ferindo a Constituição Federal em seu artigo 6, referido anteriormente, portanto, ocasionando oligopólio de um "único meio de transporte de cargas". Nessa perspectiva, havendo a má distribuição dos excedentes, do mesmo modo, ferindo as normas jurídicas do direito ao trabalho através de outros meios, no tocante ao escoamento fabril.

Ademias, no entanto (seria mais cabível uma conjunção de finalidade) , se faz necessário que o Governo Federal brasileiro por meio da criação de um projeto de lei, juntamente ao ministério da infraestrutura, criem (Não concordou com "se faz necessário que o governo...") algo soluto, que possa tirar o Brasil no segmento dos transportes comerciais,(!) desse quadro deletério. Outrossim, não atinge apenas aos empresários que operam por outros meios de transporte, mas sim,(!) a população brasileira como um todo, no que tange as transações internacionais e no meio interno; Intrinsecamente afetando o (PIB) produto interno bruto. "Segundo Émile Durkheim, sociólogo francês, os fatos sociais podem ser normais ou patológico, em crise, rompe toda a harmonia social, visto que um sistema corrompido não favorece o progresso coletivo". (Acho válido essa citação, no entanto, você deveria explorá-la melhor, contextualizá-la melhor com o seu problema. De que forma ela se relaciona com o problema do escoamento de produtos no Brasil. Se você fizesse esse "link", seria massa :D)

Infere-se, portanto, o Presidente da República atual em exercício, criar sanções para que se haja investimentos;(!) no transporte ferroviário, marítimo, e rodoviário. Depreende-se, sob tal óptica, que havendo a captação dos recursos direcionados para o Ministério da Infraestrutura, e os demais órgãos competentes, o devido monitoramento dos mesmos. Dessa forma, impulssionando e solucionando o problema da "falta de alternativas" (que sentido você quis dar com uso das aspas) para o escoamento de produtos, no Brasil.
! - Vírgula inadequada.
Tente refazer novamente o texto, buscando a coerência e a ligação entre os parágrafos.
Está no caminho certo. Espero ter contribuído com essas dicas pontuais.

Os casos de violência doméstica aumen[…]

A constituição federal de 1988, docu[…]

Violência doméstica

Agressão a Maria da Penha Vemos que atualm[…]

Obesidade no Brasil

Segundo dados do IBGE, em 2019 um quarto da popula[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM